Copel responde a questionamentos sobre novo RUV, que está em teste

Recebemos, via comentários no blog, a informação de que a Copel irá adotar um Coletor de Dados de Utilização de Veículos (RUV, como o chamam os colegas) que se assemelha a uma “tornozeleira eletrônica”.

Levamos o assunto à direção, e recebemos a seguinte resposta do diretor de Distribuição, Vlademir Daleffe.

“Prezados Senhores,

“Inicialmente, destaco a importante oportunidade disponibilizada por essa entidade para dirimirmos dúvidas como a apresentada abaixo, de forma direta e transparente.

“Realmente, com a constante e rápida evolução tecnológica que estamos vivenciando nos dias atuais, a Copel está testando, tomando como uma área piloto a região metropolitana de Curitiba, a nova versão do equipamento denominado CDV – Coletor de Dados de Utilização de Veículos (mais conhecido internamente como RUV), uma vez que a atual versão do equipamento está implantada há mais de 4 anos.

“Entendo a preocupação dos nossos empregados, já que essa nova versão traz inovações e avanços tecnológicos que provocam necessidades de adaptações de procedimentos até então habituados. Por este motivo e prevendo esses impactos, estamos, como já dito inicialmente, testando o equipamentos numa área piloto para as devidas avaliações na sua aplicação para a empresa, consumidores e empregados.

“Por outro lado, destaco também que não podemos ficar alheios aos avanços tecnológicos que, inegavelmente agregam valor e contribuem na melhoria de qualidade dos serviços prestados. Como todos sabem, os contratos de concessão de serviços de distribuição de energia, são extremamente regulados e o poder concedente, na sua fórmula de revisão tarifária que ocorre de 4 em 4 anos, cada vez mais tem exigido melhoria na qualidade, eficiência operacional e com custos rigorosamente condizentes ao objeto da concessão.

“Como exemplo da importância da aplicação do novo dispositivos, destacamos o fato de que a Aneel não permite repassar para os consumidores os custos operacionais ineficientes e os investimentos não prudentes. O não repasse desses custos às tarifas prejudicando os resultados financeiros da companhia. Para isso, a Aneel exige que a parcela de mão-de-obra e gastos com veículos, diárias de alimentação e outros que podem ser reconhecidas na base de remuneração (atividades que envolvem unidade de cadastro como medidores, ramais, etc), devem ser plenamente rastreáveis com a indicação da atividade, do eletricista, do veículo e do início e termino de cada uma das tarefas. O não detalhamento formal, poderá ensejar em glosas destes gastos contabilizados como investimentos. Na última revisão tarifária ocorrida em 2012 a Aneel promoveu glosas significativas que contribuíram para os prejuízos verificados no balanço do ano passado.

“Finalizando, posso afirmar com tranquilidade que trata-se de mais uma atualização tecnológica de um equipamento que já dispomos e utilizamos há muito tempo, e que não tem outra finalidade se não melhorar as condições de trabalho e a segurança para os empregados que utilizam os veículos como ferramenta de trabalho, já que ela também traz a possibilidade de rastreamento em tempo real do veículo, permitindo um maior apoio e segurança das equipes em campo.

“Espero ter esclarecido, porém me coloco a disposição para debatermos mais detalhamento deste caso ou de qualquer outro que seja do interesse dos empregados.

“Atenciosamente,”

Vlademir Daleffe

Esse post foi publicado em Notícias do Coletivo. Bookmark o link permanente.

22 respostas para Copel responde a questionamentos sobre novo RUV, que está em teste

  1. e a dupla função dos técnicos que ficou para trás, como fica?

  2. Não sou obrigado a usar uma tornozeleira para rastrear o que ando fazendo para diminuir despesas. Meu corpo não esta a venda para essa palhaçada. E ainda tem a cara de pau de dizer que é modernidade? As despesas, senhor diretor, estão ao seu lado. É só diminuir o salario de todos os diretores para uns 15 pilas que ainda é absurdo, acabar com um monte de gerentes que estão encostados ganhando horrores, cortar as reuniões constantes em Curitiba para resolver merda nenhuma que certamente as despesas cairão. Fico indignado com tamanho absurdo. O carro é de vocês e coloquem neles o que quiserem, mas no meu corpo não uso nada. So relembrando, não importa de que material seja, mas é proibido usar qualquer adorno nas atividades que envolvam energia. Será que algum dos cabeças dessa coisa que, certamente dará muito dinheiro a alguém, leu as próprias normas do setor elétrico para criar isso? Cada dia pior… Vão arrumar o que fazer.

