O CAMINHO, AGORA

foraAs gravações comprovando envolvimento de Michel Temer com o pagamento de propinas, utilizando dinheiro empresarial para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, deixam claro o que estava em curso no Brasil, e que precisa acabar.

A chegada de Michel Temer ao poder, sem a legitimidade do voto popular, foi a forma de impor goela abaixo dos brasileiros medidas que favorecem a competitividade e lucratividade de empresários e ruralistas, às custas do sacrifício dos direitos trabalhistas, das aposentadorias, dos empregos e dos direitos sociais dos brasileiros.

As reformas trabalhista e da Previdência, ainda não aprovadas, junto com a PEC 55 e com as terceirizações ilimitadas, que já foram aprovadas, foram as demandas colocadas pelo poder econômico para apoiar a chegada de Temer ao poder. São essas forças que movem os votos da maioria de deputados e senadores a favor das reformas.

Agora que a condição de Michel Temer governar está abalada pelas denúncias, os trabalhadores, o movimento sindical e os movimentos sociais não podem aceitar remendos que ajudem a continuar a farsa, como se essas medidas fossem para salvar o país.

– Não vamos aceitar que Michel Temer se faça de desentendido para continuar a governar.

– Não vamos aceitar que outro nome seja colocado na presidência sem voto popular, para continuar as reformas que só penalizam os trabalhadores e a população de menor renda.

O poder econômico, a mídia que segue seus interesses e o meio político que ele elegeu e controla vão fazer de tudo para impor as reformas.

Aos trabalhadores e seu movimento sindical, junto com os movimentos sociais, cabe ir às ruas exigir as três coisas básicas mais importantes nesse momento:

– Fora Temer!

– Retirada das reformas que quebram direitos!

– Eleições Diretas Já!

Se emendas constitucionais foram aprovadas para impor sacrifícios ao povo, também podem ser para garantir a soberania do voto popular.

É o que defendem os sindicatos do COLETIVO CSEC.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s