COPEL TEM DOIS NOVOS DIRETORES, FUNCIONÁRIOS DE CARREIRA

 

neg plr 1

Ana Letícia Feller fala aos sindicatos sobre sua nova responsabilidade, como Diretora de Gestão da Copel

A negociação da PLR 18 entre a Copel e os sindicatos que representam os copelianos, que está em andamento desde a manhã desta quarta, 16/05, começou com uma novidade importante: a informação, em primeira mão, de que estavam assumindo dois novos diretores na Companhia. Como Diretor de Governança, Riscos e Compliance, assume Vicente Loiacono e como Diretora de Gestão Empresarial assume Ana Letícia Feller, ambos funcionários de carreira da Companhia.

Ana Letícia Feller é bastante conhecida pelos sindicatos, pois fazia parte, até então, da comissão de negociação da empresa. Ela esteve presente na reunião, no período da manhã, onde foi apresentada como nova diretora por Cássio Vargas Pinto, que lidera a comissão de negociação da Copel. Ana Letícia Feller afirmou aos sindicatos seu compromisso de trabalhar por uma boa relação com os trabalhadores e os sindicatos, pautada na seriedade e respeito que sempre manteve atuando pela Copel nas negociações.

Vicente Loiacono já passou pela diretoria jurídica e de relações institucionais da empresa e pela área regulatória da Copel DIS, além de ter atuado no Conselho Fiscal da Fundação Copel.

Na opinião dos sindicatos, a posse de diretores de carreira, comprometidos com a empresa e sua trajetória, é fundamental para evitar as manobras políticas recentes que vitimaram a imagem e a gestão da Copel.

SINDICATOS COBRARAM AFASTAMENTO DE EX DIRETOR, ENVOLVIDO EM DENÚNCIAS QUE ATINGEM BETO RICHA

No dia 11 de maio, ao estourarem as denúncias que apontam o envolvimento de homens de confiança de Beto Richa em atos de corrupção, junto com a Construtora Odebrecht, os sindicatos pediram o afastamento de Deonilson Roldo, ex-chefe de gabinete de Beto Richa, que estava empossado Diretor de Gestão da Copel. Deonilson Roldo foi demitido em seguida pela governadora Cida Borghetti.

O que se espera da atual equipe de diretores é que atuem com respeito à Copel, apurando responsabilidades por atos que lesaram a empresa e reconhecendo o empenho dos trabalhadores em manterem a Copel como referência de qualidade nos serviços e modelo de gestão pública.

As informações sobre a PLR serão repassadas pelo blog COLETIVO logo após terminarem as negociações, que podem se estender até amanhã.

Valdir Grandini – Jornalista da Assessoria de Comunicação do Coletivo CSEC.
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s