MPT pede na Justiça que Copel pague R$ 67 milhões como PLR em 2013

Chegou às mãos da Justiça nesta sexta-feira (23) ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) que pede, em caráter liminar, que a Copel faça o pagamento da PLR conforme o último acordo coletivo de trabalho que aceitou realizar para tratar do assunto – ou seja, o de 2010.

Na ação, o MPT defende que “a base de cálculo do montante a ser distribuído deve corresponder a duas remunerações básicas, até o limite de 25% do total a ser distribuído aos acionistas. Em 2013, a Assembléia Geral Ordinária aprovou distribuição aos acionistas de R$ 268.554.291,29. [Portanto] Não está correto o valor que pretende a Copel distribuir aos empregados, de apenas R$ 28.446.605,14, pois ele corresponde a apenas 10,6% [do repassado aos acionistas]. Como em 2010 se utilizou o percentual de 25% o valor efetivamente devido e que deve ser distribuído linearmente aos empregados deve corresponder a R$ 67.138.572,83.”

“A distribuição [da PLR] aos empregados deverá se dar no prazo de dez dias a contar da ordem judicial, exceto se ocorrer negociação coletiva válida em sentido diverso e sem coação aos sindicatos”, escreve na ação a procuradora do Trabalho Margaret Matos de Carvalho.

Para justificar tal pedido, o MPT se baseia em súmula (uma decisão superior que serve de espelho para casos semelhantes) do Tribunal Superior do Trabalho, a de número 277, que diz que “as cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas integram os contratos individuais de trabalho e somente poderão ser modificadas ou suprimidas mediante negociação coletiva de trabalho”.

Em outras palavras, se o último acordo coletivo entre Copel e trabalhadores sobre a PLR é de 2010, então ele segue valendo e deve ser aplicado para o pagamento da participação nos lucros em todos os anos seguintes.

“Frente (…) à resposta dada pela Copel de que não manterá negociação coletiva com os sindicatos, e especialmente pelo constrangimento que a empresa está causando aos sindicatos, incitando seus empregados a se posicionarem contra estes, situação que se agrava com o passar dos dias e a demora no pagamento da PLR, o Ministério Público do Trabalho propõe a presente ação civil pública”, escreve a procuradora.

A ação tem “pedido liminar de antecipação de tutela (ou seja, de decisão favorável aos trabalhadores sem que seja preciso esperar o julgamento final), para garantir a ultraatividade das condições negociadas para a PLR 2010, o respeito à legislação vigente, a consagração da negociação coletiva como instrumento hábil de pactuação da PLR e, principalmente, para promover a paz social, objetivo maior do Direito do Trabalho e, por decorrência, deste Judiciário Especializado.”

A argumentação

“Após o ano de 2010, [a Copel e suas subsidiárias] se recusaram a manter negociação coletiva com os sindicatos ou mesmo com a Comissão de Empregados de Negociação de Participação nos Lucros ou Resultados (CENPLR), o que motivou a apresentação de denúncia pelos sindicatos que representam os empregados da Copel”, anota Margaret.

“Informaram os representantes da Copel que ‘em razão da Lei Estadual 16.560/2010 e o Decreto Estadual nº 1978/2007 e do fato de que o montante a ser distribuído é de atribuição exclusiva da Assembléia Geral Ordinária e, portanto, a PLR já se encontraria inteiramente regulamentada, inexistindo margem para negociação coletiva’”, prossegue a ação.

“Ao contrário do que afirmaram as rés, há amplo espaço de negociação coletiva. E, ainda, na data em que foi firmado o último acordo coletivo (28 de dezembro de 2010, cujos valores negociados e aprovados na AGO foram pagos em 2011), já se encontrava em vigor a Lei Estadual 16.560/2010, publicada no Diário Oficial nº 8280 de 09 de agosto de 2010. Portanto, referida lei não impede que os fatores acima exemplificados não possam ser debatidos em negociação coletiva”, crava a procuradora.

