Cohapar sonega reajustes salariais e atrasa salários de empregados

Nossos colegas empregados da Cohapar (tal qual a Copel, uma empresa de economia mista cujo principal acionista é o governo do Estado) vivem momentos difíceis nos últimos anos.

Agindo de forma truculenta e abusando do assédio moral e de práticas antissindicais, a direção da empresa, nomeada pelo governador Carlos Alberto Richa (PSDB), simplesmente descumpriu as duas últimas convenções coletivas de trabalho que assinou.

Assim, ambos os casos estão nas mãos da Justiça do Trabalho.

Leia, a seguir, relato publicado no blog do advogado Tarso Cabral Piolin sobre a situação dos colegas da Cohapar. Para ler o texto na íntegra, clique aqui.

“Em 2013, os trabalhadores assinaram um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) que garantia uma reposição salarial de 8,5% a partir do mês de junho. Essa reposição já era insuficiente para garantir o pagamento de perdas anteriores, especialmente em 2011 e 2012 e, mesmo assim, o governo não pagou.

“Por conta do calote, os trabalhadores da Companhia se mobilizaram e realizaram assembleias com ampla participação. Diante a ameaça de uma inédita greve e com uma ação judicial exigindo o cumprimento do ACT, a Cohapar pagou o que devia no fim do mês de outubro e agora no dia 20 de novembro, em folhas de pagamento extras.

“Durante o processo de mobilização, os trabalhadores foram bastante ameaçados pela direção da Cohapar, que não teve vergonha de ameaçar e pressionar os funcionários, para que estes aceitassem o calote. Mas a retaliação não foi só com estas ameaças: no dia 25 de novembro, data em que deveria chegar o salário referente a este mês (a data está prevista no ACT), a Companhia enviou e-mail avisando que, por conta das folhas de pagamento extras, os salários só seriam pagos no último dia do mês.”

Esse post foi publicado em Notícias do Coletivo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Cohapar sonega reajustes salariais e atrasa salários de empregados

  1. E AGORA….QUANDO SAIRÁ O PAGAMENTO…ESTÃO COLOCANDO A CULPA NA SEFA E PLANEJAMENTO….PERGUNTE SE O MOUNIR JÁ RECEBEU OU CANCELOU SUAS VIAGENS…É O ÚNICO PRESIDENTE NA HISTÓRIA DA COHAPAR QUE FAZ PARTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E RECEBE TAMBÉM SALÁRIO A PARTE….PODE PESQUISAR SE JÁ TEVE ALGUM PRESIDENTE DA COHAPAR QUE RECEBEU SALÁRIO COMO PRESIDENTE E CONSELHEIRO….COMO NÃO TEM DINHEIRO…..??? SOS Cohapar disse: Senhor Auditor Aposentado, Assessores e Funcionários leiam este meu desabafo e façam chegar até o governador: A COHAPAR PEDE SOCORRO! Senhor Governador Beto Richa, vimos através desta fazer um pedido de socorro para a Companhia de Habitação do Paraná. A COHAPAR que sempre foi dos paranaenses, está sendo entregue nas mãos de empreiteiras, depois de 48 anos de uma história gloriosa, de honrosos serviços oferecidos à sociedade, cumprindo muito bem com seu nobre papel. O MOUNIR CHAOWICHE, presidente da COHAPAR está usando os recursos do Estado do Paraná para “comprar” o direito de estampar seu nome nos projetos habitacionais de empreiteiras ávidas pelos fundos públicos. O MOUNIR estabelece metas impossíveis de realizar, e para fazer de conta que as alcançará, usa de todos os subterfúgios para incluir seu timbre nos projetos das empreiteiras. Para tanto, oferece-lhes serviços gratuitos. Como se não bastasse, ainda disponibiliza subsídio do estado para os financiamentos. O resultado disto, bem se sabe! Provoca um gigantesco rombo na empresa. Por isto e outras mais (relatadas a seguir), o MOUNIR vai deixar a COHAPAR em pior situação que ele deixou a COHAB Curitiba. A COHAB Curitiba está quebrada. E a responsabilidade está na administração predadora do MOUNIR. Ele administra como rato roendo a fundação de um prédio. Ninguém nota, pois não está aparente. Os buracos deixados são cobertos por luxuosos tapetes. Quem entra depois acaba caindo num buraco enorme. Além dos negócios suspeitos com empreiteiras, o MOUNIR e o LUCIANO Valério Belo Machado estão doando a COHAPAR ao prestar serviços gratuitos e gerando o inchaço da companhia para este irresponsável intuito. O MOUNIR e o LUCIANO ainda estão usando a COHAPAR como cabide para funcionários e ex-funcionários da Caixa, e mais, para parentes de funcionários da Caixa. Sugerimos que vossa excelência solicite a folha de Assessores Estratégicos nomeados pelo MOUNIR. A Caixa Econômica Federal é uma empresa respeitada e uma grande e boa parceira para a COHAPAR, mas o MOUNIR e o LUCIANO estão denegrindo a imagem daquela instituição de grande valor, da qual são funcionários de carreira. E aproveitamos para alertar que não se trata de iniciativa ou participação daquela respeitada instituição. Para atender a voracidade em acomodar apadrinhados, o MOUNIR criou o cargo de Assessor Estratégico. A COHAPAR muito bem sobrevivia sem este cargo. Porém, agora inchou a COHAPAR com eles. Peça a relação para que se confira. Uma vergonha tão grande que o senhor MOUNIR não deixa que se publiquem os atos de nomeação. Não é somente o pessoal da Caixa. Também se relacionam da listagem de assessores, muitos apadrinhados políticos. Caso não se bastasse, foram criadas, com deveras criatividades, inúmeras superintendências. Sim, começou com a gestão do senhor Luiz Cláudio ROMANELLI e tem crescido até a atual gestão do MOUNIR! Superintendências cuja função real não se conhece. E ainda, abaixo de cada superintendência alista-se uma considerável relação de Assessores Estratégicos que, na sua maioria, não produzem nada de bom para o interesse público, apenas para os interesses escusos de grupos políticos. Todavia, para que se faça justiça, cabe alertarmos que há sim assessores estratégicos que fazem um trabalho de grande qualidade. Porém, são poucos. Sobre os gastos exagerados, há boatos e muitos comentários de que, somente neste ano, a folha de pagamento da empresa cresceu quase 50%. Porém, não fora para conceder os reajustes salariais previstos na lei (os acordos coletivos de trabalho dos últimos dois anos estão na justiça). O aumento na folha de pagamento fora para nomeação de mais agregados. Sim, mais cargos para os apadrinhados políticos de ex-prefeitos e seus grupos. Outra farsa do MOUNIR, um megalomaníaco. Acredita ser um douto visionário, pois sim! É deveras um ilusionista. O MOUNIR não produz resultados reais, ele estabelece metas impossíveis de se alcançar, já que para sua viabilidade, geraria inviáveis custos para sua execução. Seus sonhos tornam-se ações impossíveis. O MOUNIR usa de métodos duvidosos para fechar suas estatísticas. Forçando os funcionários a colocarem números que só ele (bem, quem sabe o Luciano também) imagina serem reais. Senhor governador, em seus discursos ouvimos com esperança que o senhor abominava a austeridade, a truculência e o nepotismo praticado pelo Requião. A esperança era que não se veria mais isto na COHAPAR e em nenhum outro órgão estadual. Cremos que com toda a boa intensão vossa excelência tenha nomeado o atual presidente da COHAPAR, o Mounir, para representa-lo e agir opostamente aos desmandos e irresponsabilidades ocorridos em épocas passadas. Pois bem, não é isto que vem ocorrendo. O MOUNIR é a melhor personificação da austeridade, intransigência, truculência e desrespeito aos servidores e aos técnicos. O MOUNIR administra pelo medo e coação, tendo seus atos espelhados em seu fiel pupilo e escudeiro o diretor LUCIANO MACHADO. Mas o que mais assusta não é provocado por sua conduta, já que ROMANELLI, Rafael GRECA, Rosângela Kurra, não ficavam tão para traz. Os funcionários tem