Reajuste de 16,21%: a hora da Copel pagar uma dívida histórica com você

Captura de Tela 2013-09-18 às 10.46.03Uma reivindicação que faz parte da pauta dos trabalhadores há alguns anos foi reapresentada à Copel em 2013. Trata-se da correção de todos os salários em 16,21%. Esse índice, calculado pelo Dieese, busca corrigir uma perda histórica nos ganhos dos copelianos por conta de reajustes salariais inferiores à inflação em acordos coletivos celebrados a partir do Plano Real, em 1994.

A maioria desses acordos desvantajosos para os trabalhadores foram impostos pela empresa durante o governo Jaime Lerner (1995/2002). É uma dívida que não pode se perder na história. Por isso, os sindicatos que representam os copelianos seguirão a apresentar esta reivindicação, e a lutar para que ela comece a ser atendida.

Queremos a volta do ATS

Também está na pauta o retorno do Adicional por Tempo de Serviço, uma forma justa de valorizar o tempo de casa dos copelianos mais antigos, justamente os que detém um patrimônio inestimável – o conhecimento técnico e administrativo que faz a Copel ser a grande e admirada empresa que é.

O fim do anuênio foi aprovado numa das mais questionáveis negociações salariais da história da Copel, no ACT 1998/99. Naquela época, o governo Jaime Lerner preparava a privatização da empresa, e muitos dos copelianos estavam de saída da empresa, via programas de demissão voluntária. Assim, pareceu a muitos um bom negócio trocar o ATS por 60% do salário nominal (código 1000).

A história nos mostra que não é bem assim. Veja, na tabela abaixo, elaborada pela subseção do Dieese no Senge-PR, que desde 1998 acumulamos 1.667,57% de perda salarial devido ao fim do ATS. Em outras palavras, são 14,52 remunerações devidas aos copelianos que já estavam na casa em 1997.

É mais uma dívida e tanto que a Copel tem como você. E nós vamos tratar de lembrar a empresa disso.

Esse post foi publicado em ACT 2013/14, Notícias do Coletivo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Reajuste de 16,21%: a hora da Copel pagar uma dívida histórica com você

  1. pacman171 disse:

    mais um temporal s aproxima do oeste… quero so ver se o pessoal avaliado como “meia fase” vao continuar fazendo papel dos “pura energia”

  2. eletricistasdo disse:

    aqui já começou os apelidos,,,,,falta de fase,chespa apagada.meia luz.,tomatinho.ponto quente…….os Pura energia estão tapeando na caneta aqui na minha agencia tem cara com 114% de produção como pode isso:???se aqui se sai p trabalhar em torno das 08:30….se chega por volta das 11:45,se chega perto das 14:00 bate o ponto…começa a trabalhar 14:15…..se chega as 17:45……….e se faz 114% tem coisa errada ,assim como houve punição por quem teve cartão auditado e gancho …deve se punir esses caras que estão tapeando o sistema..,,,, GANHAR NA CANETA É FACIL.quero ver trabalhar de verdade., esses dias estava conversando com dois rapazes aqui da região que são plantão de localidade até que a cidade é grande deve ter uns 8 mil moradores ou seja uns 3 mil clientes a maioria zona rural..fazem corte,religa ligação nova.aumento de carga..PI,procedimeto irregular..emergencias de todo tipo desde trocar transformador,chave,ate uns simples troca de disjuntor e a produção deles 6o%……e agora cara de agencia fazendo 114%…xiiii ai tem treta e da feia .

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s