“[Mas,], Em audiência realizada em 13 de maio, em seu depoimento, a diretora-presidente em exercício [Yara Eisenbach] reafirmou que a Copel não vai entabular negociação coletiva com os sindicatos que representam os seus empregados para negociar a PLR 2012/2013. Contraditoriamente informou que aos sindicatos a Copel já havia encaminhado o acordo coletivo para que fossem colhidas as assinaturas dos representantes legais, sem o que não haveria o pagamento da PLR. Disse e quis dizer aos sindicatos: ‘É pegar ou largar’ e ‘depois que os sindicatos se acertem com os seus representados’, em retumbante desdém ao princípio constitucional de valorização da negociação coletiva como instrumento de convenção de condições de trabalho”, prossegue.

“Não é mais possível que os empregados sigam prejudicados pela falta de negociação coletiva. E os sindicatos que os representam igualmente não podem permanecer sofrendo tão grave coação e reféns da arbitrariedade da Copel. (…) Considerando o teor da Súmula 277 do TST, se pode concluir que as condições fixadas no acordo coletivo específico sobre a PLR firmado no dia 28 de dezembro de 2010 permanecem em pleno vigor”, argumenta Margaret.

Multa de R$ 10 milhões à Copel por “danos coletivos”

Na ação, o MPT também pede à Justiça que:

. a Copel se abstenha de pagar a PLR sem realizar negociações para isso, como manda a lei;

. os valores pagos como PLR em 2011/12, “ante a ausência de requisito essencial para sua validade, ou seja, negociação coletiva prévia, devem ser considerados de natureza salarial, integrando os salários dos empregados para todos os fins e efeitos”;

. declare “a ilegalidade do pagamento de valores a título de ‘prêmio desempenho’ ocorrido no ano de 2012, pois seu objetivo foi reduzir o montante a ser distribuído a título de PLR, em ofensa à Lei Estadual 10.560/2010”;

. obrigue a Copel a fazer “a redistribuição linear da soma dos valores pagos a título de ‘prêmio desempenho’ em 2012, na forma do que determina a Lei Estadual 10.560/2010”;

. condene a Copel “para que se abstenha de realizar atos ou práticas que impliquem em conduta antisindical ou práticas desleais, em especial que tenham por objetivo impor às entidades sindicais assinaturas em ‘acordos coletivos’ sem a prévia negociação coletiva, sob pena de multa de R$ 20 mil por ato praticado, por empregado prejudicado e por dia de descumprimento”;

. condene a Copel pelos “danos coletivos causados, a pagar a título de indenização o valor de R$ 10 milhões, reversível ao Fundo Municipal da Infância e Adolescência ou a uma das entidades assistenciais cadastradas pela Comissão de Responsabilidade Social da PRT 9,ª Região”.

O porque da “demora”

Após a publicação de nota sobre a audiência realizada entre Copel e sindicatos perante o MPT, não mais que uma dúzia de colegas usou o espaço de comentários deste blog e das redes sociais para cobrar (por vezes de forma grosseira, chegando a usar ofensas pessoais contra dirigentes sindicais) “novidades e informações”.

Pois bem – a peça que embasa a ação civil pública em defesa de todos os copelianos (inclusive os defendidos por sindicatos que já assinaram o “acordo” proposto pela empresa) tem 42 páginas. Sua elaboração, obviamente, tomou tempo – e pouco tempo, a nosso ver, dada a complexidade do caso e o rico conteúdo da argumentação do MPT.

Enquanto a procuradora do Trabalho preparava a ação, não havia o que noticiar. Só poderíamos fazer isso quando houvesse um fato – ou seja, quando a ação chegasse à Justiça. Isso ocorreu nesta sexta-feira – e, de imediato, aqui está a notícia.

Por fim, este blog, bem como as redes sociais mantidas pelo Coletivo Sindical dos Empregados da Copel, é um espaço democrático, em que há abertura inclusive para críticas ao trabalho das entidades (como pode ser observado numa rápida leitura aos comentários). Tal abertura, porém, não exime os autores de comentários da responsabilidade pelo que afirmam (ainda que o façam anonimamente).

Durante todo o andamento do imbróglio da PLR, os sindicatos reunidos neste Coletivo trabalharam para que a Copel cumprisse a lei e negociasse o pagamento, e depois provocaram o MPT a atuar no caso. Se não fosse assim, esta ação não estaria na Justiça.

Esse post foi publicado em Notícias do Coletivo, PLR. Bookmark o link permanente.