medo de mostrar a realidade para o MOUNIR e para o Luciano. Pois, quando mostram são desmoralizados e mesmo punidos. Conta-se que a dupla já chegou a despedir colaboradores porque não se curvaram as suas ideias destruidoras. Superintendentes, gestores, diretores, quando não apresentam o que o MOUNIR quer ouvir, são humilhados publicamente, taxados como traidores. São ameaçados! Postura igual é aplicada pelo Luciano Machado. Talvez o ápice de tal ignorância fora a demissão sumária de um superintendente jurídico. Sem mais porque, numa reunião com gestores e funcionários, o MOUNIR não gostou do que ouviu e mandou o superintendente levantar e ir embora. Estava demitido. E o motivo? O superintendente apenas tentava resguardar a COHAPAR e o próprio MOUNIR de ideias perigosas. Emitir opinião técnica diferente da vontade do MOUNIR e do Luciano Machado é ultraje. É motivo de advertência ou mesmo demissão. Portanto, acuam e amedrontam os funcionários, que se tornaram reféns dessa administração funesta. A austeridade é tamanha, que o Luciano Machado coage e manipula o atual presidente da AFC – Associação dos Funcionários da COHAPAR para fazer o que ele e o MOUNIR querem. Como exemplo: convocaram uma assembleia dos funcionários da COHAPAR usando a associação e uma comissão nomeada pela diretoria da COHAPAR para representar os funcionários (os funcionários não elegeram seus representantes). Todavia, quem conduzira a reunião fora o MOUNIR e o Luciano Machado. Pasmem. E os tais, forçaram pessoalmente uma votação onde os diretores, superintendentes e assessores ficaram anotando quem votava contra a proposta do MOUNIR, fotografaram e filmaram. Pior, colocaram assessores, não funcionários, para votar. Se não bastasse, com medo de mesmo assim serem derrotados botaram um dos seus para fazer a contagem da votação. O que se diz, é que houve fraude na contagem. Acredita-se que o senhor, governador, não tenha conhecimento de tais acontecimentos, muito menos que vossa excelência esteja aprovando estas mazelas. Caso não se faça nada, agora, a COHAPAR quebrará, apesar de toda a competência, comprometimento e garra de seus funcionários. Justiça seja feita. A equipe da COHAPAR é muito talentosa e extremamente comprometida com a população carente. Os funcionários da COHAPAR sempre se dignaram a prestar serviço para o povo paranaense, mas estão sendo coagidos a agir em favor de interesses escusos. Ao observar-se a história da COHAPAR constata-se a conquista de prêmios, devido às soluções habitacionais matutadas entre seus técnicos. Observa-se uma equipe social aguerrida, sim, uma equipe muito competente. A COHAPAR é uma referência na administração de construções sem desperdício e com altíssima qualidade, conduzida por seus capacitados engenheiros. A COHAPAR conta com arquitetos desenvolvedores de projetos premiados internacionalmente. Advogados e administradores que defendem os interesses da administração pública como poucos. Viram-se vários comunicados, mês a mês, enaltecendo recordes de arrecadação das prestações de sua carteira própria. Uma carteira que está se definhando e com isto a capacidade de se ter um pouco de autossuficiência financeira. A COHAPAR tem uma carteira de mutuários onde a prestação, numa média, fica por volta dos R$ 70,00. Isto é competência de seus técnicos. Uma equipe de funcionários competentes, comprometidos, que conseguem encontrar soluções para oferecer habitação de qualidade a preço que consiga atender aos carentes de verdade. Ressalte-se o desenvolvimento, por técnicos da COHAPAR, do Plano Estadual para Habitação de Interesse Social – PEHIS, de excelente qualidade. A COHAPAR é um patrimônio para o Estado do Paraná e não se pode aceitar que administradores vis intentem por destruir este baluarte. Com saudades lembra-se da mobilização popular forte que evitou a venda da COPEL, outra valiosa empresa paranaense. Que se veja desta feita uma honrosa luta para que se resgate a COHAPAR. Que se levante a campanha “SOS COHAPAR”. Senhor governador, na COHAPAR se encontra competência e capacidade para fazer muito melhor que se faz, beneficiando realmente a baixa renda, sem a extravagância e o show de horror montado pelo MOUNIR. A equipe da COHAPAR é comprometida, dedicada. Observa-se outra questão desrespeitosa. A jornada de oito horas diárias é ultrapassada regularmente e não se permite compensação. Os bancos de horas se apresentam com limites ultrapassados. Os funcionários não conseguem compensar as horas que trabalharam durante os finais de semana, os feriados e no período noturno. Não há horas extras pagas para funcionários; mas para os assessores apadrinhados, será que há? Observe-se que em outas épocas os funcionários da COHAPAR não se mixavam por trabalhar além de sua jornada, pouco se preocupando com compensações ou horas extras. Não se via oposição a tal feito quando trabalha-se para o povo paranaense. Mas é justo oferecer tamanho sacrifício para que se atenda interesses de palanque político e para empreiteiras? Pois bem! Que não se admita, mesmo! Senhor governador, por obséquio, salve a COHAPAR da administração do medo, da retaliação, da mordaça, do desrespeito, da destruição, da entrega da COHAPAR as empreiteiras. Salve a COHAPAR dessa sequência de diretorias mal intencionadas. Por favor, senhor governador, salve a COHAPAR, que nos seus 48 anos tem feito tanto bem para a sociedade e para a população mais carente. Acabe com este ciclo de péssimos diretores, ROMANELLI, GRECA, MOUNIR, que só provocaram atos maldosos contra a COHAPAR, a qual ainda sobrevive devido ao brio, a garra, a dedicação e o amor que seus funcionários têm a COHAPAR e principalmente pelo nobre propósito de realizar sonhos impossíveis da habitação para famílias verdadeiramente carentes. Não se permita a injustiça dos funcionários serem responsabilizados pela incompetência de seus maus administradores, pois já há boas e suficientes provas de que, quando deixam, os funcionários realizam um excelso trabalho. Sim, um trabalho digno e honesto, com resultados benéficos para toda a sociedade. Para que não se diga que o intento destas realidades descritas seja campanha política contra o governo do estado, relatemos portanto que nos últimos anos, desde a era Requião, a COHAPAR vem sofrendo com diretorias cuja visão única foi, e é, a da promoção pessoal, ou seja, a realização de palanque político para si próprios, entregando a COHAPAR nas mãos de maus dirigentes que denegriram sobremaneira a imagem da COHAPAR. Sim, colocando a empresa dos paranaenses em situação financeira muito delicada. Desde aquela época a COHAPAR tem sido abusada! Irresponsavelmente ela tem sido usada como cabide para acomodação de assessores que nada conhecem da área de habitação. São em sua maioria despreparados tecnicamente. Os senhores Luiz Cláudio ROMANELLI e Rafael Valdomiro GRECA de Macedo praticaram muitas mazelas na COHAPAR. Eles conseguiram manchar o bom nome arduamente construído por décadas daquela estimada empresa. Sim, infelizmente para a COHAPAR e primordialmente para os paranaenses, esses dirigentes fizeram uma administração pífia. ROMANELLI e GRECA deixaram a COHAPAR sem fundos para os efetivos e devidos pagamentos aos fornecedores, assim como para conclusão das obras contratadas. E ainda, de maneira vil, colocaram a culpa nos funcionários. Primeiramente acusaram os funcionários de incompetência. Mas é algo que não combina com a realidade se avaliar os sucessos e conquistas na história da COHAPAR. Elas foram obtidas com os mesmos profissionais. Todavia, sob a direção de bons