  3. dark0513 disse:

    eu já dizia em tom de galhofa que a copel , um dia , implantaria chips sob a pele dos eletricistas, sabendo assim quando e onde nós estaríamos quando não em serviço. Tá começando a se desenhar essa invasão de privacidade para os eletricistas, pois de técnicos, gerentes e cargos acima nunca acontecerá isso. Creio que a copel deve ter firmado algum convenio com a NSA dos EUA para começãr a implantar isso. Quem viver ou quem suportar verá!

  4. sifoes disse:

    tem gente que nem sabe o que é e já tá reclamando.. O dispositivo vai no veículo e não no empregado(eletricista). O eletricista já tem outro dispositivo para ser “vigiado”… o tablet!!!

  5. araponga31 disse:

    Galera de Curitiba e região metendo o pau na Copel através das redes sociais devido à falta de energia. Algumas pessoas reclamando de interrupção de mais de 14 horas.
    E a insatisfação tende a aumentar com o frio e a época de temporais chegando.
    Está saindo tudo como o Beto Richa quer e “melhorando”…

  6. engmecanico disse:

    Meu Deus…é muita ignorância.
    O novo CDV vai instalado no veículo e não no empregado.
    E se o empregado está utilizando o veículo para o trabalho, não há o que temer.
    Esse discurso de que seria uma “tornozeleira eletrônica” é bem coisa de quem usa os veículos da Copel pra fins particulares.

  7. bucaneroxhpi disse:

    Poderia instalar no avião que compraram com a nossa PLR, rastrear o Betinho !!!

  8. quepateta disse:

    O controle de veículos permite se . Hoje tem aplicativos além do gps que localiza os equipamentos moveis seja tabletes, iphones ou celulares comuns. Há onibus que esta online em aplicativos via Google mapas ou gps. A exemplo já imaginaram num horário de onibus sem o controle? Um desvio de rota sem autorização ou comunicação? Seria complicado para o cliente.

  9. bau2005 disse:

    Se liga ai coletivo, isso está cheirando periculosidade proporcional, mais uma forma de aumentarem os lucros sem repassar aos consumidores, mas reduzir gastos com supersalarios e despesas astronomicas com diretoria, aviãozinho, carros diferenciados para os caciques nem pensar. o negocio é tirar de quem trabalha de verdade, 30% aqui 30% acolá. Já estão sugando os funcionarios da linha de frente. É hora de agir para não sermos mais prejudicados ainda. Que Deus nos ilumine e nos proteja.

  10. kdmeudinheiro disse:

    Geeeente!!! Vamos acordar!!! A Copel está uma vergonha!!!! Estão querendo fazer economia com o bolso de quem realmente trabalha na empresa, os “encostados” nada?!?! Somos obrigados a ver oque está acontecendo e não fazer nada??!! Estão tirando do salário de todo mundo e eles lá em cima só no bem bom?!?! Cortar PERICULOSIDADE de Técnico que fica dentro de SE, PELO AMOR DE DEUS, É O FIM DOS TEMPOS MESMO!!!!!! MANDA OS DIRETORES METER A MÃO NA BUCHA DE UM TR PARA VER SE ELES ACORDAM!!!!! SOMOS NÓS QUEM DAMOS LUCRO A ESTA EMPRESA. E PREJUÍZO É UMA OVA!!!! ESTA EMPRESA ESTÁ DANDO É MUITO DINHEIRO SIM, TENHO CERTEZA. FICA AE A DICA. QUE VENHA O ACT.

  11. zaarr disse:

    Interessante a fala do Sr. DDI.
    “Na última revisão tarifária ocorrida em 2012 a Aneel promoveu glosas significativas que contribuíram para os prejuízos verificados no balanço do ano passado.”

    Ele afirma categoricamente que as glosas da ANEEL contribuiíram para o prejuízo da DIS.
    Pois bem, essa mesma ANEEL liberou um reajuste de 14,xx % nas tarifas da energia da Copel, e o Governador (portanto patrão do Sr. DDI) abriu mão desse reajuste.
    Agora vem querer me convencer que a Copel está numa situção financeira delicada e blábláblá?
    Como dizia meu pai – VÁ CACHIMBAR FORMIGA!
    E as tratativas do PL, como estão?
    Porque recebemos míseros R$ 3089,00, acabou a guerra?
    Cadê a turma do fundão? aldrilobato, araponga31, plantao10!
    Bora pra briga!

  12. aldrilobato disse:

    a briga da pl agora somente no trt….
    o negocio é brigar por um sindicato transparente que realmente nos representem… e por uma act de verdade, digna de um pai de familia, nao uma act de pia de apartamento….

  13. dark0513 disse:

    http://youtu.be/kJu5BWsa1_0 meritocracia: uma mentira conveniente principalmente para a copel.

  14. plantao10 disse:

    zaarr eles esta chamando os copelianos de palhaços para não dizer burro, e o pior e querer fazer que acreditamos no que ele esta dizendo.

    aldrilobato, vc esta correto, temos que cobras dos sindicatos mais transparência, tem muitas coisas obscura neles.

