HOJE E AMANHÃ TEM REUNIÃO QUADRIMESTRAL ENTRE COPEL E SINDICATOS

quadrimestral 2Nesta quarta e quinta, dias 21 e 22 de março, acontece a primeira reunião quadrimestral de negociação entre os sindicatos e a Copel, prevista no Acordo Coletivo de Trabalho – ACT para tratar de assuntos administrativos, funcionais e de saúde e segurança no trabalho, de interesse dos copelianos. A negociação começa hoje no período da tarde, 14 horas.

Além de ser a primeira das reuniões quadrimestrais previstas para 2018, é também a primeira na vigência da Lei 13.467/17, que instituiu a reforma trabalhista.

Os sindicatos listaram uma pauta de preocupações levantadas pelos copelianos nos locais de trabalho em todo estado:

– Mudanças nos horários dos eletricistas;

– Intervalo de almoço inferior a uma hora, ameaças a funcionários em relação ao intervalo e critérios utilizados nestas definições;

– Mudanças na NAC em relação a horas-aula;

– Problemas advindos da terceirização da frota, relacionados a acidentes:

  • Como fica a NAC COPEL nestes casos?
  • Os veículos têm seguro contra acidentes?
  • Em perda total do veículo, quem fará o pagamento da franquia?
  • Quem aciona a Locadora para atendimento de reposição do veículo e atendimento do sinistro é a empresa ou empregado?
  • Como fica a análise pela CAA,

– Mudança de pagamento de periculosidade de permanente para intermitente;

– PDI: situações de empregados que possuem processos na Justiça pleiteando aposentadoria especial, que ainda não transitou em julgado, e estão sendo informados por parte da empresa de que podem fazer adesão ao PDI. Garantia de possibilidade de os empregados desistirem da adesão ao PDI caso essa aposentadoria não se concretize, em até 30 dias antes do prazo;

– Questões relacionadas a saúde e segurança no Trabalho, como apresentar as Entidades Sindicais como se encontram os exames periódicos e fornecer às Entidades Sindicais lista de empregados com afastamento médico.

– Os sindicatos desejam obter da Copel dados concretos no tratamento de uma série de questões funcionais, onde identificam situações de pressão aos trabalhadores ou de falta de isonomia nos tratamentos dispensados:

  • Querem saber sobre os critérios adotados na avaliação de desempenho, com comparativos entre os anos de 2016 e 2017, por superintendência e relatórios sobre tratativas dadas às observações dos empregados na ficha de avaliação;
  • Querem saber quantos são os processos administrativos; quantos resultaram em demissões e quais foram as motivações para demissões e suspensões;
  • Querem dados sobre aumentos por mérito: quantos receberam, qual o percentual médio recebido; quantos não receberam e qual motivo; a distribuição de aumentos por área e a média de tempo entre aumentos.

O bolg COLETIVO vai informar sobre a reunião.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s