gestores. Então, recaímos na pergunta óbvia: aonde está a incompetência? Nos funcionários ou nos administradores desqualificados ou mesmo mau intencionados? Porém, há de se fazer justiça. Há incompetência nos funcionários. Entretanto, ela se mostra em permanecerem calados diante de tantas mazelas de seus gestores. Nisso os funcionários erraram, mas felizmente se vê um início de mobilização que traz um pouco de esperança para nós. Mas o calar vinha do medo das retaliações por abrirem o bico. ROMANELLI e GRECA acusaram os funcionários de receberem salários elevados. Entretanto, usaram como exemplo uma meia dúzia de funcionários, já em final de carreira, que tinham os salários mais elevados. Não mostraram a realidade do restante dos funcionários. Sim, não mostraram os quase 99% que não alcançam aumento ou promoção há mais de 10 anos. Esses políticos, de forma desrespeitosa com os funcionários da COHAPAR não davam ouvidos aos pareceres técnicos e aos alertas de riscos. Eles forçavam, por meio de seus superintendentes jurídicos, pareceres jurídicos favoráveis a suas ideais irresponsáveis e mesmo ilegais. Pareceres que não condiziam com a realidade. Mesmo com a revolta e discordância dos advogados da casa, os pareceres saíam. Mascarar resultados não é exclusividade do MOUNIR. O Romanelli também deixou sua marca, pois vendeu parte da carteira boa da COHAPAR e contou isto como novas habitações, porque aquela companhia ainda continua administrando. E obviamente, como um político clássico, contou essa artimanha como novas habitações. Fatores pertinentes ao Greca se igualam também. Outros ilusionistas. Para finalizar, que se deixe claro que o intuito desta missiva é que ela sirva para promover a conscientização de vossa excelência que há necessidade de se dar um basta e promover a redenção da COHAPAR. Não permita senhor governador, que mais retaliações sejam impetradas a seu corpo funcional. Por obséquio, socorra a COHAPAR, pois será a população carente a colher as melhores benefícios. É a população mais carente que necessita dessa empresa para que se concretizem seus sonhos da habitação realmente popular, mas com o selo da qualidade da COHAPAR, que anseia por voltar a ter dirigentes do bem, como crê-se que é este governo. Observe-se e atenda-se os 12 motivos para a greve dos funcionários, pois são justas e verdadeiras. Que se levante a bandeira “SOS COHAPAR”, com urgência. Segundo Ivo Petry Sobrinho, presidente do Sindaspp, cerca de 500 trabalhadores da Companhia Paranaense de Habitação (Cohapar) estão levando calote de 8,5% do governador Beto Richa; outras categorias do funcionalismo público, como professores, também levaram calote do tucano. Segundo Ivo Petry Sobrinho, presidente do Sindaspp, cerca de 500 trabalhadores da Companhia Paranaense de Habitação (Cohapar) estão levando calote de 8,5% do governador Beto Richa; outras categorias do funcionalismo público, como professores, também levaram calote do tucano. Trabalhadores da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná) realizam nesta segunda (28), a partir das 18 horas, uma assembléia em frente à empresa em Curitiba. Na pauta, a discussão e deflagração de greve. A empresa não aceita pagar o reajuste de 8,5% aos 500 funcionários, segundo o Sindaspp (clique aqui) — que organiza o debate de hoje. É mais um calote do governo Beto Richa (PSDB), que já deu tombo nos professores da rede pública estadual e das universidades estaduais. Segundo o Sindicato dos Engenheiros (Senge), os trabalhadores da Cohapar acumulam perdas superiores a 60% nos últimos anos. Outras categorias do funcionalismo público paranaense também reclamam de calote, como os agentes penitenciários. marcelo santana disse: outubro 28, 2013 às 11:33 Era para ter uma votação fechada mais a diretoria da cohapar fez pressão para ser uma votação aberta para intimidar os funcionários. Responder Chiquinho Chamberlain disse: outubro 28, 2013 às 12:06 Quando os deputados votam para eleger o conselheiro do TC, se cobra (justamente diga-se de passagem) voto aberto. Se é dos funcionários fica feio? Quem tem cargo comissionado ou padmrinho político fica com medinho? O que é isso companheiro!!!!!!! Responder Chiquinho Chamberlain disse: outubro 28, 2013 às 12:03 Faz o seguinte, para tirar o tom político do assunto: entra na justiça! Daí vocês vão ver o governador correr. Responder Cleucimar Taylor disse: outubro 28, 2013 às 12:08 Quem teme voto aberto não merece meu respeito. Briga pelo seu direito de cara limpa. Funcionário concursado não precisa temer. Responder Euclides disse: outubro 28, 2013 às 12:48 o problema não é ter votação aberta, e sim votação aberta com a presença do presidente(Mounir) e dos seus diretores, além do mas com uma câmera apontada para o grupo que estava votando contra a empresa. Por mais que sejam funcionários concursados, se coloque no lugar deles, sofrendo ameaças de demissão, assédio moral, uma verdadeira DITADURA!!! Responder Chiquinho Chamberlain disse: outubro 29, 2013 às 07:38 Esse é o ônus, para todos que resolvem tomar posição. Para os abusos, há a justiça. Responder pdavidactba disse: outubro 28, 2013 às 12:52 … é duro qdo o corpo funcional não tem perfil definido, basta alterar os governos e lá se vão os mesmos mudar de lado e se manter no poder, façam assim se a empresa não tem $$$ por que o sal do Dir subiu nestes 3 anos algo em torno de 20% acho que a presidencia já está na faixa do 30k, os outros diretores de 25 à 27k, quantos cargos novos foram criados e com que salários, porque foram recriadas as superintendências (18k sal) porque foram criados os demais cargos “especiais” junto ao conselho (sal de 7 a 14k) é isso ou as info estão erradas…… Munir, Luciano (deveria ser promovido para o interior do amazonas) , que dupla afff Responder pdavidactba disse: outubro 28, 2013 às 12:53 … funcionários, honrem suas posições e mostrem a cara (duvido disso) e suas posições, saiam de cima do muro e larguem as tetas. Responder Paulo disse: outubro 28, 2013 às 13:42 É uma falta de respeito enorme que a atual diretoria da COHAPAR ver demonstrando pelos seus funcionários, principalmente a diretoria financeira, na pessoa do sr: LUCIANO VALÉRIO BELLO MACHADO, uma vez que vem há tempo fazendo pressão política e psicológica em funcionários e em TERCEIRIZADOS, onde diminuiu o salário dos terceirizados em até R$ 400,00 (quatrocentos reais), e em parceria com a nova empresa dos terceirizados a INTERSEPT, vem demitindo os funcionários mais velhos de casa, para assim esconder a verdade obscura que tem nessa empresa, na época da campanha eleitoral em que o LUCIANO DUCCI era candidato a prefeito de Curitiba, muitos desses terceirizados foram convocados para panfletar e bandeirar, e assim o medo a pressão psicológica e política vem sendo a arma deles. Responder Alexandre disse: outubro 28, 2013 às 14:00 MUNIR E LUCIANO sao funcionários concursados da caixa. o Beto nao acordou ainda. eles mais querem que o barco afunde, todos funcionarios sabem do terrorismo desses dois internamente. estao a serviço da Dilma, promovendo os programas de governo. Responder Silvania disse: outubro 28, 2013 às 14:42 Chamem o “FURA CATRACA” ROBANELLI que ja resolve, mas, que traga junto o “MANCHA” Responder ANGÉLICA disse: outubro 28, 2013 às 15:08 Muito triste esta situação; mas tenho convicção de que o Sr. Mounir e toda equipe da Cohapar saberão chegar a um acordo em comum…. Responder João disse: outubro 28, 2013 às 15:18 e viva a ingratidão de todos que estão metendo a lenha no Mounir, e não reconhecem o que esse governo fez e está fazendo