    Temos que nos unir e começar a cobrar os sindicatos, esta tudo muito queto, só porque conseguiram a tutela do PLR estão achando que esta tudo bem, cade as informações do ACT, cade a antecipação da briga contra a privatização, cade a briga para contratar um novo copeliano no lugar de quem esta aposentando, gente precisamos agitar esse blog, eles sempre estão olhando aki, vamos cobrar pessoalmente ligando nos sindicatos.

    Temos que cobrar dos sindicatos uma manifestação contra a não contratação de novos funcionários no lugar de quem esta aposentando e das terceirizadas que não estão renovando os contratos.

  15. atendente4h disse:

    Coletivo faz um novo post para discussão sobre o ACT2013/2014

  16. Souza Silva disse:

    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-

    ACT 2013-2014
    proposta para a act 2013-2014 cláusulas economicas: reposição da inflação, MAIS aumento real de 8% , VA de R$ 900,00, que a copel patrocine inteiramente o plano de saúde, coparticipação nas consultas e exames de 10%,manutenção mínima de 50% da remuneração bruta na analise de pgto, opção do empregado em destinar até 12% da renda para o plano previdenciario com participação da copel na mesma percentagem, auxilio-educação de R$ 1000,00 extensivo aos dependentes para o ensino fundamental, médio, técnico e superior com participação de 80% da Copel no valor das mensalidades.
    auxilio creche de R$ 900,00 independente do sexo do empregado
    volta do anuenio;
    volta do PAMA, com cobertura equivalente ao dos dependentes;
    manutenção das conquistas anteriores, entre as quais a manutenção por 5 anos dos empregados e da fundação copel em caso de privatização, federalização ou unificação de subsidiárias.

  17. Todo ano é a mesma coisa, pedimos o que acredito eu seja justo no ACT e nos empurram goela abaixo o que bem entendem.
    O Copeliano trabalhador não tem voz pessoal, somos meros bonecos nesse teatro imundo, mas a culpa é nossa, pessoas passivas que ano após ano não vê mudança alguma e aceita tais barbaridades.

  18. bau2005 disse:

    Dia 25/07 alguns sindicatos fizeram dos csec e csmec reunião para discutirem a Campanha Salarial Unificada ACT 2013/2014, foi as 09:00h foram passadas pelo menos 4000 mensagens convite para celulares de copelianos filiados e a outros que mesmo não sendo filiados mas estão em constantes contatos com seus sindicatos de representação porque tem interesse e sempre os cobram posições em cada fato copel/empregado. Infelizmente o horário não foi o melhore escolhido, deveria ser em fim de semana e horário compatível para que a maior partes dos interessados comparecessem. Eu infelizmente não pude ir e ainda não pude entrar em contato com os sindicatos os quais tenho contato para obter maiores informações, informações estas que já poderiam ser postadas aqui como informações em um novo post. Coletivo devido a tantas frustrações seguidas ano a ano, creio que já está na hora de termos de compromissos serem assinados entre todos os sindicatos, quanto a decisões tomadas em assembleias para que movimentos, paralizações, entre outros sejam respeitadas e não sejam quebradas por uns e outros sidicatos. que sejam buscadas estratégias a cada ato das negociações, tenham planos de ação quanto a cada situação criada pela empresa. tenham cada passo planejado, estejam preparados, chega de amadorismo em nossas negociações, gravem em áudio e video cada negociação com a empresa, para que seja mostrado quanto a empresa valoriza seus funcionários. se for o caso peça autorização judicial para isso, desta forma a empresa não poderá se negar a participar das rodadas gravadas, precisamos de mais firmeza nestas negociações, e vamos buscar maior participação dos funcionários nas assembléias divulgação boca boca e maior interatividade funcionários e coletivos. Quem é vistos é sempre lembrado.
    Que Deus nos abençoe neste ACT. Um abraço a todos.

  19. bau2005 concordo com vc, já deveriam como diria meu pai, estar “mexendo o doce”, estou aguardando um novo post sobre o ACT e nada! O ACT é pra que possamos reivindicar melhorias, mas tudo piora a cada ano, só melhora pra quem não faz porcaria nenhuma, o eletricista que rala um monte, esse nem doente pode ficar, já vi cada barbaridade. O Eletricista é a grande força da Copel gente, sem eles a empresa não anda, quero ver gerente barrigudo subir em poste!!! Precisamos nos unir, sei que é difícil, a pressão é muito grande. Desculpa se alguém se sentir ofendido com minhas palavras, foi uma forma de desabafo, não por mim somente, mas pela grande maioria. Nos chamam de colaboradores, copelianos, mas nos veem como máquinas, deu defeito…FORA, reivindicou FORA também, tá difícil viu.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s