GOVERNO QUER VENDER AÇÕES DA SANEPAR AINDA ESTE ANO E DA COPEL EM 2017

privatizacao-naoA imprensa divulgou ontem, 02/11, que o governo Beto Richa vai colocar à venda ações da Sanepar e da Copel. Segundo as informações divulgadas, a venda de ações da Sanepar virá primeiro e está prevista para acontecer ainda este ano. Em seguida, em 2017, o governo pretende vender ações da Copel.

A venda das ações se tornou possível depois que os deputados estaduais aprovaram o pacotaço de medidas proposto por Beto Richa, em setembro deste ano. O pacotaço autorizou o governo a vender ações das duas principais estatais paranaenses sem depender da aprovação da Assembleia Legislativa.

A venda das ações da Sanepar está no aguardo de um parecer favorável da Comissão de Valores Mobiliários – CVM, órgão do governo federal responsável por disciplinar e fiscalizar o mercado de valores mobiliários e negociações de ações de empresas em bolsa e fundos de investimentos, o que deve ocorrer, uma vez que atualmente o governo federal defende a privatização das estatais estaduais.

O governo estadual fala em arrecadar R$ 1,3 bilhão com a venda das ações Copel e da Sanepar. O Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo da Costa, atua como propagandista dessa iniciativa, mencionando que os recursos serão investidos em estradas, habitação, saúde, educação e segurança. A fala do secretário na imprensa é genérica e não diz quantas e quais obras o governo pretende realizar.

A população paranaense corre o risco de ter um montante significativo do patrimônio acionário de suas duas principais empresas estatais vendido, sem respostas para perguntas importantes:

– Quanto o poder público deixará de receber e reinvestir em serviços ao longo do tempo, vindos de dividendos de lucro da Sanepar e da Copel, abrindo mão de um volume significativo de ações?

– Quanto deveriam valer as ações das duas empresas Sanepar, considerando a segurança de retorno que representam ao longo do tempo, por haver exclusividade na exploração dos serviços de água e energia no estado?

– Que obras e serviços concretos se projeta realizar com os recursos arrecadados, para que a população possa julgar se vale a pena, podendo cobrar depois?

Não há respostas para essas perguntas. Mas o deputado Tadeu Veneri (PT), que lidera a bancada de oposição, não acredita que o governo conseguirá arrecadar nem metade do que anda propagando. Calculando com base nos valores das ações no mercado, ele alerta que a arrecadação ficaria em torno de R$ 640 milhões, apenas.

O COLETIVO CSEC é contra a venda das ações e vai cobra publicamente esclarecimentos para as questões que levanta. Considera que a venda de ações seria uma traição à sociedade paranaense, que sempre primou pelo patrimônio das duas empresas. Vale lembrar que, em campanha por sua eleição e reeleição, Beto Richa comprometeu-se em preservar e valorizar a Sanepar e a Copel. Foi eleito com essa expectativa e não o contrário.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s