COPEL APRESENTA “PROPOSTA” PARA OS ITENS REMUNERATÓRIOS

Na negociação da manhã desta quinta, que terminou as 12 horas e 15 minutos, cravados,  a Copel apresentou uma proposta inicial em resposta às reivindicações remuneratórias da pauta dos trabalhadores. As negociações continuarão no período da tarde. A proposta é a seguinte:

Reajuste salarial:  Reajustar pelo INPC, de forma parcelada: 6% em outubro e a diferença do período outubro 2014 a outubro 2015 aplicada em fevereiro, sem compensação retroativa aos salários de outubro a fevereiro.

Auxílio-alimentação:  Reajuste pelo INPC, sem escalonamento.

Vale lanche:  Reajuste pelo INPC.

Pessoas com deficiência:  Reajuste de R$ 520,00 para R$ 550,00.

Auxílio-educação:  R$ 750,00

Abono:  85% de uma remuneração, com R$ 3.000,00 de valor fixo para empregados com salários até R$ 4.000,00.

PROPOSTA INACEITÁVEL, RESPONDEM OS SINDICATOS

fabianoOs sindicatos não aceitaram em mesa a proposta da Copel. Consideraram que ela não pode sequer ser considerada uma proposta para apresentar aos trabalhadores para avaliação deles, merecendo ser rejeitada na própria mesa de negociação. A proposta foi tratada pelos sindicatos como “extremamente desmotivante”.

Os dados apresentados pela assessoria prestada pelo DIEESE aos sindicatos mostram o motivo da decepção dos líderes sindicais:

– 70% das categorias de trabalhadores com negociações recentes tiveram ganhos reais nas negociações salariais, apesar da crise econômica. Ou seja, tiverem a reposição integral das perdas inflacionárias, sem parcelamentos e com ganhos acima da inflação.

– A remuneração média dos trabalhadores copelianos só cresceu 7% no período dos últimos anos, bem abaixo da inflação e do crescimento da empresa.

– A inflação em Curitiba e no Paraná, é maior que nas demais capitais brasileiras, em boa parte motivada pelos aumentos de tarifas de energia que foram praticadas aqui.

– A alimentação no Paraná subiu mais do que a média geral da inflação, o que justifica aumentos salariais maiores que os índices inflacionários. Isso mostra a necessidade de reajustes maiores também no auxílio-alimentação e vale-lanche.

– As creches também tiveram reajustes maiores que a média inflacionária, o que também justifica reajuste maior neste benefício.

– A Copel repassou todos os aumentos de custos nas tarifas, o que torna incoerente não tratar da mesma forma a proposta salarial para a negociação.

Por todas essas razões, os sindicatos colocaram aos representantes da Empresa a necessidade de avançar no período da tarde, considerando a proposta apresentada inicialmente muito aquém de algo aceitável, sequer para levar para assembleias.

NEGOCIAÇÕES CONTINUAM À TARDE

Para os sindicatos, ou a proposta evolui no período da tarde, ou estaria rejeitada já na mesa de negociações.

Alguns copelianos, ao saberem dos primeiros dados, enquanto as negociações estavam ainda em andamento nesta manhã, questionaram não termos ainda divulgado a proposta aqui no blog COLETIVO. Não divulgamos porque estava ainda em andamento a negociação e a proposta poderia mudar, como deve mudar ainda hoje. Alertamos que temos tido atitudes transparentes, responsáveis e críticas. E que os sindicatos deste COLETIVO têm postura de luta.

Seguiremos firmes nesse compromisso. Assim que a Copel fechar a proposta, vamos apresentá-la na íntegra, com todas as críticas necessárias, tanto no que diz respeito às questões econômicas e salariais quanto as questões administrativas, que visam emprego estável, saúde e segurança no trabalho e outros benefícios e garantias.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

12 respostas para COPEL APRESENTA “PROPOSTA” PARA OS ITENS REMUNERATÓRIOS

  1. merly doroso disse:

    Isso não é proposta para trabalhador, é esmola! Não precisamos

  2. grandenm1 disse:

    Achei uma boa proposta. Estamos em crise, não esqueçam disso. E depois, os chineses não gostam de gente que reclama demais;

  3. resiti disse:

    e as clausulas administrativas? O que foi discutido e/ou solicitado alteração??

  4. Afonso atack disse:

    É com essa proposta que a empresa quer estar entre as 100 melhores de se trabalhar!
    os resultados ano a ano tem sido atingidos, mas na hora do retorno…esta ai!

    • tecnicoadm2 disse:

      Concordo; coletivo, é preciso apresentar essa argumentação também: sempre temos sido cobrados, e atingido as metas da empresa, obtendo diversas premiações de reconhecimento nacional, que se deve ao trabalho suado dos copelianos. Merecemos muito mais do que isso, que se diz ser proposta. Inaceitável! Vamos à luta!!!

  5. pq não colocaram o abono do funcionário que tem salário acima de 4 mil? e qual é o abono para esses funcionários?

  6. Gilson Alves disse:

    a infração ta quase 10% eles faz uma proposta de 6%

  7. Agora ja fiz empréstimo na FC da pra aguentar mais um tempo e partir para a briga. É não na bucha.

  8. balikiko2016 disse:

    Agora que já fiz empréstimo na FC, posso esperar uma melhora no acordo.
    É não na cabeça.
    Vamos lutar por mais, isso é uma miséria.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s