92 respostas para MPT pede na Justiça que Copel pague R$ 67 milhões como PLR em 2013

  1. pacman171 disse:

    Xupem desacreditados e mediocres!
    Vamo pro pau!!!

  2. digaumfbg disse:

    Parabéns aos sindicatos.

  3. kotzenn disse:

    A notícia é boa, porém, até agora não houve conquista alguma. Antes de xingar quem duvidou, pense mais. Não temos nada ainda.

  4. kotzenn disse:

    E quando haverá uma ordem judicial? O que devemos esperar por agora? Sim, sou leigo.

    • coletivocopel disse:

      Não há prazo para a Justiça se pronunciar. Porém, ao menos para o pedido de liminar, o julgamento não deve demorar. Assim que a ação receber número de protocolo, vamos publica-lo aqui, para que todos possam acompanhar o andamento.

  5. gostaria de saber sou leigo na area júridica, pelo que entendi independente de caber recursos para a copel o dinheiro tem que ser pago é isso mesmo desde ja agradeço obrigado.

  6. copeldis disse:

    Fico grato ao sindicato e seus colaboradores ante a luta empenhada no acordo PLR 12. Porém, a guerra não acabou, agora aguardar a COPEL se manifestar. Realmente espero que nossos diretores valorizem o trabalho de todos e paguem aos funcionários o suor de todo o ano passado. E parem de valorizar tanto os acionistas e baixem os valores repassados R$ a estes, afim de livrar a companhia de prejuízo. Baixem de 35% para 15,20%… O que já é um bom valor… Enfim…

    E agora aguardar e já planejar o ACT desse ano. E não ficarmos de enrolando na negociação. Sindicatos marquem as reuniões e divulguem intensamente as datas, para depois não ficarem reclamando. Na hora da negociação sejam firmes e atentos as reinvidicações.

    E mais uma vez reintero, vamos ficar de olho nessa diretoria, pois o que estão fazendo é de se preocupar, ante a uma possível PRIVATIZAÇÃO.

    • coletivocopel disse:

      Meu caro, se alguém enrola negociações de ACT, certamente não somos nós. Reuniões são intensamente divulgadas (se não acredita, faça uma busca nesse blog). Somos firmes para negociar, mas para conseguirmos mais conquistas, é preciso que todos os trabalhadores sejam firmes para reivindicar. Abraço.

  7. Cintia Froes disse:

    Obrigada pelas informações e aguardamos o andamento do processo. Independente de qual seja o resultado, está sendo mostrado para a COPEL que precisa mudar sua conduta com empregados e sindicatos.

  8. disunida disse:

    Parabéns… Parabéns
    como disse a amiga …está sendo mostrado para a COPEL que precisa mudar sua conduta com empregados e sindicatos.
    Chega de intransigencia e arrogância!

  9. Quando o advogado protocola a Reclamação Trabalhista, ela será distribuída para uma das varas do trabalho do fórum no qual foi protocolada.

    Nesse momento, já fica marcada uma primeira audiência que pode ser de 1 a 5 meses, aproximadamente, após a entrada da ação no fórum. Note que esse tempo pode ser diferente em cada canto do Brasil.

  10. Caso não haja acordo e a audiência não seja remarcada para a instrução do processo, as partes deverão aguardar o juiz jugar o processo, o que pode demorar até 1 ano.

    Depois que o juiz julga o processo, se nenhuma parte recorrer da decisão, começará a fase de liquidação e execução que poderá também se estender por um longo período.

  11. Parabéns! Porém ” não mais que uma dúzia de colegas usaram espaço deste blog para comentar” acredito não ser a verdade, e isso não justifica a falta de informação em todos estes dias. Poderiam sim ter postado alguma outra informação.

    • coletivocopel disse:

      Meu caro, dezenas colegas postam aqui. Não mais que uma dúzia são os que se manifestam de maneira agressiva e grosseira. Sobre a falta de informação, creio que fomos claros – com a ação sendo elaborada, não havia o que informar sobre a PLR. Isso é um fato, não uma questão de opinião ou de “eu acho que”. Um abraço fraterno.

  12. Olha, se esse processo não demorar muito e recebermos a mesma quantia que estão pedindo. Pedirei desculpas aqui, no facebook e no twitter à todos aqui que são a favor dos sindicatos e inclusive aos sindicatos. Aliás, mudarei de lado e começarei a lutar junto ao sindicato, tirarei o chapéu mesmo. E tenho dito. Oremos.

