AGO APROVA MONTANTE DA PLR E DATA DO PAGAMENTO SERÁ DEFINIDA EM BREVE

olhandoOlá copelianos(as)

O montante a ser pago como PLR aos empregados da Copel, proposto pela diretoria, foi ratificado na manhã de hoje, 15/06, pela AGO – Assembleia Geral dos Acionistas, que aprovou também a distribuição de 25% dos lucros como dividendos aos acionistas.

Nos próximos dias, os sindicatos estarão conversando com a empresa, buscando a definição da data do pagamento. Há expectativa de que até 18/06 a Copel defina a data, pois a empresa solicitou ao governo autorização para pagar os empregados antes dos acionistas. Leandro Grassmann, vice-presidente do Sindicato dos Engenheiros – Sengr-Pr, que participou da AGO, consignou em ata pedido de a empresa adiante parcialmente a PLR, em caso de negativa do Governo diante da solicitação da Copel.

Conforme já informado anteriormente aos sindicatos pelos representantes da Copel, 8.581 empregados receberão a PLR/17. O montante destinado a cada empregado deve ficar em torno de R$ 7.846,00.

Para os valores individuais serão apuradas as ausências não justificadas, suspensões, faltas, punições e as proporcionalidades de admissão e demissão dos empregados em 2017.

SINDICATOS TERÃO NEGOCIAÇÃO COM A COPEL DIA 26

No dia 26/06 os sindicatos têm nova reunião definida com a empresa, com agenda programada para o dia todo. Dois eixos de negociação estão previstos: a discussão quadrimestral, definida em Acordo Coletivo para tratar de assuntos diversos, e questões relacionadas à PLR.

Em relação a negociação quadrimestral, os sindicatos encaminharam à Copel uma relação de assuntos para tratar na reunião:

1- Pagamento PLR aos empregados desligados;

2- Padronização de mudança de horário dos eletricistas;

3- NAC revisada tratando da frota terceirizada;

4- Posição do MPT em relação ao Vale alimentação;

5- Necessidade, levantada pelos sindicatos, de alteração de Circular da Copel Distribuição contingenciando a quantidade prevista de férias para o período de Outubro até Março (5% do quadro);

6- Questões de Saude e Segurança no Trabalho: posição em relação a solicitação dos sindicatos de que a área médica da COPEL avalie os pedido de exames complementares, quando da realização dos periódicos.

7- Fornecimento de Uniformes Antichama: informações da Copel aos sindicatos sobre a situação atual do fornecimento de uniformes e das inspeções de segurança, após a Copel ter solicitou a substituição do lote de equipamentos;

8- Fornecer pela Copel às Entidades Sindicais da lista de empregados com afastamento médico.

9- Informações da Copel aos sindicatos sobre punições de empregados, diante de situações observadas pelas câmeras dos veículos:

10- Informações da Copel sobre trabalhos em jornada extraordinária, verificada junto à DIS;

11-Informações financeiras sobre processos relevantes que impactem no resultado financeiro da empresa;

12- Informações da DIS sobre manutenções preventivas na Copel;

13- Rediscussão do sistema de avaliação de empregados na Copel;

14- Remuneração salarial de empregados Liberados para entidades.

Informaremos sobre o resultado da reunião quadrimestral.

Valdir Grandini, jornalista da assessoria de comunicação dos sindicatos
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para AGO APROVA MONTANTE DA PLR E DATA DO PAGAMENTO SERÁ DEFINIDA EM BREVE

  1. Edson Silva disse:

    Nós assuntos para reunião, faltou o plano de cargos e salários aja vista que está parado

  2. personavenia disse:

    Excelente informe
    – Isonomia ou gerente que briguem entre eles pelos estágios, pois hoje há conflitos e amizades que tem que ser separados do profissional. A ascenção a gerencia tem que ser bem mais difícil. tendo que ser aprovado pelos empregados e as metas para gerente ganhar deve ser bem mais provado e difícil, sem interferência política, verificado e conferido de forma a ser um processo comprovado por provas externas. Assim somente competentes desejaram e continuariam ser gerentes. Uma empresa honesta impoe rigidez para todos os cargos.
    Tá complicado a política. Empregados desejando mudar de área e gerência impedindo, e não valorizando. Há contrasenso. Não valoriza e não quer que saia, ou nem encontra alguém do que o não valorizado. Tenho lido isso aqui e nada do sindicato se manifestar de real sobre o assunto.
    Um PCS elaborado pelos empregados e sindicato pode ajudar a eliminar gerencia incompetentes, mau caráter e empregados puxas de serem promovidos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s