pelos seus funcionários, pelo povo do Paraná…. o que querem mesmo é continuar naquela antiga onda de bater cartão e sair passear na XV, ganhando muito e trabalhando pouco né! Responder Funcionário disse: outubro 29, 2013 às 09:03 Hã? Se vc não sabe João, os funcionários foram esquecidos pelo Governo e pela Diretoria, só quem tem ALTOS salários são os comparsas, que não são poucos, tem uns que ganham só para fazer palestras uma vez no semestre. Os funcionários mesmo, estes estão ganhando o mesmo a décadas e tem somente no reajuste anual a diferença (8,5%) pelo qual lutar, consulte o concurso 2001 e 2011 e compare, são os mesmos salários até hoje…somente com as pequenas variações conseguidas pelo ACT…R$ 1600,00 é um salário alto mesmo? Responder pdavidactba disse: outubro 29, 2013 às 16:25 João … o que que voce bebeu, tá louco, está falando mesmo do Paraná?? comissionado é foda vem de fora mamar e ainda por cima falar besteira, acorda e vá para casa pois este teu barco já era. Responder Luiza disse: outubro 28, 2013 às 17:22 Concordo com o João! Infelizmente o brasileiro reclama do governo, mas o povo é o primeiro que acha que funcionalismo público é sinônimo de estabilidade e pouco trabalho. Depois que o Mounir entrou na presidência da Cohapar, juntamente com sua equipe de Diretores quase 100 mil famílias foram beneficiadas, Criticar é fácil, difícil é estar na pele de quem tem tamanha responsabilidade e quer ser o mais justo possível. Responder Carlos disse: outubro 28, 2013 às 17:40 Difícil é ter o ganho salarial perdido a cada ano e ainda escutar alienado dizer que trabalhamos pouco. Responder Vitória disse: outubro 28, 2013 às 18:46 Ninguém está pedindo cargos comissionados, nem salários estratosféricos como os dos diretores da cohapar… os funcionários da empresa estão lutando apenas pelo que lhes foi concedido DE DIREITO! Falar que os funcionários apenas criticam é muito fácil. Mas os municípios veem o esforço incansável dos FUNCIONÁRIOS, pois são eles que vão a campo, para honrarem todos os prazos e compromissos firmados. Queria ver se fosse na folha de vocês essa perda salarial e os vários meses de atraso. Queria ver se o terrorismo fosse na cabeça de vocês, pobres alienados. Responder CAARLOS disse: outubro 28, 2013 às 18:16 Luiza, voce é que nao vive o dia a dia com esses administradores truculentos. deixaram a CEF para um emprego no estado, com salarios milionarios. nao sao 100 mil familias nao. e o programa é do governo federal. o governo federal beneficiará as familias com a cohapar ou sem ela. preocure informar-se melhor, antes que manifestar o trabalho desses canalhas. Responder Euclides disse: outubro 28, 2013 às 20:11 Primeiro vc diz que a Cohapar atendeu quase 100 mil famílias, depois diz que o funcionalismo público trabalha pouco????? Como vc acha que chegamos a esse número de 100 mil, de braços cruzados, passeando pela XV que nem disse um ai??? Os funcionários da Cohapar são um exemplo de competência e comprometimento, e em troca recebe perdas salarias, VR/VA defasados em 3 anos, ameaças de demissão, assédio moral, um verdadeiro terrorismo. Responder pdavidactba disse: outubro 29, 2013 às 16:29 Luiza,…. agenciar programas federais é fácil, pega a grana deles, a estratégias deles, os agentes financeiros deles e no final põe a placa do “Viver Bem Paraná” ao invés do “Minha Casa Minha Vida”, alías o que está sendo executado em grande maioria são são convênios e intenções assinadas no governo passado que a cara atual gestão extornou, mudou centavos nos valore e republicou para batizar como filho seu ….. kkkk Responder Olho Vivo disse: outubro 28, 2013 às 17:34 Bem, se dependesse do blogueiro Esmael Morais, toda semana teríamos greve no Estado, ele já começou umas 50 greves por aqui, mas até agora nenhuma se concretizou. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ao passo que no Brasil, é greve em cima de greve e o blog não noticia uma sequer. Ganhas bem pra isso hem Esmael? Responder Silvania disse: outubro 28, 2013 às 17:53 Tenho que concordar com o OLHO VIVO, Esmael !!! Responder Ale disse: outubro 28, 2013 às 18:06 Ao passo que no brasil…sempre o mesmo papo olho baba ovo ao passo que no paraná todo mundo sofrem com a desgraça que é seu patrao governador menos vcs puxas asco Responder Ale disse: outubro 28, 2013 às 18:07 leia puxas saco Responder Paulo Ernesto disse: outubro 28, 2013 às 18:23 E vc quanto ganhar pra trollar Fala Sério? Nos conte? Quanto vc ganhar pra lamber o saco do seu patrão? Responder paulo disse: outubro 28, 2013 às 18:00 É triste mas o SR LUCIANO PASSOU HJ PELA COHAPAR DE ANDAR EM ANDAR FAZENDO MAIS UMA LAVAGEM CEREBRAL…. Responder Camilo disse: outubro 28, 2013 às 23:21 Esse e o perfil desse camarada. Pergunte na caixA economica por ond ele passou. Para subir nA vida, pisou em todos, indistintamente. Prejudicou um monte de companheiros. Quero so ver, como ele vai voltar pr caixa. Tomara que o enviem pra interior de roraima. E o secretario tb mesmo perfil, tanto que foi rebaixado em Londrina e foi pra capital para o betinho aproveita-lo na cohab. La soltaram fogos e fizeram churrascos quando ele saiu e foi pra cohapar. Merecemos”……. Responder pedro alcantara disse: outubro 28, 2013 às 19:12 dar aumento que compromete a saúde da empresa é irresponsabilidade. em qualquer lugar do mundo. Responder Euclides disse: outubro 28, 2013 às 20:13 responsabilidade é dobrar o número de comissionados, inchar a empresa com o pessoal do concurso, fazer farra com diárias, acho que isso é responsável pra vc né. Responder Vitória disse: outubro 28, 2013 às 20:23 responsável mesmo é ter 100 chefes para cada 10 funcionários né?! hahahahahahahaha e o salário deles pode ser reajustado ao bel prazer, quantos % for possível… isso sim é justo e de tremenda responsabilidade. máquinas de escrever ou computadores de ponta, são meros equipamentos quando se tem mentes pensantes e atuantes atrás destes. garanto que os funcionários faziam tanto ou mais, e jamais deixaram de produzir na época dos equipamentos ultrapassados. é o DIREITO desses trabalhadores… não capricho! Responder rodrigo jr disse: outubro 28, 2013 às 19:15 tão fácil acusar, sem reconhecer o tanto que foi feito pelo funcionário em dois anos e meio. querem voltar a ter máquina de escrever? mobiliário inadequado? Responder Euclides disse: outubro 28, 2013 às 20:16 e vc quer q a gente faça o trabalho como em amigo, o mínimo que ele teria q fazer era comprar computadores novos, e o tal “mobiliário”, é melhor vc dar umas voltas pelos setores da empresa para ver a precariedade das mesas e cadeira. convido vc a visitar nosso Escritório Regional aqui da capital amanhã, veja e constate o “mobiliário” que eles têm. Responder TRABALHADOR disse: outubro 28, 2013 às 21:40 E o que o Euclides fala é a pura verdade, vão lá ver… Os computadores praticamente são a manivela ainda. Responder carvalho disse: outubro 28, 2013 às 23:12 é so voce andar pelos escritorios regionais e verem o milagre que os soldados da companhia estao fazendo. sem mobiliario, sem computador, telefone que é uma m, e outros usando material particular. ainda disseram que o Luciano ia dar uma roupagem nova porque o agostinho, anterior nao fez nada. piada desses ditadores. Responder Pedreiro disse: outubro 29, 2013 às 00:04 Da Cohab Curitiba para Cohapar: -”Eu sou você amanhã!” Responder Comi$$ionado disse: outubro 28, 2013 às 20:37 É fácil falar em saúde da empresa e acumular perdas salariais para os concursados que sofrem assédio moral todos os dias. Difícil é cortar o bando de comissionados, que