Atenção! Confira aqui as novas datas e horários das assembleias

Começaram nesta quinta-feira (18) a série de Assembleias Gerais Extraordinárias (AGEs) dos sindicatos do Coletivo Sindical da Copel para votação da proposta da empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2014/15. Confira abaixo, após a minuta do ACT com os reajustes e alterações de itens oferecidos pela Copel nas reuniões de negociação, o calendário com as novas datas e horários da ACEs em todo o Paraná.

foto_votação

Ontem (18), as entidades promoveram assembleias em Cambé, Curitiba (Sítio Cercado), Rolândia e em Jaguapitã. Nesta sexta-feira (19) serão realizadas votações em Apucarana, Cascavel, Cianorte, Curitiba (agência centro) e Jandaia do Sul. As assembleias são unificadas. A apuração dos votos será realizada em Curitiba, no próximo dia 30 de setembro. Copelianos (as), participem das votações!

Minuta do ACT com a proposta da Copel

Calendário das Assembleias por ordem de município

APUCARANA / 19/09 – Dependências da Empresa, 8 horas

ARAPONGAS / 23/09 – Dependências da Empresa, 8 horas

ASSAÍ / 25/09 – Dependências da Empresa, 11 horas

ASTORGA / 23/09 – Dependências da Empresa, 13h30

BANDEIRANTES / 25/9 13h30 Agência Bandeirantes

BELA VISTA E 1° DE MAIO / 26/09 – Dependências da Empresa, 8h30

CAMBÉ / 18/09 – Dependências da Empresa – 8 horas

CAMPO MOURÃO / 25/9 – Copel Clube de CMO, 18h30

CASCAVEL / 19/09 – Cascavel, no auditório SDO, às 17h45

CENTENÁRIO DO SUL / 22/09 – Dependências da Empresa, 8h30

CIANORTE / 19/9 – Centro Social Urbano CSU, 18h30

CORNÉLIO PROCÓPIO / 25/9 18 horas Cornélio Procópio

CURITIBA

18/09 – Agência Sítio Cercado, às 17 horas

19/09 – Agência Centro, às 8 horas

22/09 – KM 0 ( Copel Barigüi ), às 8 horas

23/09 – Santa Quitéria, às 17 horas

22/09 – Sede (Coronel Dulcídio), às 12 horas

25/09 – Mariano Torres, às 12 horas

25/09 – Atuba, às 17 horas

26/09 – Padre Agostinho, às 12 horas

29/09 – Agência Vila Hauer, às 8 horas

29/09 – Sede do Sindenel, às 8h30

29/09 – Km3, às 17 horas

FAXINAL E BORRAZÓPOLIS / 24/09 – Dependências da Empresa, 8h30

FIGUEIRA / 23/9 – SE/Figueira, às 9 horas

IBAITI / 23/9 – Agência Ibaiti – 11 horas

IBIPORÃ / 25/09 – Dependências da Empresa, 8 horas

IVAIPORÃ / 24/09 – Dependências da Empresa, 13 horas

JAGUARIAÍVA / 23/9 – Agência Jaguariaíva, às 18 horas

JANDAIA DO SUL / 19/09 – Dependências da Empresa, 11h30

LONDRINA

25/09 – MAN Londrina, 16h30 horas

26/09 – Sindel, 17 horas

29/09 – AG LNA Norte, 8 horas

29/09 – AG LNA Centro, 13h30

29/09 – AG LNA Oeste , 17 horas

MARINGÁ / 24/9 – ARCOM, 18h30

PARANAVAÍ / 23/9 – Copel Clube PVI, 18h30

PONTA GROSSA

25/9 – Polo de Manutenção da Visconde de Mauá, 17 horas

26/9 – Divisão de Transmissão Centro Sul, 8 horas

26/9 – Departamento de Serviços Centro Sul, 17 horas

PORECATÚ / 22/09 – Dependências da Empresa, 11 horas

ROLÂNDIA E JAGUAPITÃ / 18/09 – Dependências da Empresa, 13h30

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / 24/9 – AG/Santo Antônio da Platina, 18 horas

SIQUEIRA CAMPOS / 24/9 – AG/Siqueira Campos, 13h30

TAMARANA / 24/09 – Dependências da Empresa, 16h30

SERTANÓPOLIS / 26/09 – Dependências da Empresa, 13h30

UMUARAMA / 25/9 – CERU, 18h30

WENCESLAU BRAZ / 23/9 – Agência Wenceslau Braz, às 13h30

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

85 respostas para Atenção! Confira aqui as novas datas e horários das assembleias

  1. kirk27 disse:

    Pro dia 03/10 o pagamento podemos esquecer então.

  2. Edson Kiko disse:

    Como sempre, o sindicato avacalha para o nosso lado, para ajudar a Copel, essas assembleias tardes só servem para atrasar ainda mais, como todo mundo com a corda no pescoço, todos votam sim. O acordo é aprovado, a Copel e o Betinho saem ganhando, o sindicato leva o deles por fora e nós perdemos a chance de ganhar algo mais.
    É triste.

    • poisze56 disse:

      Historicamente, os empregados tem perdidos. Ah! Concordo que há discriminação em relação à Compagás.
      Mas gente, não vamos ser levianos com o sindicato. Deve ter uma cláusula em que a Copel concorda em pagar 100% a parte do sindicato ou ofereceu menos que o previsto para eles?
      Proponho que o sindicao tenha metas e daí, os coaboradores votar se o sindicato mereceu a cláusula.
      ex: se for só o INPC, é de lei, logo ganha nada. Se inpc + 2% real, ganha um pouco.
      Se consegue auxilio equipamento para deficientes de todas as formas, mais.
      Se fiscalizar durante o ano que a Copel está empregando encostos políticos e denunciar ganha mais.
      O sindicato tem que ter meta e dever de fiscalizar o dinheiro público. Tem gerentes que gerenciam eles mesmos, sem empregados debaixo. Tá cero isso? E tem áreas desesperadas atrás de empregados.
      Fiscalizar o PCS também é legal. Os mais de 10 anos estão quase sem chances de serem promovidos devido aos baixos salários. e o dinheiro que vem não dá pra promovelo, daí distribui-se meio que a revelia do gerente. Fiscalizar a qualidade do gerente é outra assunto.
      A copel dá lucro não pela gerencia que em geral tá fraquinha, mas porque é muito dinheiro e daí qualquer um acerta com muita grana em jogo. Mas estaria bem administrado? E sobre a gerencia de pessoal. E a pesquisa de clima? Tem que estar atrelado ao cargo gerencial e com consequencias.
      O que acham desta sugestão inicial. É apenas um start de idéia.

