Corte de tarifas de energia fica aquém de promessa

(17/09/2013 – Folha de S. Paulo) Após uma longa ginástica do governo federal para diminuir as tarifas do setor elétrico, o corte anunciado há pouco mais de um ano pela presidente Dilma Rousseff e em vigor desde 24 de janeiro ficou, na prática, abaixo do prometido à indústria.

A redução média percebida pelo setor até junho foi de R$ 14,4%. A meta anunciada pela presidente era de até 32% para este segmento -a média do corte industrial era de 20%, segundo o Ministério de Minas e Energia.

Os consumidores residenciais tiveram redução de 16% nas contas de luz. O objetivo do plano era cortar o preço da tarifa residencial em 18%.

Os dados foram levantados pela Folha a partir do relatório de acompanhamento de preços praticados no setor feito pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Clique e leia toda a reportagem.

Esse post foi publicado em ACT 2013/14, Saiu na imprensa. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Corte de tarifas de energia fica aquém de promessa

  1. poisze56 disse:

    Um bom assunto,
    O governo fez na hora e da forma errada. Tomou na cabeça. A mídia tem discutido muito.
    Prejudicou as empresas, e depois de alguma forma está meio que voltando atrás. O que importa é o “IBOPE” eleitoreiro. 10 anos de(des) governo que mistura idealogia de um partiddo com governo. Mesmo que desse a energia de graça, não resolve o problema que é sistemático.
    Faltou competência para o Governo, opa digo lá, PT.
    É hora do sindicato pensar um pouco neste descaso com a energia. O Governo até estaria estatizando algumas empresas do norte. O Planejamento que não houve está 10 anos atrasado e agora, fazem medidas sem pensar nas consequencias. E olha só como está meio cótico: termicas caras apagões em tudo que é canto. Falta de visão. LTs longas e sem redundânia, etc.
    O Sindicato deve acompanhar mais e palpitar junto ao governo. Legal este post.

  2. plantao10 disse:

    Gostaria de saber oque os sindicatos estão fazendo para impedir a venda da Copel, porque a sanepar já foi e eu não vi nem um movimento e a copel esta indo para o mesmo caminho e todos estão quetos.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s