    • coletivocopel disse:

      Lutar ao lado do seu sindicato depois da batalha ganha é fácil. Precisamos de você ao nosso lado justamente para conquistar as vitórias. Como já explicamos aqui, sindicato não é prestador de serviços, mas sim fruto direto da união e da luta dos trabalhadores que o formam para representá-los. Vamos nessa? Um abraço.

  13. Desculpem as postagens “picadas”. É que estou postando do Iphone.

  14. handder disse:

    Parabéns + parabéns a todos os sindicatos! Nós vivemos um momento onde a imposição e falta de dialogo por parte dos diretores indicados por este governo tentam imperar com mãos de ferro. Parece a meu ver, um retrocesso aos anos “áureos” da industrialização retratada de forma crítica no filme “tempos modernos”. Acredito como tantos outros colegas que devemos manter a união e paciência, buscando na maneira possível dialogar e, não sendo possível apoiar os sindicatos e autoridades nas ações que forem movidas para o bem comum.

  15. Coletivo Sindical, acho que não fui claro… o que quis dizer é que agora to apoiando os sindicatos, porém se ganhar isso aí e em pouco tempo, tirarei o chapéu e vestirei a camisa mesmo. Por enquanto passe de “não apoio” para “estou começando a apoiar”. Ganhem esta batalha que estarei junto na próxima briga.

    Um dúvida, a Copel pode recorrer ao recurso e atrasar ainda mais nosso pagamento?

    Obrigado.

    • thezunido disse:

      Sou leigo também, mas acredito que não só possa como vai fazer.
      Creio que seja uma norma da empresa de procurar esgotar todos os caminhos judiciais.
      Não creio que venha logo esse dinheiro, mas espero que venha no tempo que for necessário.
      Já por isso que a alguns anos nunca espero vir esse dinheiro.
      Assim a ansiedade diminui e já estou preparado para sobreviver sem ele.
      “quem de vós, querendo construir uma torre, não se assenta primeiro e calcula a despesa, para ver se tem bastante para completá-la?” Lucas 14:28.

      • Pelo que entendi, Thezunido. Se o Juiz determinar que o MPT está certo, ele pode determinar que a Copel pague independentemente se vai recorrer ou não. Só que sou muito leigo no assunto mesmo e acredito que estou interpretando terrivelmente mal.

  16. thezunido disse:

    Isso sim!
    Se o STAFF está planejando desmontar a empresa (e está fazendo), desrespeitando todos os, que ela mesma chama, colaboradores, agora que sirva de exemplo para todos.
    Para a Copel, que possa ver que não se pode brincar de ditador aleatóriamente,
    Para os sindicatos, que procurem tomar ações rápidas e eficientes procurando os organismos responsáveis que arbitrem sobre os interesses legítimos dos empregados vs. empresa,
    Para os empregados, que vejam que daqui para frente não acredito mais em qualquer ganho que não seja por esses meios.
    Estejamos conscientes disso e apoiemos quem nos defenda. Mesmo que alguns achem esses ineficientes, porém são o que existem.

    Vamos a luta.
    Esse próximo ACT promete coisas daí para pior.

  17. araponga31 disse:

    Nesse momento eu fico feliz por todos aqueles que vieram aqui e manisfestaram apoio à classe trabalhadora através dos sindicatos. Os sindicatos já pisaram na bola, mas dessa vez merecem os parabéns de todos.
    Realmente, mesmo que a guerra judicial esteja apenas começando, estou muito feliz comigo mesmo por ter apoiado meus colegas e amigos e porque a Copel, mesmo que à força, tenha que respeitar àqueles que verdadeiramente trabalham.

  18. araponga31 disse:

    Nesse momento eu também deixo meu pesar por aqueles que só criam conflito no blog, por aqueles que acham que somos porcos para receber os restos.
    Onde estão inri, pe vermelho, cope lino, aldri lobato, henry fiat (ou ford?) e a bancada desagregadora do blog?
    Só deixo o meu “sinto muito” para vocês.