  3. loucocwb disse:

    Não se assina documento em branco, Coletivo.

  4. juu86 disse:

    Bora todo mundo votar não!!! Provável que recebamos só dia 25/10… vamos apertar esse povo!

  5. juu86 disse:

    NÂO NÂO NÂO… Pessoal que quer abono, vai ter desconto de IR… copel vai arrancar da gente… outros abonos eram sem natureza salárial!!!! Votem NÂO… ngm posta nada aqui… como disse os amigos onde estão todas as claúsulas!

  6. ladainha1985 disse:

    E qual o posicionamento do sindicato? Dá pra conseguir mais? É uma boa proposta? Qual é o interesse do sindicato, devemos batalhar por mais? Greve? E as demais clausulas?

    Apenas nos jogam uma proposta e aguardam a votação, enquanto o deles já está garantido!

    Mobilização sindical ZERO!

  7. gerenteAg disse:

    quem ganha 4 mil???? contando horas extras, sobreaviso, descanso semanal,,,,ou seja vc se priva de uma qualidade de vida ,de lazer p ficar “preso” em casa,tomando chuva no lombo, passando frio de madrugada,,piadinhas e xingamentos de clientes durante serviços emergencias e comerciais, dae sim se alcança esse valor, ….sou gerente de agencia, e defendo meus colegas eletricistas, pois sei o valor deles, .

  8. …..caros colegas, tb sou eletricista c/ 17 anos de empresa, tenho alguns amigos que são gerentes, que realmente vestem a camisa e que dão valor aos seus eletricistas, e, da mesma forma que existe gerentes que não merecem o que ganham, existem os eletricistas que só fazem número na empresa, mas……este não é o momento para julgarmos ninguém, talvez sim uma politica de consequência com os resultados das PCO’s.
    A hora agora é de lutarmos por um salário mais justo e digno, já que os resultados internos e os prêmios externos que a empresa tem recebido é fruto do nosso trabalho, cada um fazendo a sua parte, acho que um abono gordo resolveria o problema de muita gente, inclusive o meu, mas é momentâneo, o ganho real é o que falta, pois é este que vai contar para nossa vida futura, e se temos condição e “coragem” para brigar um pouco mais, por que não agora?

    • quepateta disse:

      Vejam Copelianos,
      Qual o motivo do resultado da pesquisa ainda não sair? Talvez devido a votação ou estão fazendo um cálculo criativo de mostrar que a adminisração é 10?
      Bom, também acho que algo como ” pura energia “deve estar atrelado a um PCO, mas de forma que a administração seja avaliada elos empregados para daí eles merecerem a gratificação, cargo, ou um aumento a mais. Do jeito que tava, era o indicador avaliando o indicado.
      Falta muito acompanhento das ações da copel por parte dos empregados. Vamos ficar mais atento e usar sindicado, reclameaquiempresarial, se é que existe, e melhorar a nossa empresa. E se tem eletricista folgado, é tomar ações que o ajude a ir pro trampo.
      Falei e disse

  9. grandenm1 disse:

    Os sindicatos não brigam mais porque agora recebem o dinheiro da Copel. Quando não recebiam, fizeram até indicativo de greve 2 anos atrás, colocando a cara do povão para os gerentes baterem.

    Mudando o foco, tem gente escrevendo que “muitos figurões” ganham mais de 4 mil hahahah Só se for gerente e o pessoal da área técnica, porque administrativo é minoria…sabe de nada inocente.

    • kirk27 disse:

      Eletricista ganha mais de 4 mil fácil… O inocente aqui é vc..

      • grandenm1 disse:

        Jovem, o salário do cara não é 4 mil. Ele pode até ganhar com todas as horas-extras e demais vantagens, mas que não contam para a previdência e abono por ACT,

      • kirk27 disse:

        Pouco importa se o salário é 1880 ou 2200.. e o restante não conta pra previdência ou abono. O importante é que os 4 mil por mês pagam as contas. Agora os atendentes 4 horas recebem bruto 729 reais e não tem hora extra, benefício algum, qualquer chance de crescer na empresa e ainda o preconceito dos próprios empregados.

  10. winner7777 disse:

    Cade o documento com as cláusulas do ACT2014/15? Estamos votando no que?

  11. demodrec disse:

    Esse ACT incluso no tópico principal é o que estamos votando? É isso mesmo? Meu voto é não então. Vou ficar devendo 270 reais pro banco mas votarei não.

    Eu comparei o ACT do ano passado com o deste ano, sindicato, por favor, que acordo é esse? Eu li várias clausulas administrativas que foram alteradas, uma simplesmente sumiu, outra foi adicionada, ambas favorecendo o sindicato. Mas a gota d’água foi a parte do meu salário que vai pro sindicato subir de 1/30 para 2/30 do mês de setembro, dobrou. E a clausula que diz que eu posso dizer não a esse pagamento? Sumiu?!?!?!

    Esse é o famoso acordo ganha ganha que os negociadores sempre buscam, entretanto, nesse caso, quem ganhou foi a copel e o sindicato. Meu voto? Não!

    Até alguém do sindicato vir e falar que não passa de uma piada de mal gosto, acho que vou fazer greve, mas não contra a empresa! Precisamos de um sindicato melhor. Já não bastava a empresa nos tratar como um mal necessário, agora temos o sindicato para isso também.

  12. mariatns disse:

    A divulgação do acordo já foi um grande passo, agora podemos ler e decidir pelo voto.
    Sobre o comentário acima, quem pagará os 2/30 para o sindicato é a Copel, dos empregados não será descontado nada. No mínimo estranho,a empresa que paga o sindicato, mas tudo bem, isso já vem ocorrendo a algum tempo, coincidência ou não o último ano que a empresa não pagou o sindicato foi o da “greve”, cada um que julgue.
    Voltando ao acordo, na minha opinião muito fraco, praticamente nada foi proposto, somente os reajustes. Uma empresa do porte da Copel não exerce mais vanguarda como exercia antigamente.
    O que não tivemos respostas :
    – Alteração da jornada flexível.
    – Anuênio.
    – Plano de cargos.
    – Auxílio creche para todos.
    – Auxílio educação.
    – Empregados 4 horas.
    – Promoções bloqueadas.
    – Gratificação por formação.
    – Periculosidade aos leituristas.
    – Insalubridades.
    Dentre tantas outras que a anos vem com a cláusula, ” a Copel se compromete ” .
    Infelizmente temos hoje na Copel uma diretoria que não pensa grande quando trata-se dos empregados. Pegamos muito no pé do sindicato, mais quem tem que valorizar os empregados é a empresa. E de ano em ano vamos ficando atrás de várias outras empresas, e cada vez mais parece que vivemos em outro mundo, ai que inveja da Compagás! rsrs