assim como no resto do governo tucano, só mama nas tetas do Estado. E sobre as metas… estão é muito longe dos 100 mil como tentam confundir os diretores. Pura maquiagem! Responder VERDADE !!! disse: outubro 28, 2013 às 20:49 CLARO que todos os que defendem são aqueles “baba ovo” que tem cargo em comissão, que nem ao menos são funcionários, estes NUNCA irão entender que não são só 2%. Diretoria andando de caminhonetes de luxo, esbanjando dinheiro em cafés do tipo “pão e circo” na intenção de desviar atenção e angariar votos. Nossos colegas das regionais que digam, veículos sucateados, sem hora para voltar para casa. Não estamos mendigando nada, temos nossos DIREITOS ! Computadores novos não são luxo muito menos motivos de campanha, isso é BÁSICO para um bom desempenho de trabalho. Esses 6,49% foram um grande CALA BOCA que tivemos que engolir seco. Um brinde aos ditadores desta gestão !!! Responder Pedreiro disse: outubro 29, 2013 às 00:09 Será que disso tudo sobra algum para pagar as Construtoras que estão a ver navios? Responder ricardo disse: outubro 28, 2013 às 22:07 A maioria dos concursados só reclamam, trabalham pouco e exigem muito… além de que poucos sao os q fazem seu trabalho com paixao, vejo muitos ocupando uma vaga ate ser chamado em outro orgao publico….sentam a bunda atras de uma mesa e se acham….. mais trabalho, mais deveres pra daí sim exigirem direitos…. Responder Euclides disse: outubro 28, 2013 às 22:56 Na vida nem tudo é perfeito, em qualquer empresa do mundo sempre vai existir um “chinelinho”, assim como também existe muitos comissionados que estão na Cohapar encostados. Alguns esperando as eleições, outros uma nova teta para mamar. Não é isso que está em discussão, e sim um DIREITO, que a própria diretoria da empresa garantiu quando participou e assinou a Convenção patronal do Sescap, se participou e concordou com os termos que coloque em prática e pare de TERRORISMO com os funcionários. Responder PINÓQUIO TUCANO disse: outubro 29, 2013 às 00:27 Rapaz, nas empresas privadas milhões de pessoas reclamam e nem todos são competentes ou fazem o trabalho direito. O que tem de malandro também em empresa privada não está escrito. Até parece que funcionários de empresas privadas estão todos felizes, ah vá. Vamos parar com essa falácia porque no mundo das empresas privadas a maioria das pessoas estão descontentes com os péssimos salários que recebem. Reclamar não é algo exclusivo de funcionário público, é também de funcionário de empresa privada. A diferença é que os funcionários de empresas privadas reclamam pelas costas do patrão por medo e por causa dos puxa sacos caguetas. Obs: não sou funcionário público, apenas relato a verdade dos fatos. Responder funcionário disse: outubro 29, 2013 às 09:07 Vc é comissionado né? Não viu a realidade atrás de um escritório regional ou de um setor da Cia…os concursados estão com salários congelados desde o concurso de 1996…ou vc não sabe disse, ah claro, se ganhar R$ 1600,00 (bruto) por quase 02 décadas é muito e estamos reclamando…me desculpe os que ganham R$ xx.xxx,xx Responder TRANSPARENCIA FEMININA disse: outubro 28, 2013 às 23:56 COHAPAR faz uma Mágica IMORAL e INCONSTITUCIONAL para FUGIR DO CONCURSO PÚBLICO E TERCEIRIZAÇÃO Recebi uma denúncia muito grave do que está acontecendo na COHAPAR e não pude ficar calada sem denunciar. Imoral e SEM vergonha é o que estão fazendo no Governo do Paraná. Será que o Beto Richa está sabendo da imoralidade que o Presidente da COHAPAR, Mounir Chaowiche, e seus Diretores, Assessores e Aspones, realizaram na calada da noite, ou melhor, aproveitando as férias do seu Governador, algo muito grave e inconstitucional, ou seja, a criação de cargos comissionados de Assessoria Estratégica, com justificação social e institucional, sendo que os cargos de Assessores Estratégicos foram criados para atender interesses pessoais da cúpula do Beto ou da cúpula do Mounir. Uma estratégia assinada segundo informações da COHAPAR, em Reunião de Diretoria (será que os conselheiros da COHAPAR estavam presentes? Concordaram?) como forma de recontratar um bando de terceirizados, que não teriam condições de passar em nenhum concurso público, que na maioria são indicados por políticos, parentes e amigos. Não havendo mais condições de renovação do contrato com a terceirizada, os mágicos da ilegalidade, dispensaram alguns terceirizados, que realmente trabalhavam, e tiveram uma ideia fabulosa para manutenção do restante dos terceirizados. Não bastando a pouca vergonha criticada pelo pessoal do PSBD nas contratações de terceirizados, na era Requião, com seus fantoches: Romanelli, Rosângela Curra, Rafael Greca e Everaldo Moreno, e etc. Algum tucano teve a ideia maravilhosa e imoral da criação de Cargos em Comissão de Assessoramento, com desculpa da necessidade de ajudar na implantação da Política do Governo, fugindo assim da terceirização e principalmente de concurso público para contratação destas pessoas (ex-terceirizadas), e continuarão fazendo os mesmos serviços quando eram terceirizados, ou melhor, nada tem haver com assessoramento estratégico, pois entre estes cargos de Assessoria Estratégica estão: a) secretárias, com super-salários com a “função estratégica” de atenderem telefonemas e cuidarem da agenda, totalmente política, de um Presidente narcisista; b) fotógrafo para servir o presidente e fazer edições de fotos, etc. O incrível é a seguinte afirmação do motivo da criação dos cargos comissionados: ”…os cargos em comissão propostos não são para repor mão-de-obra terceirizada, mas para atender uma demanda de profissionais na área de assessoramento. Cabe também lembrar que estes cargos constituem postos de livre provimento e exoneração, de caráter provisório, destinando-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento, evitando qualquer desvio de função.“ Ou seja, uma MENTIRA que pode ser comprovada por qualquer autoridade do Ministério Público, do Tribunal de Contas, ou até mesmo entrevistando esses ASSESSORES ESTRATÉGICOS, perguntando sua LOTAÇÃO, FORMAÇÃO, FUNÇÕES, ATIVIDADES, ETC. Como diz Boris Casoy: “Isto é uma VERGONHA”. Os funcionários de carreira da COHAPAR, estão REVOLTADOS, pois a categoria está desde junho sem ter um RETORNO do seu Acordo Coletivo, que está sendo pressionado pela Presidência e Diretorias para aceitarem um valor de reajuste menor que o Sindicato, com a alegação que a COHAPAR está em crise, que Gestores Públicos são estes que em plena crise, cria em reunião de DIRETORIA mais de 40 cargos comissionados (SEM CONCURSO) gerando um CUSTO MENSAL DE MAIS DE R$ 300.000,00. Peço que as Autoridades façam uma Auditoria na COHAPAR e não permita esta farra do boi. Veja a lista das primeiras nomeações de ex-terceirizados e novos “amigos”: Comunicamos Atos do Senhor Presidente, conforme segue: Ato nº 82/PRES, o qual resolveu NOMEAR: a partir de 15 de julho de 2011: a Sra. CLEUZA EUNICE GUERRA DA SILVA, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto à DIFC; o Sr. BURTON GARCIA DE LIMA, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto à SURF ; o Sr. FELIPE AUGUSTO FURLAN GUSINSKI, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto à ACOM; o Sr. GERONIMO AGULHAM, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto à DIPR; o Sr. NELSON PINTO DIAS JUNIOR, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto ao ERPV; a Sra. PATRICIA DO ROCIO BIORA TABORDA, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto à COAP; o Sr. PAULO CESAR DA SILVEIRA, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto à DVAR; o Sr. APARECIDO