VENDA DE AÇÕES DA SANEPAR É MOTIVO DE PREOCUPAÇÃO

leilao-sanO governo Beto Richa e a direção da Sanepar, a partir de hoje, 21/12, iniciaram a venda de ações da Companhia de Saneamento do Paraná na bolsa de valores. O que se sabe sobre o assunto, entre notícias da imprensa e declarações dos dirigentes da empresa, é pouco e motiva muitas dúvidas nos paranaenses.

No dia 19/12 terminou o período de oferta das ações, chamado de roadshow, que incluiu viagem aos Estados Unidos do Presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, mais os diretores Gustavo Fernandes Guimarães (Financeiro), Ney Amilton Caldas Ferreira (Relações com Investidores) e Julio Jacob Junior (Jurídico), com a missão de atrair o interesse dos investidores.

Após esse período do roadshow, as ações começam agora a ser negociadas na bolsa de valores BM&FBovespa. Nesse tipo de compras, os investidores interessados podem fazer suas ofertas por volumes de ações, propondo a reserva de quanto querem adquirir. O preço final da venda das ações dependerá dos valores ofertados pelos interessados.

Justamente neste ponto começam dúvidas intrigantes, a partir de dados noticiados na imprensa.

A intenção anunciada inicialmente pelo governo e pela diretoria da Empresa era arrecadar entre R$ 1,42 e R$ 1,72 bilhão com venda de ações da Sanepar, conforme noticiado na Folha de Londrina, no dia 08/12. Mas em outra matéria da Folha de Londrina, de 20/12, esse valor intencionado já aparece limitado a arrecadação de R$ 1,2 bilhão.

Como é possível que a expectativa varie tanto? Eis um assunto nebuloso, onde faltam informações e projeções independentes, que ajudem a opinião pública do Paraná a ter uma visão. Ela deveria ser tratada como a maior interessada.

Segundo matéria da Folha de Londrina de 20/12, as ações da Sanepar dobraram de preço de julho até agora, indo de R$ 5,00 para R$ 9,88, mostrando um aumento muito maior que os das demais empresas consideradas importantes no mercado acionário, que subiram em média 16% no período.

Tudo indica que os bons resultados financeiros da Sanepar, mais a garantia de mercado para seus serviços estão atraindo interesses. Quanto deveriam valer as ações da Sanepar, considerando a segurança de retorno que representam ao longo do tempo, por haver exclusividade da Companhia na exploração do saneamento? Uma boa pergunta. Deveria ter uma boa resposta.

Depois que a imprensa divulgou o início da venda das ações da Sanepar, o Presidente da Companhia, Mounir Chaowiche, divulgou um comunicado aos empregados, dando tom de comemoração ao momento.

Uma declaração dele nesse comunicado mostra como o governo do Paraná está tratando as ações das estatais: segundo suas palavras, ao final do processo de venda das ações R$ 250 milhões em recursos gerados serão aplicados no plano de negócios da Companhia.

Mas o que isso significa se, pelo noticiado, a empresa de saneamento estará vendendo ações e nessa venda se espera arrecadar pelo menos algo em torno de R$ 1,2 bilhão?

Se desse capital apenas R$ 250 milhões serão investidos em negócios da própria Companhia, algo em torno de R$ 1 bilhão irá para outras finalidades e planos do governo estadual, que a opinião pública não sabe onde serão investidos. Ou seja, a Sanepar será descapitalizada para fins que não se conhece.

O Presidente da Sanepar diz também em sua nota que os trabalhadores devem ficar tranquilos, porque a venda do montante de ações não gera perda de controle acionário por parte do governo do estado.

Os sindicatos que representam os trabalhadores da Sanepar alertam que há muitos motivos para preocupações, sim, uma vez que a tendência dos acionistas privados é quererem mais retorno para si daquilo que a empresa consegue arrecadar, deixando menos recursos para a qualidade dos serviços, inclusive a remuneração dos trabalhadores. Alertam que o próprio governo, como acionista, trata os lucros da Sanepar como tábua de salvação para seus planos de gestão, ao invés de investir no que é um serviço essencial.

O que está acontecendo com as ações da Sanepar agora é motivo de alerta para os copelianos, já que o governo estadual pensa em vender ações da Copel na sequência, em 2017.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s