  13. vamosaluta123 disse:

    A confiança dos Sindicatos que o resultado da votação vai ser “SIM”, é tão grande que adiantou a abertura das urnas para o dia 30. Se isso acontecer é uma pena, pois essa proposta já está garantida, e devíamos votar “NÃO”, para termos pelo menos uma chance de melhorar a proposta….pensem bem na hora de votar, principalmente aqueles que ainda não votaram…Analisem bem a proposta, pois não melhorou praticamente nada em relação ao ano passado, e olha que o ano passado a Copel disse que a situação estava difícil. Esse ano esta melhor e não vimos isso no acordo. E tem outra o presidente falou em muitas reuniões que a Copel reconhece que os funcionários são os principais responsáveis pelos prêmios recebidos esse ano e o aumento do lucro da empresa e que isso seria recompensado com um acordo que surpreenderia nós todos….e realmente surpreendeu, um acordo lamentável. Por isso falo, eles ainda tem bala na agulha, “VAMOS VOTAR NÃO”..

  14. vamosaluta123 disse:

    E tem mais uma, aqueles que falam, reclamam do sindicatos, e ainda votam SIM, estão coniventes com os mesmos, é hora de mostrarmos para os Sindicatos que não gostamos dessa proposta e eles tem obrigação de melhorar essa proposta….

    • danoutudo disse:

      Se todos tivessem esta disposição para negociar e não brigar entre si… A empresa nos daria mais valor. Mas começa pelo Coletivo, que nos coloca numa condição de miseráveis, e a maioria concorda. Façam valer seus direitos… Somos todos profissionais, ninguém está aqui de favor. Querem brigar, briguem, mas com quem merece. Salário cada um tem o seu, suas contas e compromissos. O coletivo nos deve satisfação e obrigação acreditem. Cobrem dele. Não gostaram da proposta ou acham duvidosa, digam não. Mas não discutam entre si. Pagamos o sindicato pra isto. Por favor sejam adultos.

  15. ladainha1985 disse:

    É ANO ELEITORAL E QUEM GANHA É O SINDICATO.

    VAMOS VOTAR NÃO!!!!

    O SINDICATO QUER NOS EMPURRAR O AUMENTO PARA 02/30 DA FOLHA COPEL (FUNDO ASSISTENCIAL SINDICAL – CLAUSULA 36 DO ACORDO), SEM JUSTIFICATIVAS E EXPLICACOES….

    ENQUANTO AS NOSSAS REINVIDICACOES NAO SAO ATENDIDAS.

    • grandenm1 disse:

      Isso mesmo, eles querem ganhar às nossas custas e fazem o mínimo da obrigação deles, não nos dão ouvidos. Assim é fácil.

      Antigamente, ainda vinham conversar nos comentários, hoje, nem isso. Cadê a palavra dos representantes (de coisa nenhuma)?

      • Caros,

        A proposta desse ano está aí. Façam seu juízo, compareçam às Assembléias e votem.
        Comparem com todos os anos anteriores, vejam o que melhorou e o que não melhorou.
        É direito cobrar os sindicatos, é direito discordar.
        Só acho lamentável a atitude dos senhores que nunca se fazem presentes nas Assembléias de formação de pauta e nunca cobram dos sindicatos ao longo do ano chorarem aqui no blog e facebook depois que o processo já está em andamento.
        Entendam, de uma vez por todas que o processo de negociação ocorre ao longo do ano, que os sindicatos se valem das questões levantadas pelos empregados ao longo do tempo. E que isso é um processo de negociação. A empresa cede onde ela entende que pode. Os sindicatos não podem exigir que a empresa atenda 100% das cláusulas.
        Se não estão contentes com a direção de seu sindicato, cobrem diretamente dessa direção. Ou montem uma chapa de oposição e assumam o sindicato.
        Outra coisa para pensarem: Se a resposta for “não”, os sindicatos voltarão à mesa de negociação. E aí? Quem dos senhores estará disposto a fazer greve pra sustentar o pedido de aumento? Sim, GREVE! Porque voltar e “exigir” mais sem pressão já não funciona.
        É fácil se esconder atrás de um apelido num blog e acusar, agredir, intimar. Quero ver se há coragem de mostrar a cara diretamente no sindicato ou na linha de frente numa greve.
        Sejam adultos e responsáveis pelos seus atos. Quer seja assumir publicamente suas opiniões ou se esconder e se omitir. Só não queiram jogar a responsabilidade pelo seu destino nas costas de outros.

  16. personavenia disse:

    Amigo,
    As pessoas só querem saber o motivo dos 2/30 não aparecer antes. Mostraram reposição, vale fome, e os 2/30 nada falaram. A falta de transparência pode significar algo escuso. Estranhamos que a Copel aceitou. Propagando que não pode dar mais para o empregado, mas para a classe sindical pode?
    Há necessidade dos 2/30 para os sindicatos? Conseguem comprovar? É justo pela representação? Para os engenheiros da Compagás, também foi 2/30 ?
    Só pedimos esclarecimentos o que não significa que somos contra.
    Agradecemos uma resposta.
    Persona e amigos

    • danoutudo disse:

      Concordo com Personavenia, sempre estas cláusulas só aparecem no final. Nenhum membro do coletivo se manifestou aqui. Só aparecem pra votação, chegam despreparados, não tiram dúvidas e alguns ainda agem com arrogância. O descontentamento é geral, mas os sindicatos devem satisfação. São estes q nos representam?
      Esperamos no mínimo clareza e respeito.
      Se o interesse do coletivo for diferente do da categoria, já passou da hora mesmo de pegarem o boné.
      Aguardo a votação para tirar dúvidas e esclarecer alguns pontos. Afinal de que lado o coletivo esta?

    • mariatns disse:

      Pela postagem do nosso colega acima já deu para perceber o interesse do sindicato….o voto Sim. Eu também trabalharia pelo Sim se estivesse ganhando o dobro do que normalmente ganho, o dobro não, talvez mais, visto que muitos apresentavam a carta de renúncia. Aproveito a manifestação e pergunto, na sua opinião, como representante dos empregados na negociação, é uma proposta justa? sem nenhuma cláusula administrativa?