    • copelino disse:

      …araponga31 porque desagregadora?! e porque sinto mto!? sente muito do que? vc ja recebeu e eu não…é isso???!!!
      sempre critiquei e vou continuar a criticar o sindicato é meu direito, não concordo com um monte de coisas, desde o ano passado quando fui apoiar o sindicato, contra um monte de colegas e depois passei vergonha com aquela baianada que foi o ACT só por isso e pelos outros anos em que sempre vejo uma pauta gigante e uma ACT pífio sendo assinado por um sindicato mais pífio ainda, esta ação que agora esta sendo tomada poderia e deveria ter sido tomada a um ano ou no máximo no ACT do ano passado o que não ocorreu, então não esperem meus parabéns, porque ainda não o terão, ainda não o merecem, o farei em caixa alto se o merecerem mas ainda não, não cometerei o mesmo erro do ano passado, quando me indispus com colegas em defesa do sindicato e depois tive de aguentar piadas, se não tenho mais confiança neste sindicato, é pelas atitudes dele, sindicato…
      e quando estamos todos ligados na PL e no ACT que se aproxima vem o sindicato e publica aqui uma, duas noticias sem relação direta…lógico vamos arrepiar, fica claro que estão enchendo linguiça…coloca-se la então: NÃO SABEMOS DE NADA POR ENQUANTO…BLA BLA BLA, mas algo a ver com o que interessa e não o que colocaram la, porque se colocam isso numa época dessa é de se esperar que os comentários
      seriam um pouco “aspres” né??!!!
      COLETIVO: se não quer comentários “grosseiros” tem opções para isso: MODERADOR, NÃO PERMITA COMENTÁRIOS OU A MAIS FÁCIL, PUBLIQUE E RESPONDA SEMPRE QUE POSSÍVEL AOS QUE POR AQUI PASSAM ISSO EVITA QUE OS BOATOS E MAL DIZERES SE MULTIPLIQUEM.

      • araponga31 disse:

        Não recebi, mas assim como você, em vez de receber 3 podemos receber 6. Só a possibilidade, nesse caso, já está valendo esperar. E se tiver que esperar um ano, eu espero também, porque quero o que é justo.
        Sinto muito porque vai ter que pedir desculpas depois, vai ficar com cara de cachorro arrependido, sendo que não precisava ficar fazendo baianada aqui no blog, enchendo o saco o tempo inteiro e sendo pessimista. Se estava insatisfeito, que fizesse críticas construtivas. Eu prefiro acreditar que pode dar certo e seguir a minha consciência.
        Eu já falei e volto a repetir: o sindicato fez trapalhada no ano passado, todos sabemos, mas passado já era, tem que acertar agora e no futuro.
        Se os caras do coletivocopel começarem a não permitir comentários contrários será anti-democrático e isso não deve(ria) acontecer.
        Outra: você quer que eles fiquem publicando as estratégias deles (se é que eles tem alguma) aqui? Isso é bem coisa de juvenil mesmo, é dar armas para ao oponente.

      • dark0513 disse:

        vc deve ser branco de olhos azuis para usar o termo “baianada” como sinonimo de atrapalhada. Um tipico preconceito sulista tucano.

      • copelino disse:

        araponga31 nunca pediria desculpas a vc kkkkk nem ficaria com cara de cachorro arrependido {como é a cara de um cachorro arrependido??}…não se iluda pequeno padawan, o sindicato nunca mostrou ter força pra nada nos últimos anos, porque agora teria!!!???

  19. araponga31 disse:

    Ah pevermelhoo, tenho uma coisa para te dizer: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  20. P-A-R-A-B-E-N-S!!!! Deixo aqui minha grande satisfação e orgulho pela ação tomada pelos sindicatos! Sei que muitos os que reclamaram foi pela pressa em receber o dinheiro devido a dívidas. Mas precisamos deixar de fazer isto para poder ter condições de brigar por nossos direitos, que são muitos e não são respeitados, e não mais ser tratatos com descaso por alguns diretores que acham que podem tudo.

