COPEL QUER REDUZIR PARTICIPAÇÃO NO PLANO DE SAÚDE

fundação 2OLÁ COPELIANOS: ESSA NOTÍCIA EXIGE REAÇÃO URGENTE!!

A sanha do governo Beto Richa em fazer caixa para cobrir seus rombos, além de criar empecilhos para as negociações dos acordos coletivos nas empresas estatais, agora quer reduzir benefícios nos planos de saúde da Fundação Copel.

Na última quinta-feira os sindicatos tomaram conhecimento de uma proposta de alteração nos planos de saúde, que afeta profundamente os benefícios aos copelianos. Esta proposta será submetida pela Copel, como patrocinadora, a apreciação e deliberação no Conselho deliberativo da Fundação Copel nesta quarta-feira, dia 25 de novembro.

Pela proposta, a Copel, que hoje contribui com  80% do plano de saúde, passará a cobrir apenas 50% do plano para novos trabalhadores. No que diz respeito às aposentadorias, atualmente a Copel banca 50% do plano de saúde, e passará a não bancar mais nada na aposentadoria dos novos empregados, que teriam que bancar integralmente o plano de saúde.

Embora a proposta não altere os benefícios dos atuais empregados e dos já aposentados, faz parte de uma movimentação geral de corrosão dos benefícios aos trabalhadores. Os sindicatos do Coletivo Sindical da Copel apelam aos trabalhadores da ativa e aposentados para não aceitar isso. Lembram que a Fundação Copel é dos trabalhadores participantes e tais interferências, feitas de cima para baixo, e por baixo dos panos, atentam contra nossa vontade, contra nosso futuro e contra o patrimônio que construímos juntos, por décadas.

Os sindicatos do Coletivo Sindical da Copel souberam desta proposta na quinta-feira, dia 19 de novembro, e imediatamente solicitaram informações da Copel e agendamento de reunião para discutir o assunto, mas não obtiveram ainda nenhuma resposta. Essa atitude da Empresa é um atentado contra os direitos dos trabalhadores, feito propositalmente no final do ano, sem divulgação, tentando evitar reações. É uma atitude que fere a democracia que dá aos participantes direito de opinar, assim como fere os direitos de negociação dentro das relações entre capital e trabalho.

O Coletivo Sindical dos Empregados da Copel está na luta para barrar esse atentado contra os copelianos. É importante que todos ajudem a espalhar a notícia e mobilizar os trabalhadores da ativa e aposentados.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

6 respostas para COPEL QUER REDUZIR PARTICIPAÇÃO NO PLANO DE SAÚDE

  1. Engraçados vocês dos sindicatos virem agora pedir apoio de nós empregados !!! Quando uma colega aposentada fez denúncia justamente sobre essa mesma pauta no grupo Copelianos e no grupo Copel no Facebook e dezenas de empregados solicitaram o comparecimento e apoio dos sindicatos sobre o assunto, nenhum de vocês deu as caras lá para responder ou sequer publicou nota de esclarecimento aos empregados. Ao contrário, ela foi alvo de críticas. Tamanha seriedade do assunto e impacto tanto aos empregados da ativa ou aposentados e vocês simplesmente ignoram quando solicitados a nos prestarem esclarecimentos ou cobrarem da Companhia as informações devidas. Estamos cansados da omissão dos sindicatos, da falta de informação e principalmente da falta de transparência e comprometimento nas questões que efetivamente são do interesse de todos os empregados da Copel.

  2. poisze56 disse:

    Pois é.
    Mais isto além de caso dos de 4H, PCS, merecimento e promoção no fato de quem está para se aposentar se sentir lesado pela atual política de tirar deles pra dar para os mais chegados. O silêncio do sindicato em mais de um mes, A questão do acordo que ficou com muitas interrogações . Este é o nsso sindicato.
    Ah! a questão da Yara, as falas da presidência em melhorar. A baixa dos salários que prejudicou espectativas. A intranet cheia de títulos que se consegue com o trabalho dos empregados, mas não de sua valorização.
    O SIndicato está inerte
    é de se deplorar

  3. quepateta disse:

    Opa, noticias no ar.
    Isto é algo sério. O Sindicato, parece ter sido meio que forçado a colocar o assunto, pois já estavam falndo antes. A empresa se isto acontecer pode ser mais uma de desmoralizar os empregados e criar um clima pior do que já está. Assim a empresa terá que ser vendida mesmo, pois ninguém quererá uma empresa com estas diretrizes para os empregado: Sem futuro, sem aposentadoria assistida. Já não bastava o Cargos e Salários, que para o peão é uma abalo no psíquico e lgo na sua saúde física indiretamente e agora mais esta ação que irá criar um clima de desavença entre os empregados, pois há custos que uns terão a mais e os salários caindo. Mas como dizem: Menos para uns intocáveis.

  4. coletivocopel disse:

    Olá copelianos: quando se fala em sindicatos, é fundamental que vejam de que sindicatos estão falando. Os sindicatos deste Coletivo, que aparecem nominados no layout de nosso blog e estão descritos aqui têm compromisso de luta e tem se posicionado, em todas as ocasiões, em favor dos direitos dos copelianos, contra o desmonte da Copel e também da Fundação Copel. É importante ver as diferenças.

  5. quepateta disse:

    Coletivocopel,
    Esta é a função do sindicato. Maravilha que o sindicato se pronunciou, pois normalmente o desapontamento é que o sindicasto é muito silencioso, poucas notícias e mais no dissídio. Daí é natural que haja pergunta sobre a cobrança adicional pelos serviços prestados, pois há mais necessidade de divulgação.
    Agora, por exemplo, no KM o corre-corre é para avaliar O ENERGIA de todos. Mas quem garante que o preferido do avaliador não terá nota maior do que outros até mais competentes? Qual alternatuva tem um empregado para se defender se só sabe a nota dele? Tem que haver alguma outra oportunidade de merecer sem que seja somente a avaliação. Mais pessoal talvez do que técnica. A quem recorrer? Quem avalia é avalido pelos subarternos para saber se em de fato responsabilidade em avaliar?
    O ENERGIA é visto como um desânimo. Para muitos. há descrédito, desalento. Tem que haver outro modo de que se possa talvez poder optar. E a liderança está onde no ENERGIA? Sabemos que os gerentes estão líderes, mas são? Treinar é uma coisa e acompanha-se o que deveria ou aplicou o que aprendeu é outra.(liderança). O SIndicato deveria propor, fazer alguma pesquisa com os empregados sobre isso, já que a empresa é bianual mas a avaliação é anual.
    Enfim estar acompanhando o que desenrola no dia a dia, no intuito de colaborar sempre é claro.

  6. gerenteAg disse:

    o rapaz acima disse tudo façam uma auditoria interna sobre esse assunto pois tem cara de 5 anos de empresa ganhando a linha 1000 mais que cara de 15 anos de casa. que absurdo, só prque são “os queridinhos” do gerente,que discriminação é essa?

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s