  17. ladainha1985 disse:

    Caro Leandro Grassman,

    Primeiramente, longe de mim querer ofender o seu trabalho sindical e muito menos querer fazer frente, montar chapa e desmerecer o seu Fundo Assistencial.

    Inclusive, concordo com você. É tarde demais para choramingar…

    Mas alegar que nós não vamos nas assembleias e menosprezar os comentários do blog, não irá mudar o que de fato realmente ocorre. Citar que não adotamos postura de GREVE (tudo maiúsculo), também não.

    Infelizmente, acho a mobilização do sindicato muito fraca. Acredito que as Assembleias são de suma importância, primordiais, que quem quer corre atrás, que quem não chora não mama….

    Mas será que o sindicato nos dá a devida atenção? Nos procura para que possamos ser mais ativos na nossa representação? Bem, em 7 anos de Copel, devo ter apertado a mão 3 vezes de um funcionario do sindicato, talvez ter ganho um flyer e só (sendo que nunca trabalhei longe de uma sede do sindicato, ok, tenho que ir nas assembleias, mea culpa).
    Mas nem ao mínimo alguns comunicados nas instalações da empresa, nenhuma uma palavra de acompanhe nosso site, enfim quase nada….

    Agora imagina quantos funcionários “novos” e novíssimos estão na mesma situação…a ver navios e acordos passarem….e alguns nem sabem o que está acontecendo…
    Porém, vejo alguns engajados, que fariam GREVE (tudo maiusculo) por melhores condições que não acessam o blog e por isso permanecem desconhecidos do sindicato.

    Vejo cada post aqui do blog, não como uma ofensa, pergunta utópica ou pentelhação. Vejo como um resultado do que a falta de informação e interação entre nós e o sindicato pode ocasionar.
    Um dia desses, tive que ler o comentário impertinente de que aqui é um muro das lamentações.

    Muro das Lamentações? Uma pergunta, uma duvida nossa, uma preocupação de um funcionario é apenas um chatice? Pois então, excluam tudo, nao vale a pena ter essa ferramenta de comunicação.

    Será que o sindicato também não pode ser mais adulto e responsável em tirar as nossas dúvidas do que simplesmente nos jogar a culpa? Não seria o papel do sindicato nos cativar a lutar por nossos direitos? Ou estou errado?

    • Aí sim ladainha1985!
      Interessante posicionamento.
      Vamos deixar algumas coisas mais claras. Quando me referi aos que nunca aparecem, não cotei nomes, mas poderia. Existem alguns que postam nesse blog desde que foi criado, e sempre com o mesmo discurso reclamatório e ofensivo. Qualquer que seja a postura dos sindicatos ou da empresa, sempre reclamam dos 2. Nunca aparecem em assembléias e sempre reclamam depois da solução pronta.
      Talvez por isso o termo “muro das lamentações” tenha aparecido. Pode reparar que essas “figuras carimbadas” não tem tido mais nenhuma resposta por parte dos sindicatos. E porque? Porque não resolve! Qualquer que seja a resposta, é sempre mais um motivo pra formularem reclamações.
      Enfim…
      Quanto à presença, tanto dos funcionários quanto dos dirigentes na empresa, concordo que há muito ainda a fazer. Não posso responder por todos os sindicatos, mas eu, sempre que posso, passo em alguma sede onde há engenheiros pra conversar e levantar demandas. Infelizmente não consigo estar mais presente e nem conheço a todos ainda.
      No seu próprio texto você já afirma que os funcionários não correm atrás. Infelizmente essa é uma realidade que extrapola a Copel. Estamos em uma época fundamentalmente individualista. E aí ninguém corre atrás de direitos coletivos, deixam o sindicato de lado.
      Temos vários meios de comunicação: blog, facebook, email, telefone. E perceba que muita gente não acessa nenhum deles e ainda reclama depois de desinformação.
      Existem erros? Claro! Todo processo de comunicação pode e deve ser melhorado. Os sindicatos vem fazendo sua parte, tentando melhorar a negociação e comunicação permanentemente. Só que não estamos sozinhos. Dependemos dos funcionários para nos informar, para decidir, para apoiar quaisquer movimentos. Mas não correr atrás de informação e depois reclamar que a informação não chegou é muito comodismo…
      Fica aí o convite. Se quiser trocar idéias, fique à vontade. Pode ligar no Senge e conversamos.

  18. Funcionario Copel disse:

    Caro Leandro Grassman,

    Enxerga-se em seu texto apelativo a fraqueza destes sindicatos que nos “representam”, fraqueza é claro, para representar os interesses dos funcionários, pois o do próprio sindicato parece-me que vem agindo com força e grande interesse, 2/30 de fundo assistencial? Sobre que pretexto? Sobre qual trabalho realizado? Desculpe-me, mas as propostas que vejo no acordo, não me parecem de esforços do sindicato durante o ano.

    Realmente concordo com 1 apontamento seu, o que deve-se montar oposição a estes sindicatos que ai estão.

    Aproveito e deixo aqui meu questionamento, quando teremos novas eleições, tanto para o SENGE quanto para o SINTEC? Pois jamais presenciei tamanha obscuridade nestas informações, processos fraudulentos e antidemocráticos, e digo mais, os SINDICATOS não vem filiando novas pessoas a muito tempo, desta forma, garantem suas reeleições com os votos dos mesmos filiados.

    • Funcionário….

      Porque esses 2/30 incomodam tanto?
      Se distribuir o 1/30 adicional por todos os funcionários da Copel, vai dar muito pouco (menos de R$150).
      Os trabalhos realizados pelos sindicatos são divulgados permanentemente. O Senge envia sempre comunicados por email e agora em forma de revista com os trabalhos que realiza. Trabalhos estes tanto para os funcionários da Copel quanto em outras áreas que favorecem os engenheiros de maneira geral. Você não recebe estas informações?
      Quanto a novas filiações, lamento discordar. O Senge está cada vez com mais filiados. A base de filiados aumenta e se renova constantemente.
      Não posso responder pelas eleições do Sintec, mas o Senge elegeu nova chapa que tomou posse em junho deste ano. O processo de eleição foi amplamente divulgado e tivemos votação pela internet e com urnas nas maiores empresas (Copel inclusa). Não temos dúvida de que houve divulgação, até porque temos 4 diretores novos, sendo 1 da Copel.
      Causa espanto que você não tenha tomado conhecimento deste processo.
      Volto a dizer: A comunicação é uma via de duas mãos. Não depende só do sindicato. Se quiser e entender que é válido, ligue pro Senge e peça pra atualizar seu cadastro. Assim receberá as informações que divulgamos. Ou, caso seu email esteja atualizado, cheque a caixa de spam. Pode ser que estejam lá os emails que enviamos.