BARROS DA SILVA, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto ao ERUM; a Sra. CAROLINA SABIO DE CARVALHO, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto à ACOM; o Sr. CLAUDEMAR DE MELLO CARVALHO, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto ao ERAP; o Sr. DIOGO MAIA ROCHA DA SILVA, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto ao ERLD; a Sra. ELIANDRA CRYSTINI ABRÃO, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto ao DEIM; o Sr. FERNANDO VITOR ARAUJO GUEDES, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto à DIPO; o Sr. JOSÉ TADEU ORSO, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto ao DVAS; a Sra. LAURA GRAZIELE ZANINI, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto à SURF; o Sr. MARCELO LECHISNKI RODRIGUES, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto ao DVLI; a Sra. MARIA CANDIDA SAMPAIO BENKE, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto à DVAC; a Sra. TANIA MARA DA SILVA PADILHA, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico II, para prestar serviços junto à DEAD; a Sra. ANA MARIA LECHINSKI RODRIGUES, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico III, para prestar serviços junto ao Gabinete; a Sra. DANIELLA CRISTINA NOGUEIRA ALVES, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico III, para prestar serviços junto ao Gabinete; a Sra. LORENA MYLLA GONÇALVES, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico III, para prestar serviços junto ao ERCT; Ato nº 83/PRES, o qual resolveu NOMEAR: a Sra. SILVIA REGINA GONGORA LAVADO, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/BA, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto ao Escritório Regional de Cornélio Procópio- ERCP, com efeitos contados a partir de 21 de julho de 2011; o Sr. ULISSES DIEGO RAMOS, portador do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo de Assessor Estratégico I, para prestar serviços junto ao Escritório Regional de Apucarana – ERAP, com efeitos contados a partir de 20 de julho de 2011; a Sra. JAQUELINE SILVA SISTI BERNADELLI DE GODOY, portadora do RG n.º X.XXX.XXX-X/PR, para exercer, em comissão, o cargo Assessor Estratégico III, para prestar serviços junto à ASAF, com efeitos contados de 21 de julho de 2011. ALEXANDRE PAIM EX-ASSESSOR ESTRATÉGICO QUE FOI ADMITIDO NUMA APROVAÇÃO DE CONCURSO COMO AUXILIAR ADMINISTRATIVO MANIPULADA, OU SEJA, CHAMARAM 45 PESSOAS PARA CHEGAR NA VEZ DELE NO CONCURSO…ISTO É MUITO FEIO, CONTRATADO PARA VIAJAR PARA FAZER POLITICA NAS CUSTAS DAS DIARIAS DE VIAGENS DOS COFRES PUBLICOS…. ?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????? Auxiliar Administrativo – Curitiba 216 Auxiliar Administrativo – Curitiba 217 9911750 ALEXANDRE FAVRETO PAIM Responder anonimo disse: outubro 29, 2013 às 08:17 tem um cachaceiro tal de Pica Pau em Umuarama, que vive o estado com carro oficial, baixo nivel. tem um ex-assessor de deputados, envolto numa ong de cascavel, 5 milhoes Responder gaspar disse: outubro 29, 2013 às 16:41 hehehehehhhhhhh… ouvi que esse pica pau está a disposição dos cargos de curitiba para fazer churrasco. filar carneirinho de construtor e fazer festa com carne, bebida e…………. o cara desloca qq dia da semana do interior so pra acende churrasqueira do munir Responder alexandre paim disse: outubro 29, 2013 às 09:39 “Transparencia Feminina” é muito boa para citar nomes e esconder seu proprio nome. Por isso defende voto secreto, não tem CORAGEM de mostrar a cara e muito menos caráter para dizer a verdade. Evidentemente é uma funcionária ou funcionário, ou integrante de sindicato, que gosta de conturbar informações e causar baderna, digno de petistas sedentos pelo poder e que querem conquista-lo a qualquer custo em nosso estado. Fiz o concurso de maneira honrosa, me dediquei horas a fio, quem me conhecesse sabe disso. Acertei 34 das 40 questões de uma prova realizada pela PUC-PR e fiquei na colocação de numero 217. Na penúltima chamada do concurso foi chamado o numero 261, para beneficiar quem “dona Transparência”? Me diga onde esta a ilegalidadse em todas essas nomeações que você citou? Em todos os governos existem cargos de confiança e funções gratificadas e isto é protegido por LEI. A turma do PT sabe muito bem disso pois o Lula foi o recordista em criação de cargos de confiança no Brasil! Voce eh de dentro da empresa e sabe onde me encontrar e estou disposto a atende-la e tirar todas as duvidas e responder a todos os seus questionamentos em relação á minha convocação pelo concurso. Agora se você tiver a DECENCIA, a CORAGEM e a DISPOSIÇÃO de me procurar e falar esse absurdo que comentou aqui no blog sobre minha convocação no concurso da Cohapar, respondera em juízo e terá de provar toda essa baboseira na Justiça! Meu nome é Alexandre Favreto Paim e o seu “Transparencia Feminina”, qual é o seu nome? Abraço a todos. Responder alexandre paim disse: outubro 29, 2013 às 09:48 a tempo: …conhece… Responder Antônio disse: outubro 29, 2013 às 11:28 Já que vc mostrou a cara ALEXANDRE PAIM, porque vc também não mostra o seu salário? Cortam gastos aqui cortam ali, não compram nem cadeiras para os funcionários, diminuíram o salário dos terceirizados, principalmente esse pessoal da limpeza que merecem mais do que um faça isso faça aquilo… Mas os salários da CÚPULA FRAUDULENTA DA COHAPAR não diminuiu né? pq será? Responder VERDADE !!! disse: outubro 30, 2013 às 10:37 ALEXANDRE PAIM ja vem de fábrica com ALTO FALANTES e SUPORTES para balançar bandeira em época de campanha idêntico ao senhor MANOLO FERRARESI, que se preciso chora para agradar a diretoria… como diz o senhor presidente desta COHAPAR ”traem a causa sem causa”… na verdade há causa para eles, Salários ‘astronômicos’ para ”babar ovo” pra diretoria… Falta de princípio, ou apenas sendo mesquinhos e maquiavélicos ??? Cohapar disse: outubro 29, 2013 às 14:23 Realmente vivemos a ditadura onde a nomeação de cargos para amigos e filhos de politicos corre solta. Também vemos os funcionários que tanto se esforçam para cumprir as metas não recebendo nada em troca. Vemos uma gestão onde todas as decisões se centralizam nas Diretorias e os funcionários não tem autonomia para desenvolver seu trabalho. Pior ainda é o custo com os cargos em comissão o qual deveriam apenas ser os cargos de confiança, e não para funções as quais existem funcionários em concurso. numa cia que tem 74 cargos em comissão o q se esperar né? Responder MARCELO disse: outubro 29, 2013 às 19:47 sem essas ccs. o Monir inviabiliza candidatura a deputado. ele precisa desses cobo eleitoral e fexar as despesas da campanha. nao se lembram no norte pioneiro. destacou todos para fazer campanha pro cunhado prefeito e quase perde.riririririrrrrrrrrrrr Responder Fala o que quer, ouve o que merece!! disse: outubro 29, 2013 às 18:11 Sou comissionado sim, trabalho mais que esse concursados que tem ai , e mais, já havia 11 anos que não tinha concurso na cohapar , graças a O Mounir que voces tanto estão crucificando! aconteceu o concurso!! e voces sabiam quanto era o salario , agora ficam ai dando uns de bom, entraram ontem e querem dar uns de bom , ficam o dia todo andando pelos corredores da cohapar, sou comissionado sim , com orgulho, lutei , busquei , trabalhei e trabalho por isso , não sou inferior a nenhum concursado!! melhor, tenho certeza que trabalho muito mais do que certos FUNCIONÁRIO , sou grato a quem me estendeu a mão. Mounir estou com vc !!! Sou grata a vc!! vai ter uns babaquinhas ai que vai dizer que sou baba ovo!! sou sim ,e sei ter gratidão pelas pessoas!!só para lembrar ” fazia onze anos que não havia concurso na Cohapar, e vcs sabiam qual seria o salario” não foi Presidente Mounir e nenhum diretor que mandou eu escrever isso!! foi eu mesmo, fiquei indignada quando um babaca mencionou meu nome no blog !! luto , pego o ônibus todos o dias cedo , doente, para meus filhos ter uma vida melhor , trabalho o dia todo , não fico andando pelos corredores da Cohapar o dia todo ,faço o meu horário certo , agora vem um babaca por meu nome no blog??? Mounir te admiro muito! conte comigo!!! repito sou baba ovo sim!!! È o Governador e o Mounir que paga o meu salario, e não os Concursadossssssss!!! Já que vcs concursados se acham melhores que os outros, vamos começar atender os telefones ,bater o ponto e ir na sua cadeira para trabalhar, e não ir para as esquinas fumar e ficar conversando!!! falou o que quis, ouviu o que não quis!!! indignado por mencionar meu nome no blog , eu trabalho. muitooooo!!!!! Srª transparência Feminina eu acho que a Srª tem + ou – uns trinta anos casa , e vivia na moleza, quando chegou o Presidente Mounir e colocou todo mundo para trabalhar vcs estão indignados!!!essa é a verdade!!! Responder pdavidactba disse: outubro 30, 2013 às 09:05 e assim vai, antes agarrava nos ovos do pessoal do Romanelli, Rosangela Curra, depois nos do Greca, Everaldo e será assim à todos que vierem …. Responder Fala o que quer, ouve o que merece!! disse: outubro 29, 2013 às 18:21 Ahh, só para lembrar.. A árvore que dá mais frutos, sempre é a mais apedrejada!! #FicaAdica #Comissionadosdandobomfrutos #irritamosconcursados Responder Euclides disse: outubro 29, 2013 às 20:40 Então quer dizer que A comissionada ficou iritadinha??? Têm mais é que proteger mesmo, por que se ele cair cai junto. Quem entrou por meio de concurso tinha total convicção do salário que receberia, do mesmo jeito que sabia que seria contratado por regime de CLT, ou seja, contribuiria todo ano automaticamente com um Sindicato, do mesmo jeito que o seu querido Mounir participou e assinou as convenções do Sintracon 2012-2013 e do Sindaspp 2013-2014, sabendo o quanto era os reajustes. Se houve Concurso Público no ano de 2011, deve ser por que a companhia não vive de comissionados mais sim dos funcionários da casa. Respeito e aprovo a necessidade de Assesores comissionados, em funções corretas são essenciais. Para você ter flagrado funcionários andando pelos corredores o dia todo ou fumando e conversando na esquina, é por que deve estar faltando trabalho para você, ou esse deve ser seu trabalho. De uma coisa eu tenho certeza, você só está de passagem pela companhia, agora os funcionários, são para a vida toda. Segure bem os pelinhos do saco do Mounir, com bastante força, pois que nem você disse, é uma “baba ovo”. Responder Vitória disse: outubro 29, 2013 às 20:46 Fala o que quer, ouve o que merece!! Se você é comissionado, primeiro que já nem tem que dar pitaco na questão que tange AOS FUNCIONÁRIOS! Segundo, uma vez que ocupa cargo comissionado, não seja hipócrita dizendo que lutou por isso. Você foi INDICADO para o cargo, foi APADRINHADO. E com certeza, seu salário é muito maior do que de concursados que sentaram a bunda na cadeira, estudaram, ralaram, se esforçaram para conquistar a VAGA TÃO MEEEEERECIDA – MÉÉÉÉRITO, conhece essa palavra???? NÃO NÉ. Quem tem padrinho não tem mérito de nada. Como você mesmo diz, é baba ovo. Quem trabalha de verdade e sério não precisa de padrinho, muito menos precisa BABAR OVO pra quem quer que seja. E só pra terminar: quem paga seu salário não é GOVERNADOR, MUITO MENOS MOUNIR CHAOWICHE (mesmo porque eles estão só de passagem nesses cargos), É O POVOOOOOO QUE PAGA SEU SALÁRIO! Seu salário vem dos bilhões arrecadados em impostos nesse país, pagos pela maioria esmagadora que trabalha HONESTAMENTE, todo santo dia, com chuva ou sol, sem babar ovo pra ninguém, sem depender de apadrinhamento. FAAAAÇA-ME O FAVOR!!! Responder Fala o que quer, ouve o que merece!! disse: outubro 29, 2013 às 20:43 Deus tenha piedade da Srª Transparência pura !! Os Funcionários de carreira estão revoltados mesmo porque agora se trabalha na cohapar!! Nós comissionados não passamos no concurso, porque estávamos fazendo os trabalhos acumulados dos anos anteriores dos funcionários de carreira, como disse A Srª Transparência, e não tínhamos tempo de ficarmos estudando ,peça mesmo uma auditoria Srª transparência, ou melhor! peça que passa o dia todo perto de uns e outros concursados e perto de um comissionado e veja realmente quem trabalha.Olha Srª transparência se eu soubesse quem era a Srª ou quem sabe o Srº, eu iria a justiça, e pedir um auditor para passar o dia todo ao meu lado, para ver se eu trabalho ou não!! Fica a dica” se uma laranja esta estragada, não jogue fora toda a caixa” Somos todos iguais , ou será que, o sangue dos de carreira e dos concursados é azul? então vamos trabalhar!!para 2019 vcs de carreira e concursados descaçarem!! #FICAADICA #ENTENDERAM??? ou quer que eu desenhe???? Responder Euclides disse: outubro 29, 2013 às 21:39 Se colocarem um auditor ali dentro, você e seu padrinho vão é pro olho da rua. Não sabia que puxar saco dava tanto trabalho assim como vem relatando essa pessoa acima. Crie vergonha na cara e pare de desmerecer o trabalho de quem lutou para estar dentro daquela empresa, respeite quem está lutando realmente por Cohapar melhor, ou você está achando que nós vamos deixar o Mounir acabar com a Cohapar do mesmo jeito que acabou com a Cohab. #COMISSIONADARECALCADA #BURRA #RANCOROSA #INVEJOSA #BABAOVO #PUXASACO Responder Fala o que quer, mas fala merda né? disse: outubro 29, 2013 às 21:45 O salário nós sabiamos… porém as funções também! Cansei de ver várias pessoas ralarem a bunda fazendo coisas que não são da função do concurso para ganhar sempre o mesmo, enquanto comissionados que nem você, fazendo outros favores para conseguir, ano que vem estarão no mercadorama de novo né? Tenho filho pra criar e chego em casa cansada, não consigo brincar com ele direito e meu marido acaba levando pq me da nojo de uma empresa dessas. A piada do ano é o Monir vir dizer se alguém duvida que ele prioriza mais a empresa que a própria família, que nem falou na garagem. Acham que funcionários são bobos, existem sim funcionarios de carreira que fumam, passeiam, mas há comissionados também, mas enquanto uns ganham mil, dois mil… outros ganham 4! Pra quem que eu tenho que dar? Responder Recalque é f*da disse: outubro 29, 2013 às 23:23 Vcs nao sabem de nada antis beto, seu salario tbm e pago pelo imposto euclides burra, nao sabe nem disso, vc entrou la pq voce quis, sabia do salario, td mundo ve vcs fumando, nao tem ngm contratado, eu apoio a fala o que quer, ouve o que merece.. Nao recebemos salarios muitos altos nao! Vc merece sair da cohapar, ja que vc acha que vc se acha tao intelijegue para passar em outros concursos, vai fazer outros e saia da cohapar, vc nao faz nada, quem faz e os pedreiros, que trabalham, vc e recalque, mane, #naopresta #vaitrabalha #fazgraveprasairprafuma #naotrabalhanada #manemane #eumabostasuaopiniao Responder Euclides disse: outubro 30, 2013 às 00:25 Sua anta, por isso todo ano existe um negócio chamado CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO, que estipula o quanto tem que ser reajustado os salários, mais é claro que vc não vai entender isso, nunca teve registro em carteira, vive exclusivamente para puxar saco, babar ovo, é muita informação pra você. Quero ver você ter coragem de ir amanhã trabalhar e olhar na cara das pessoas que há 48 anos constroem essa empresa, se você está lá