  21. daniel0da0sdo disse:

    e os meus dois colegas que estavam sofrendo perseguiçoes pela gerencia e foram mandados embora , como fica a situação deles:?os cara se arrebentavam de trabaçhar eram plantão e não tinham empreiteira p ajudar não.os cara faziam corte,religa,toi ,inspeçoes,lig nova,emergencia,trocavam trafo,cruzeta,,roçada,atendiam clientes em casa.,faziam ate manutenção na propria caminhonete que eu mesmo presenciei um deles em momento de folga arrumando prob mecanicos,pois a oficina cregenciada da copel ficava em outra cidade.,os cara tem familia,crianças pequenas ,mulher de um deles sofreu AVc faz dois anos esta debilitada.,..Será que essa diretoria não ve o que certos gerentes fazem,,esses caras não tem coração….fazer isso com dois trabalhadores indefesos que não tem contato politicos ,se submeteram a ficar isolados do mundo em plantaozinho no meio do mato.e Pior que o cara que perseguiu eles foihomenageado recentemente e subiu de cargo….só nessa copel mesmo…………………………….desabafo de um colega que viu duas familias destruidas.

    • eletricistasdo disse:

      AMIGO JÁ ENTROU EM CONTATO COM SINDICATO LOCAL.?ME LIGA TENHO UNS CONTATOS COM UM ASSISTENTE DE POLITICO QUE VIAJA DIRETO P BRASILIA,O CARA ADORA CARA QUE SE ACHA MELHOR QUE OS OUTROS. SE FOR VERÍDICA ESSA SUA HISTÓRIA ESSA SITUAÇÃO VAI SE REVERTER , QUEM TEM QUE SER MANDADO EMBORA É SSE GERENTE QUE PERSEGUIU ELES.,ASSEDIO MORAL JÁ ERA UMA VEZ…..041.99245667..

  22. Mi Quadros disse:

    Esperamos que a lei e a justica triunfem sobre as arbitrariedades praticadas pela diretoria da Copel em detrimento dos empregados, pois tais atos so revelam o descaso da atual gestao com todos aqueles que geram o lucro da empresa e “engordam” os bolsos dos acionistas, ou seja, os trabalhadores!

  23. Jango Luvre disse:

    Balanços da Copel DIS:
    2010 – receita – 8,2 bilhões – lucro 0,524 bi… – investimento: 0,676 bilhoes
    2011 – receita – 9,2 bilhões – lucro 0,535 bi… – investimento: 0,516 bilhoes
    2012 – receita – 9,7 bilhões – prejuizo 0,043 bi… – investimento: 0,778 bilhoes
    2013 – receita – ? bilhões – Ebitda -0,101 bi… – investimento: 0,986 bilhoes
    Pedido de prorrogação da concessão enviado em 31/05/2012 por mais 30 anos…

    Alguém acha que o culpado pelo prejuizo é o eletricista que sobe na chuva no poste?

    Ou é convenientemente interessante que a DIS de prejuizo? Privatização a vista?
    Por que esse esforço da empresa em colocar empregados contra os sindicatos?

    • personavenia disse:

      O que o MP, do trabalho ou outro, acha disso? Não é ecerto culpar os empregados.
      O que ocorreu esta sem transparência. Pelo jeito é mais um processo. ou não é mais um processo.
      Postum Scriptum: Parabens ao Sindicato. Aproveitem o momento que há muita coisa escrita aqui. E sobre o novo PCS. R Peao: Parentismo Coligado ao Salario.
      Mas As promoções gerenciais sempre foram obscuras, pois eles concorrem com uma verba outra, mas tira uma vaga, as vezes o gerente dança porque tem um desafeto ou um P na jogada(=Parente ou Político ou Puxa). Isso tem que ser negociado, ou ao menos esclarecido.

  24. Copeliano disse:

    Novamente parabéns ao SINDICATO e espero que desta vez estes desesperados que já “gastaram” a PLR tenham paciência para que possamos negociar com sabedoria.

  25. PESSOAL. SEGUINTE. SÓ É NOSSO O QUE ESTÁ NO BOLSO. ENTÃO O NEGÓCIO É APOIAR NOSSO SINDICATO, SEM NEURA. NÃO CONTAR COM O OVO ANTES DO TEMPO,NOS DÁ MAIS CONFORTO PARA AGUARDAR COM CALMA AS DECISÕES MELHORES. UMA PENA QUE AQUELES QUEM CORRERAM NA FRENTE, DEPOIS ACABEM RECEBENDO IGUAL AOS QUE ESPERARAM. PENA QUE NADA POSSA SER FEITO. SE PUDESSE APRENDERIAM A IR COM OS OUTROS.