  19. Franz Marx disse:

    e marina silva quer acabar com a clt!!

  20. Ouço muitos comentários sobre fazer greve,já encaramos uma greve,muitos colegas na hora da conversa falaram que iam encarar,mas na hora da realidade chegaram a falar que a mulher não deixou,por fim sobrou para nós que estávamos na linha de frente.não encaro mais não,temos muitos que falam,mas honrar serão poucos.

  21. personavenia disse:

    Gente, foco no assunto Coletico.
    Seria possivel deixar fora da pauta os 2/30 e votar depois?
    Queremos entender os motivos. Por que não aumentar, por exemplo estes 1/30 a mais em nossa PL, ou algo assim? Por que para o sindicato? Quais os critérios? Chute? É previsto em lei ou foi só colocado no acordo e se “colá colo”? Afinal é verba pública indo para o sindicato e poderia ir para quem realmente trabalha na empresa. Coisas assim passam em nossas cabeças. Aguardamos a transparência. Eu não concordo com este assunto sem conhecer dados e fatos? O ano passado não foi o suficiente?
    Bom aguardamos uma explicação.

  22. henryfiat disse:

    Porquê será que a insatisfação não vem acompanhada de razões no mínimo coerentes?
    – Se compararmos com ACT’s anteriores, será facilmente perceptível que no ano da GREVE, o resultado foi de apenas 1%, e neste ACT, sem Greve, já ganhamos mais de 1% .
    – O Fundo Assistencial Sindical, é Lei e, não vejo problema nenhum o Sindicato reivindicar.
    – Todos os nossos anseios vão evoluindo lentamente. Essa lentidão deve-se a nossa Cultura pouco efetiva. Enquanto as Assembleias dos ACT’s forem representadas por menos de 50% dos funcionários, não teremos o direito de reivindicar nada coletivamente, sem antes, sermos capazes de convencer no mínimo 90% dos nossos colegas de trabalho a frequentar e se interessar por reivindicações salariais nas assembleias e, participar ativamente do processo do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). Sem esse primeiro passo, será impossível caminhar com acertos. É como, conversar com um Poste. Ou 90% se expõe, exige, negocia, ou, sempre estaremos reivindicando as mesmas propostas. Não vivemos mais numa época de agressões, baixarias…etc. Não podemos desmanchar com a Boca o que ganhamos com as Mãos. Mesmo que seja pago ao Sindicato para nos representar, devemos nos comprometer e, comprometimento coletivo é no mínimo 90%, senão, a força é insignificante. Vivemos numa Democracia e, deveríamos ser mais atentos, mas somos Omissos, Desleixados, transferimos as responsabilidades dos nossos Deveres…muitas vezes somos preguiçosos…até o Requião, chamou o copeliano de Frouxo…Essa troca de ofensas neste Blog, representa o Frouxo, a Imaturidade….Vamos acordar, não adianta nada cobrar o Sindicato se, somos incompetentes…Vamos aprender negociar nossos direitos com maturidade.

    • Henry,

      Lá no passado já tive posições divergentes às suas.
      Mas agora devo parabenizá-lo pelo seu texto.
      Sintetiza bem o que penso. Sem união, nada somos. Sem apoio, o sindicato nada faz.
      E as conquistas vem aparecendo, pouco a pouco.

  23. Investigador Universo disse:

    Votem NÂO cambada de morto de fome, se votar sim nada melhora!

  24. Investigador Universo disse:

    Para dizer NÃO do desconto 2/30 é só mandar uma cartinha pro sindicato. Não chorem por migalhas! Votem NÃO que a proposta melhora!

    • kirk27 disse:

      Melhora coisa nenhuma! Esperar mais 2 meses pra ganhar 0,3% a mais

    • poisze56 disse:

      Perdão pelo não entender,mas os 2 de 30 dias quem paga é a Empresa ou a gente? São coisas distintas certo?
      Está uma história mal contada. Me parece que deixaram para colocar esta pauta já no dia da votação. Com qual intenção?
      Usar a votocão que independente do sim ou não o sindicato fica no final das contas com 2 dias o sindicato enche os bolsos as custas da ingenuidade. Penso também que o sindicato deve prestar contas desta mudança de 100% em seus ganhos de 1 para 2 dias. Quem não quer ganhar também, 100% no dissídio ?
      O Governador anda dizendo que botará as contas em dia, logo, há dinheiro. Vamos buscá-los.
      Sindicato, por educação ao menos, responda por favor, aos questionamentos, e não entendo como ofensa, mas sim de infignação.

  25. gerenteAg disse:

    Vejam que tem pessoas que se acomodam, rapaz se vc acha que esta ganhando pouco vá a luta estude, passe em um concurso melhor, ,o que adianta ficar murmurando,resmungando,só vai te dar gastrite e stress,qdo vc prestgou esse bendito concurso p atendente de 4 hrs não leu o EDITAL., ta achando que com 1 ano de empresa ia subir de cargo, então bem vindo a Copel, aqui vc entra eletricista,se aposenta eletricista, entra atendente se aposenta no comercial.(raras excessoes) crescem.

    • Conheço varios colegas que não desistiram das conquistas,estudaram,subiram na empresa,fizeram outros concursos e estão lutando,não ficaram reclamando d vida,as oportunidades existem,só ter força de vontade e coragem de lutar,só reclamar não resolve,

    • juu86 disse:

      Se o sr. for realmente um Gerente… tai os motivos pela tal estagnação de cargos na copel… Os cancêres em cada AG… tenho ctz que alguns ”Chegados seus”, subiram de cargo? Pq? baba ovos, 50% da força de trabalho de 4 hrs ja mudou de cargo… e na maioria das vezes por QI… o que é certo é certo… e não me venha com essa de bem vindo a copel… c for assim… melhor privatizar essa droga msm… ai quero ve a cambada de sangue suga trabalhar visando lucro!

  26. A COPEL da um CALA BOCA nos Sindicatos.
    A Copel vai pagar, independente da cartinha.Não vai descontar de mim, mas dinheiro da COPEL é dinheiro meu. E mais uma coisa, cadê o meu direito de não querer contribuir com o sindicado que nada faz para por mim?