ganhando o que ganha sempre se lembre que quem construiu todo essa história são os mesmos que agora você fala que não fazem nada, que fumam na esquina, RESPEITO É MERCADORIA DE TROCA. E esclarecendo, a GREVE é legítima. Responder Foco no que Interessa disse: outubro 29, 2013 às 23:38 Vamos dar foco no debate que realmente interessa, que é resgatar a Cohapar. Temos visto que a insatisfação há muito deixou de ser só o salário. Não adianta ficar batendo boca. É hora de usar toda a insatisfação e fazer um movimento de verdade, para acabar com o que realmente preocupa: como ficará a Coahapar depois que terminar a gestão do medo do Mounir e do Luciano? Pior do que a Cohab- Curitiba? Alguém precisa levar para o governador o que está acontecendo na Cohapar antes que seja tarde demais. Hoje circulou na Cohapar um documento que mostrava 12 motivos para os funcionários entrarem em greve. Acho que eles identificam bem o que está ocorrendo. Porque os funcionários não lutam por eles ao invés de só o salário? Vejam os 12 motivos: 1. Auditoria para averiguar a legalidade do ato do Mounir Chaowiche em empregar os serviços e os recursos da Cohapar e do Estado do Paraná para comprar o direito de carimbar seu nome nos projetos de empreiteiras. 2. Pelo fim dos salários abusivos dos diretores da Cohapar, por volta de R$ 30 mil. Superior ao salário do governador. 3. Revisão da nomeação dos superintendentes. A estrutura da Cohapar não suporta e não carece de oito superintendentes. A criação dos referidos cargos foi predominantemente para acomodar apadrinhados políticos. 4. Auditoria para averiguar a legalidade e a inevitabilidade da nomeação de dezenas de Assessores Estratégicos. A esmagadora maioria foi para acomodar apadrinhados políticos, ex-funcionários e parentes de funcionários da Caixa Econômica Federal (não há responsabilidade alguma da Caixa nesses atos). Do princípio deste ano até o momento, houve acréscimo de quase 50% da folha de pagamento, apenas com a vinda de apadrinhados políticos dos grupos que apoiavam os prefeitos derrotados na última eleição. 5. Acabar com a administração destrutiva praticada pelo Mounir Chaowiche – diretor presidente e Luciano Valério Belo Machado – diretor administrativo financeiro, que está conduzindo a Cohapar a terminar esta gestão em situação pior que o Mounir deixou a Cohab-Curitiba. 6. Acabar com a administração do medo e da coação aplicada pelo Mounir Chaowiche e pelo Luciano Machado, com assédio moral, intransigência, truculência, desrespeito e ameaças veladas e públicas contra funcionários. 7. Pelo direito dos funcionários poderem expor suas posições técnicas, que alertam contra decisões perigosas da diretoria, sem que sejam coagidos e ameaçados. 8. Devolução da Associação dos Funcionários da Cohapar- AFC para os funcionários. O Luciano Machado vem coagindo a atual diretoria da AFC para agir segundo suas orientações e interesses. 9. Nomeação de diretores feita através de critérios técnicos, acabando com o ciclo de diretores que assumem a Cohapar com o propósito basilar de eleger-se como deputados estaduais. 10. Cumprimento da convenção coletiva dos Sindicatos para os períodos de 2012-2013 e de 2013-2014. 11. Direito a compensação do banco de horas extrapolado/estourado dos funcionários. 12. Respeito aos funcionários da Cohapar. Técnicos qualificados que já conduziram a companhia a prêmios nacionais e internacionais por seus projetos e ações. Responder funcionarios disse: outubro 30, 2013 às 09:05 Isso mesmo, gostei de suas palavras, sempre demos o melhor de nós pela empresa, e nos orgulhamos disso, afinal não é apenas um trabalho é uma gratificação para todos os trabalhadores e contemplados com a casa própria. Mas queremos ser reconhecidos e ter nosso direito garantido. Responder pdavidactba disse: outubro 30, 2013 às 09:17 muito bem, ao que me chega, na gestão Everaldo foi-se reduzido às superintendências , foi isso? Responder fala o quer, ouve o que merece. disse: outubro 29, 2013 às 23:39 SENHOR EUCLIDES , NADA NESTA VIDA É PARA SEMPRE! NEM A PRÓPRIA VIDA.O SEU VOCABULARIO ESTA MUITO VULCAR, ENTÃO UMA PESSOA COMO VC , NÃO MERECE RESPOSTA , O SILENCIO VALE MAIS. QUANTO A :fala o que quer, mais fala merda, se vc tem nojo da empresa que tira seu sustendo , o que vc esta fazendo ai? Em inteligencia pura!,,, #vamostrabalharecuidardovocabulario.Se Deus me dar saude , quero com prazer ir em frente ao mercadorama e aonde for preciso.Agora quanto a sua ultima pergunta ,fala o que quer, mais fala merda! Não vou mencinar o que ,pq não sou vulcar, a escolha é sua ,não posso opinar.Euclides para vc o silencio já esta bom demais ,com esse seu vocabulario ,sem comentarios.#Mounirexigiertrabalhoganhamuitosinimigos. Responder Euclides disse: outubro 30, 2013 às 00:30 Isso mesmo, fica em silêncio e vai ter umas aulinhas de português que tá feio o negócio viu!!! Só uma última pergunta, pra ter cargo comissionado não precisa saber escrever??? Tipo um Ensino Fundamental tá bom já?! Responder Fala o que quer, ouve o que merece!! disse: outubro 30, 2013 às 00:21 Só para lembrar! todos esse que estão falando mau do Presidente Mounir e da Cohapar,não são inimigos não viu!! são aqueles que dão tapinha nas costas dele ,finge que é amigo e depois mete a lenha por trás. Agora trabalhar em uma empresa que tem nojo ,é lamentável é triste .Sinal que a Cohapar não é tão ruim assim! #éprakaba# Fala o que quer, mas fala merda né? não precisa ficar com inveja, eu vou te convidar para ir ao mercadorama tbm!!! rsrsrrss Responder Fala o que quer, ouve o que merece!! disse: outubro 30, 2013 às 00:36 Alexandre Paim , ainda bem que só foi vc que passou no concurso, se não ia dizer que o Mounir tinha comprado o pessoal da PUC-PR, para todos os comissionados passar, esse povo não tem o que fazer!!!#vamostrabalharqueémelhor!!!!Olha só que um ser tem coragem de dizer, da empresa que ela trabalha, (me da nojo de uma empresa dessas.)palavras da “FALA O QUER , MAS FALA MERDA NÉ?” mencionado comentário acima, lamentável….. Responder Fala o que quer, mas fala merda né? disse: outubro 30, 2013 às 08:09 O sentido foi de nojo de como a empresa está, com a atual gestão, não da empresa em si! #interpretaçãodetexto #vaifazerenem Responder VERDADE!!! disse: outubro 30, 2013 às 10:52 Fala o que quer, mas fala merda né? e Fala o que quer, ouve o que merece!! Morrendo de medo que os DITADORES aqui de dentro percam eleição e elas percam o emprego… Se realmente tivermos paralisação estes comissionados da banda podre são os primeiros a entrarem na empresa para “trabalhar”. Vocês são os mais prejudicados senhores “BABA OVO” vcs só puxam saco e vendem sardinha pra tentar continuar “mamando” a custas de NÓS FUNCIONÁRIOS DE CARREIRA… sim NÓS pagamos os salários de vocês, nossos impostos INFELIZMENTE são revertidos em BARGANHA, que vcs chamam de salário. Dinheiro FÁCIL e em GRANDE quantidade. O que me da nojo é saber que existem funcionários de 12 anos que ganham menos que vocês. Responder
  2. poisze56 disse:

    Ouvi estórias parecidas na Copel, sobre concursos e chamarem até alguém que não precisava se rchamado, pois já tinha mais que suficiente.
    Nomeações é diferentes. Mas uma CF de departamento, pode, dependendo da situação, eqivaner a 4 promoções. Com a promoção automática dos plenos, dificiklmente alguém chegará a consultor, pois a base eststá grande e o critério político tem peso muito grande.
    Depois a empresa não enende a desmotivação e porque a toda hora alguém sai, normalmente para outro concurso.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s