Dia 04/04 tem reunião entre sindicatos e Copel: negociação quadrimestral, da PLR 2017 e de saúde e segurança

neg 04 04Olá copelianos (as)

Está definida para o dia 04 de abril, terça-feira, a reunião quadrimestral de negociação com a Copel. As reuniões quadrimestrais são previstas no ACT – Acordo Coletivo de Trabalho, visando negociar assuntos pendentes do ACT e outros assuntos importantes para as relações de trabalho.

Nesta reunião, dois outros pontos estarão em pauta: a PLR 2017 e questões relacionadas a saúde e segurança no trabalho.

Veja aqui um apanhado sobre os três temas que estarão em negociação na reunião com a Copel:

PLR 2017:

Nessa reunião serão analisadas as possibilidades de cumprimento das metas previstas para a PLR, já com base nos dados atualizados de balanço da empresa, bem como o andamento da proposta para a PLR junto a CCEE do governo, para posterior avaliação dos copelianos, nas assembleias sindicais.

NEGOCIAÇÃO QUADRIMESTRAL:

Os sindicatos do COLETIVO CSEC formularam uma pauta de assuntos para a negociação com a Copel, coletando sugestões dos trabalhadores em suas bases. Os pontos apresentados pelo CSEC são os seguintes:

1– Sistema Otimizador: Avaliar uma forma para que as questões climáticas sejam consideradas no sistema.

2– Substituição de Frota – Terceirização e Manutenção de Veículos: encaminhamento aos Sindicatos da lista desses serviços, para conhecimento e avaliação pelos empregados.

3– Apontamento de H. Extras / Início da Jornada: reavaliação dessa situação pela Copel, incluindo, se necessário, parecer da DRI sobre o assunto.

4– Sobreaviso: estudo, pela DIS, do número de empregados que estão sendo periodicamente chamados fora das escalas, para avaliar o redimensionamento delas.

5 – Atuação do Serviço Social: apresentação pela Copel, na reunião, do papel e da atuação do Serviço Social na Empresa, para avaliação pelos sindicatos.

6 – Reflexos do DSR sobre o Sobreaviso: apresentação de parecer do jurídico sobre procedimentos relativos ao sobreaviso.

7 – Diárias de Alimentação: apresentação, pela Copel, de levantamento sobre valores relativos a alimentação para avaliação junto aos Sindicatos

8 – Revisão do estatuto da Fundação Copel, assunto demandado pelos sindicatos visando  ampliar a eleição democrática dos componentes da direção pelos participantes.

9 – Reembolso de gastos com óculos.

SAÚDE E SEGURANÇA:

Os pontos elencados pelos sindicatos em relação a esse tema, são:

1– Gestão de Contrato de Terceiros: repasse, aos sindicatos, de relatório sobre os contratos.

2– Comunicação VHF – Região de Londrina: repasse, aos sindicatos, de andamento dos processos relativos a esse assunto.

3– NR-10 Trabalho Individual: relato, aos sindicatos, sobre reuniões com os Superintendes para identificar a que efetivamente ocorre nas localidades.

4– Emissão PPP: medidas para sanear a demora nas emissões de PPPs e manutenção do contido no descritivo de função do empregado quando o mesmo está exposto ao SEP, permanentemente ou intermitentemente.

5– Reciclagem dos eletricistas da Linha Viva, que deveriam ser bianuais, mas estão atrasadas.

6– Manutenção dos equipamentos hidráulicos dos veículos da Empresa, pois há informação de ter sido alterado o calendário de manutenção, colocando assim em risco os empregados.

7– Custeio do exame toxicológico, conforme regulamentado no Código de trânsito Brasileiro CTB, quando da renovação da CNH para os empregados credenciados.

8– Exames Periódicos, conforme pendências da última reunião de segurança, cujos problemas foram relacionados pelos sindicatos:

  • empregados sendo obrigados a pagar pelo plano de saúde e exames complementares exigidos pelos médicos na primeira fase do periódico (para emissão do laudo);
  • a ausência de diferenciação entre as guias de periódico e as guias normais, gerando dúvidas sobre se o empregado não está pagando por exames que fazem parte do periódico obrigatório por lei;
  • glosas em remédios, gerando constrangimento aos empregados quando informam na farmácia que estão comprando o medicamento pela FC;
  • Em Foz do Iguaçu como os médicos ortopedistas não estavam dando o laudo sem a realização de exames complementares, a FC passou a direcionar as consultas dos periódicos a um único ortopedista, que dá o laudo sem os exames.
  • Solicitação para que a FC esteja presente na reunião, para dirimir diversas dúvidas que são levadas pelos empregados às entidades sindicais e discussão de melhoria da comunicação dos procedimentos de periódico aos empregados, inclusive com a verificação de possíveis mudanças na correspondência que é encaminhada pela FC.

Manteremos todos informados. Acompanhe aqui!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s