    CLÁUSULA TRIGÉSIMA SEXTA – FUNDO ASSISTENCIAL SINDICAL:
    A Copel repassará aos sindicatos, em favor das categorias, conforme a respectiva representação e base territorial, o valor correspondente a dois trinta avos (2/30) do salário nominal (código 1000) do mês de setembro de 2014, a título de Fundo Assistencial Sindical.
    Esta importância tem como finalidade beneficiar a categoria profissional representada neste
    instrumento pelos serviços assistenciais sindicais.
    Parágrafo Único:
    As entidades sindicais se comprometem a não descontar de seus representados a taxa
    assistencial sindical.

    • poisze56 disse:

      Pois é Gente, é isso?
      O sindicato não vai descontar a assistência sindical. Quer dizer que não vai cobrar pelos serviços dos empregados. Na verdade, Está cobrando da empresa, ou seja, transferir, de forma de a empresa pague a conta de T O D O S. Antes precisava levar a cartinha pelo não desconto. Acho que quem ganhou foi o sindicato nesta e quem perde, nós pois a Empresa poderia melhorar o abono.
      Vejam, num cálculo grosseiro, um engenheiro iniciante, a empresa paga uns 400 reais por cabeça.
      Se alguém souber o tamanho da folha e dividir por 15, saberá o quanto os sindicatos terão em média por associado.
      Isto o sindicato tem que explicar melhor, o dinheiro públco indo para custos do sindicato. 2/30 é muito ou é pouco?
      A negociação tem que ser para os empregados e não para o sindicato. O sindicato que busque dinheiro de outras formas, através de serviços, diversos. Tem que também ser independente de somente dos sindicalizado, tem que ser uma empresa, ter produtos e não somente um clube com associados que negocia o dinheiro desta empresas publica, neste caso, daí sim teremos um sindicato forte e mais confiável.

  27. eu se divirtu disse:

    Olá bom dia a todos. Sou novo de copel e gostaria de saber o que vem a ser o abono de ferias da copel. Como funciona isso?

    • Quando você tira férias, a Copel paga por obrigação legal, 1/3 do seu salário como abono de férias.
      Também paga, por negociação coletiva, mais 1/3 do salário como abono de férias. Ou seja, você recebe 2/3 do salário a mais quando sai de férias.
      E, caso esse valor seja menor que R$2.200, a Copel garante o pagamento destes R$2.200.

  28. O valor do adicional noturno não seria sobre o valor da hora extra? Na minuta está sobre a hora normal. O adicional noturno não seria das 22:00 as 06:00? Na minuta está das 22:00 as 05:00.

  29. grandenm1 disse:

    leandro grassmann,

    acho que seus comentários são restritos ao SENGE e não ao coletivo de sindicatos.

    Você está se contradizendo: escreve que os sindicatos têm “vários meios de comunicação” e “muita gente não acessa nenhum deles e ainda reclama depois de desinformação”, mas também escreve que o blog virou “muro das lamentações”. Se os funcionários não acessam os vários meios de comunicação, como existe o muro das lamentações?

    “Os sindicatos vem fazendo sua parte,tentando melhorar a negociação e comunicação”? Não procede, porque a reclamação da falta de informação é grande por aqui. Se aqui é um dos meios de comunicação prioritários, porque não nos respondem por aqui? Qual o problema em escrever meia dúzia de linhas e acabar com a reclamação? O cliente está com a razão.

    Outra: nas votações, o pessoal dos sindicatos é muito mal informado e até mal intencionado, tanto que nem foi comentado sobre o 2/3 na maioria das assembleias, conforme relatado por vários comentários.

    “Os trabalhos realizados pelos sindicatos são divulgados permanentemente”? Qual nada, já escrevi que tem muita gente reclamando e, assim, a divulgação não está boa.

    Se o sindicato está prestando um serviço para mim e eu pago por ele, tenho o direito de reclamar de uma parte do serviço – a comunicação – que é obrigação e não favor.

    Eu gostaria de receber nem que fosse R$20,00 dos 2/3 que vão para o sindicato. Poderia ser meu e da minha família, mas vai sabe lá para qual finalidade.

    É claro que falta união aos empregados da Copel. Qual seriam as razões? Somos frouxos? Talvez. Somos mal orientados? Talvez. Os sindicatos não mobilizam ninguém e são vistos com desconfiança pela maioria dos empregados? Com certeza.

    • Grande,

      Difícil, hein?!
      Se quem é mais interessado não procura se informar, como chegar até ele?
      Se você tem a solução para melhorar isso, por favor, compartilhe. Certamente estamos abertos a melhorar o processo de comunicação.
      E quanto a pessoal mal informado ou mal intencionado, poderia ser mais específico? Cite nomes, locais. Da maneira como está, difícil melhorar sem saber onde estão as falhas. Eu tenho acompanhado várias assembléias e a participação dos funcionários tirando dúvidas é pequena. A maioria vai e já quer votar sem ouvir antes qualquer explicação. Não tenho percebido nenhuma má vontade no sentido de explicar a proposta ou qualquer cenário necessário.

      • poisze56 disse:

        E sobre os 2/30 caro Leandro, o que comenta?

        Poxa, emplen 2014 os sindicatos não sabem ainda fazer comunicação?
        Alguém pode ajudá=los como se comunicar? Sinal de fumaça?, twitter e seguidores não vale. Telégrafo?

      • danoutudo disse:

        Caro Sr Leandro Grassman,
        durante a votação aqui em minha cidade o membro do sindicato sequer tocou em assuntos relativos ao acordo, quando questionado por mim, só falava, ” é feito uma pesquisa e lavado a direção da empresa, bla bla…”
        questionei sobre eles não aparecerem aqui e ele disse que tinha vindo várias vezes…foi desmentido na cara dura…realmente…tens razão, da maneira como está fica difícil melhorar. A criatura chegou a questionar se eu era técnico ou eletricista…meu Deus que diferença faz se estamos em um “COLETIVO” falei. O cara é um despreparo só.
        Falaram para que eu procure um não sei quem em Curitiba…kkkkkkkk
        Já era…

      • danoutudo,

        Você já está usando um nickname, não é possível que a empresa o identifique por aqui.
        Porque o medo de citar a cidade e o nome do sindicalista que não soube se portar?
        Se ocorrem falhas, façamos todos a nossa parte. Diga quem foi e assim o sindicato poderá tomar alguma providência a respeito. E aí, se não tomar providência nenhuma, você poderá acusar este sindicato de omisso. Concorda que é difícil identificar problemas dessa forma anônima?

      • poisze56,

        Fácil posicionar-se de uma forma reacionária, reclamona e discordar de tudo….
        Se você se desse ao trabalho de ler realmente o que escrevi, veria que o problema todo não é divulgar. É fazer com que uma série de pessoas chegue a ler o que escrevemos.
        Muitos reclamam de não saber de nada e nem sequer abrem facebook, blog ou os emails que mandamos. Aí fica difícil, né? Se nem os mais interessados correm atrás de informação, o que o sindicato pode fazer a respeito?
        Estamos em plena época de informação farta, veloz. Acho inaceitável que ainda existam pessoas que chorem como bebês porque não foram pessoalmente falar pra ela a “novidade”. Passou da hora de mudar isso. A rádio peão é tão veloz pra divulgar boatos infundados sobre a empresa e sindicatos. Porque ela não funciona para divulgar itens de pauta, datas de assembléias, melhorias implementadas? Porque só serve pra difamar?
        Enfim… Esta é a última vez que respondo seus comentários mal educados. Se você se posicionar de forma educada, questionando ao invés de acusar, volto a te responder. E caso queira sair do cômodo anomimato, pode me ligar e conversamos como 2 adultos. Garanto que não vou divulgar a todos sua identidade.

  30. resiti disse:

    e nada das clausulas administrativas, tais como o horário flexível?? O que a Copel pensa sobre isto?

    • Resiti,

      A Copel não acata a maioria dos pedidos administrativos, incluindo aí a jornada flexível. Segundo a Copel, o horário já é suficientemente flexível, permitindo que os funcionários possam adaptar sua rotina em função de fatores externos (trânsito, estudos, etc…). Alega ainda que casos extraordinários podem contar com uma das 10 jornadas extraordinárias, desde que com o aval do gerente e justificadas. Cita que o horário núcleo é importante para que atendimetnos a clientes, fornecedores e demais empresas, assim como reuniões possam ser realizadas adequadamente.

  31. mariatns disse:

    Bons tempos em que o cala boca da Copel era para os empregados…. Esse acordo só favoreceu os sindicatos…tiveram 100% de aumento…obrigado pela consideração Copel! Realmente estamos que nem bobo nesse processo, tudo ja esta decidido e acordado….somente jogo de cena….

    • poisze56 disse:

      É muito mais de 100%, diria que uns 175% pois com o acordo, pois não considero proposta deste item (2/30) antes uns 75% levavam a cartinha não autorizando o descontoe quem ERA associado é dispensado do pagamento, logo o sindicato recebia alguma coisa pelo pouco trabalh no ano. O SIndicato usa o suor os empregados, mas desta vez foi de cara deslavada mesmo.
      Deram um jeito de pegar mais umquinhão de cada empregado, (uns 7000 empregados)
      E como usarão. há controles e leis é claro, mas digamos que se fosse divididos por poucos em, número de empregados do sindicato, apenas para comparação, sem ofensa, quanto ada um levaria?
      Pergunta: Posso levar a cartinha e não autorizar estes 2/30 do meu bolso ou pedir para devolver ao povo este valor?

    • Meu caro,

      Nada está acertado. Nada está decidido.
      A minuta está aí no post, com todas as cláusulas discutidas e negociadas com a empresa.
      Cabe aos funcionários votarem e decidirem.
      Se for do entendimento da maioria que não está bom, ok. Os sindicatos acatam a decisão e voltam pra mesa de negociação.
      Se for aprovado o ACT, informamos a empresa e ela implementa.
      Não podemos ter visão tão miope. Os sindicatos tem um custo elevado para manter o processo de negociação. E houveram avanços importantes conquistados nesse ano. Tudo isso deve ser levado em conta no processo de votação.
      Volto a afirmar, se na sua opinião, o que se apresenta como proposta não está bom, vote Não. A votação é secreta, não será monitorada. Faça valer seu direito e sua opinião.

      • mariatns disse:

        Leandro, e sua opinião sobre os 2/3 ? Não tira a legitimidade do sindicato? Não passa a impressão de um sindicato “bancado” pela empresa? Porque não demonstrar aos empregados a necessidade de dois dias de trabalho e convence-los a aceitar ao invés de buscar isso com a empresa?

      • poisze56 disse:

        Prezados,
        Coloquei minha opinião e pensamento há algumas horas, sem ofender, questiono se quanto mais o, sindicato “conseguir”, mais ele deve levar da empresa. E ainda se por exemplo o sindicato não souber administrar suas despesas e jogar a conta para os empregados ou para a empresa, isso estaria correto.
        Coloquei em um post antes e veio a mensagem de que será moderado.
        Bom, aguardo a publicação. Assim como este, pois é inconcebível interesses dos empregados serem censurados,
        Estarei copiando as telas das minhas publicações com as mensagens de moderação e as colocarei em outros sites para provar que há censura. Espero qe tenha sido alguma falha técnica.

  32. Só não entendi porque não colocaram na minuta as cláusulas administrativas?

  33. vamosaluta123 disse:

    Eu acho uma piada falar em greve….quem vai fazer…já está mais do que provado que os copelianos NÃO SÃO UNIDOS. É só lembrar a última tentativa de greve…no final os sindicatos nos enrolaram e nós aceitamos. É fato que a proposta é boa, mas a Copel tem condições de melhorar. Os sindicatos não são confiáveis e nós não fazemos a nossa parte, cobrar uma melhor atuação dos nossos sindicatos e ser mais participativos. Tenho inveja dos bancários, uma classe unida e os sindicatos estão do lado dos funcionários dos bancos…Que utopia esperar o mesmo dos copelianos e dos sindicatos….

    • Concordo plenamente. Acho que vc foi até muito educado. Copeliano é bunda mole.

      • danoutudo disse:

        Caro Leandro, parece que só você representa o coletivo aqui.
        Não é a toa que todos estão descontentes, nem aqui recebemos atenção. Pense se tiver que esperar alguém na sua base.
        E sim Leandro, uso Nickname. Opção minha, conheço a empresa e e o sindicato, sei bem com quem lido. Só mostro o meu descontentamento e como é falho o pessoal que nos representa.

  34. dluks82 disse:

    Olá à todos, amigos, inimigos, colegas de trabalho (técnicos, engenheiros, atendentes, eletricistas), sindicalistas, gerentes e outros que por aqui se façam presentes.

    É sabido e certo que há um descontentamento generalizado por parte dos empregados quanto à valorização de nível profissional dispensada pela empresa aos empregados. Temos visto nos últimos anos o problema que a ausência de um PCS e/ou de uma política de recompensa está criando entre os colaboradores, uns se sentindo mais prejudicados que os outros, outros se colocando em posições de certa forma ignorante, se fazendo superior aos demais. Tudo isso porque não existe uma base para se almejar uma escalada profissional, não existe uma baliza, um norte. Assim sendo cada um busca o individualismo rumo ao crescimento, seja estudando para prestar novo concurso dentro ou fora, seja puxando o saco de alguém influente mas nem sempre trabalhando. É como por exemplo esse programa o “Pura Energia”, a empresa não tem uma política de recompensa mas fala em punir empregados, aí tem “política de consequências” pra todo lado.
    Isso desmotiva qualquer um, temos visto insatisfação até mesmo entre os gerentes.
    Os bancos estão em greve, tem sindicatos fortes que não se vendem, ou melhor não entregam as cabeças dos seus representados como fez por exemplo o SINDENEL na paralisação (leia-se paralisação NÃO é GREVE) passada, onde levou-nos na frnte do edifício sede e nos fez manifestar publicamente nosso voto que até então era secreto. Quer saber, não que eu ligue e se precisar eu vou de novo mas foi desrespeitoso com a base e isso é um dos motivo que vejo tudo isso como picaretagem. Falei!

    E que venham novmente as ameaças do sindicato… Abs

    • poisze56 disse:

      Pois é gente.
      Lembrei que certa ocasião, um colega, pediu a palavra numa assembléia e falou que estava há 19 anos como pleno e viiu muito puxa, puxar seu tapete, e desafiava alguém a duvidar de sua competência.
      PCS falho? Não!!! Administração da época falha.
      Nenhum pcs será eficaz se a administração puder modificar ou alterar notas e ou preferências. tem que automatizar.
      Mas as piadinhas começaram;
      Uma
      Parabéns ao sindicato, pois negociou bem e ganhou pra eles. O dos empregados foi brinde.
      Outra:
      A empresa está investindo no futuro, criou uma nova subsidiária, investimento na Empresa Subsicato, cujo produto é diminuir o ganho dos empregados.
      E mais.
      O SIndicato alega custos altíssimos neste dissídio. Deve estar na moda da contabilidade criativa
      E ainda, é a última prometo, quem quiser que fale a que ouviu:
      – Todos vão se desfiliar dos sindicatos, pois a Copel compromete-se a pagar o ano que vem 3/30, assim ela será a sócia majoritária do sindicato.

  35. grandenm1 disse:

    2294, sim; 1805, não.
    Sindicatos venceram.

  36. vamosaluta123 disse:

    http://www.sindenel.com.br/
    30/09/2014 – COMUNICADO SINDENEL

    COPEL – ACT 2014/15

    Resultado da votação

    Ocorreu agora a pouco, no KM3 em Curitiba, a contagem dos votos sobre o Acordo Coletivo de Trabalho 2014/15, com o seguinte resultado:

    SIM: 2.294

    Não: 1.805

    Brancos: 6

    Nulos: 3

    Abstenção: 65

    TOTAL: 4.173

    Com o resultado, a proposta foi aprovada.
    Os sindicatos formalizarão o resultado para a empresa ainda hoje.

  37. Que coisa mais feia é essa picuinha entre funcionários com jornada integral, e funcionários com jornada de 4 hrs. Quero dizer aos dois lados:

    Ao ser humano é inerente o desejo de conquistar posições melhores, sendo assim, grande parte dos que foram admitidos em regime de 4 hrs tem desejo de majoração de sua jornada de trabalho para 8 hrs. Grande parte, leia-se grande parte, e não todos. Eu encaro o regime de 4 hrs como uma vantagem. Isso mesmo, vantagem. Assim, tenho tempo para estudar bastante. Não tenho interesse de que a empresa adote uma política que me obrigue a trabalhar 8 hrs por dia. E isto eu também recomendo a vocês, meus caros, que procurem independência da Copel para suprir sua vida futura. Imagine, você deposita todas suas fichas em uma empresa estatal e após certo tempo ela é vendida e você vai pro olho da rua?

    Por outro lado, alguns de vocês, 8 hrs fazem uma discriminação besta demais. Eu não exijo para mim um vale-alimentação integral, por exemplo, primeiramente porque sabemos que nunca será! kkkkkkkkkk! Por segundo, sei que trabalho 1/2 do que trabalham meus colegas, portanto 1/2 do vale é devido. PORÉM, são poucos os que ainda restam no regime de 4 hrs. Se fosse dado vale integral, quem pagaria a conta (e olha que coisa ínfima isto representaria no rol de despesas desta empresa)? Vocês? Não. Então, por que demonstrar abertamente que é contra, e fazer uma provocaçãozinha, e não sei o que lá? “Uh, nossa, eu fiz concurso pra 8 hrs numa cidade grande! Olha como sou foda! Vocês que fizeram pra 4 hrs em uma cidade pequena, vocês têm de se foder”. Então quer dizer que vocês acham justas as enésimas reivindicações que fazem, mas não acham que as outras pessoas, inferiores, ao seu ver, também têm direito a reivindicar? Vocês têm direito a pedir centenas de coisas (e têm mesmo!), mas os outros, se quiserem condições melhores para si, que vão procurar outro emprego? Essa lógica é hipócrita. Sacanagem é a galinha comer o galo. Isso aí é que vocês fazem é muito pior. Mesquinhos.

    É o meu modo de ver as coisas. Acho uma grande bobagem colegas ficarem brigando entre si.

    • poisze56 disse:

      Olha, tenho uma colega, que adoraria trabalhar 4 horas e ganhar menos, mas não pode.
      Ela gostaria de ficar mais com os filhos, mesmo que o salário reduzisse, e uma outra, disse que iria dar aulas a tarde, de algo meio ranscendental, yoga, musicoterapia ou coisa assim.
      Portanto é de cada um, quem quer passar para 8, que lute ou na empresa ou em outro local.

    • Esse troço de funcionários de 4 horas brigar com os de 8 é tão ridículo que parece até combinado.

  38. O Coletivo demorou muito para aprovar o ACT 2014, foram mais dez dias. Uma votação desta poderia ser executado no máximo em uma semana, e não deixar para o último dia antes da eleição o recebimendo do valor do abono.

    O Coletivo esta sendo bonificado com 2/30 da folha de Setembro, é lamentável que isso não tenha sido divulgado.

    Qual o valor que cada sindicado vai receber ?
    Por que não tivemos um aumento real ?

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s