  26. bau2005 disse:

    PARABENS, como disse anteriormente a resposta só dependeria do MPT terminar o processo, mas agora vamos arregaçar as mangas e trabalhar pelo ACT 2013/2014. Lembrando só mais uma coisinha para o coletivo, ESTA DIRETORIA TÁ ENFIANDO A COPEL NA MERDA, tá na hora de ver a possibilidade de fiscalizar as ações desta DIRETORA diretoria, pois são muitas situações que caminham para prejuízos, depois jogam a culpa nos funcionáros. Corram façam o que for preciso. Um grande abraço a todos, e Parabéns ao COLETIVO.

  27. E mais… A COPEL deveria ser obrigada a rever os valores pagos no anos anteriores – pelo menos a PLR paga em 2012 -, já que a mesma coação aconteceu nesse período. É um pleito a ser buscado pelos sindicatos, agora com apoio do MPT.

  28. É povo, ação trabalhista as vezes nos engana… quando parece que a coisa é simples e se resolve em um passe de mágica; não acredita não. O mais rápido para o tramite de uma ação é algo em torno de 1 ano. Veja o caso da Sanepar – já passa de ano.
    OREMOS…

    • araponga31 disse:

      Tenho certeza que a Copel, ou a diretoria da Copel, buscará o que é melhor para ela, ou seja, menos custo com os funcionários. Essa luta vai longe ainda.

      • Concordo contigo, araponga31. Melhor nem pensarmos nisso, pois demorará pelo menos 1 ano. O Negócio agora é começar a discutir o ACT deste ano. Como disse nos comentários anteriores, agora estamos do mesmo lado, botei fé no sindicato. Espero que ganhemos este processo. Abraço.

  29. soucopel1978 disse:

    A DUPLA FUNÇÃO ta enrrolada!!!!!!!

  30. inri11 disse:

    Resposta á araponga31 em “Onde estão inri, pe vermelho, cope lino, aldri lobato, henry fiat (ou ford?) e a bancada desagregadora do blog?
    Só deixo o meu “sinto muito” para vocês”
    Meu caro, você precisa se informar melhor sobre direito, não temos vitória nenhuma sequer ainda, o sinto muito é pra você que sonha com o mundo perfeito, o processo ainda nem foi protocolado e vc acha que logo vamos receber,KKKKKKKKKkkkkkk sente e aguarde, quando isso acontecer, aí sim conversaremos melhor, ou vc acha que a empresa está brincando de fazer birra!!!1 por favor seja mais coerente!!!!!

    • araponga31 disse:

      Onde eu falei que já tínhamos ganhado? Você é outro que não sabe interpretar texto?
      Pelo contrário, já comentei que a guerra será longa.
      Mas eu prefiro quebrar a cara por acreditar que vai dar certo do que ficar torcendo contra. Se você for trabalhador da Copel, está torcendo contra si próprio, muito paradoxal isso. O cara que não sonha com algo, já morreu e não sabe. Acho que você está penando e não sabe…

    • personavenia disse:

      Pode ser que não se ganhe. No Brasil tudo é possível. Mas o mérito é que a empresa desconhece um pouco as leis, ou não quis reconhecer.

  31. Bom dia a todos. Primeiro parabenizar o sindicato pelo que vem acontecendo. SHOW DE BOLA!!!! Tudo que for a nosso favor, excelente. Tudo que for contra esses diretores espartanos e principalmente a Dona Yara Machadão, SHOW DE BOLA AO QUADRADO!!!.

    Estive pensando num protesto silencioso, o que acham de mandarmos fazer alguns adesivos do tipo: Um tucano pisando no simbolo da Copel ou mesmo rasgando o simbolo? E espalharmos ao estado inteiro, colocarmos em nossos veículos particulares, bem como nos veículos dos nossos parentes e amigos. Dessa forma, rapidamente estaremos mobilizando a mídia em querer saber do que se trata, e posteriormente a sociedade. Mostrar os resultados que essa diretoria vem conseguindo, ou melhor, não vem conseguindo. Não basta somente brigarmos pela PL ou pelo ACT, mas em mudar os caminhos da empresa que nós construímos, No ritmo que esta em pouco mais de uma ano poderemos dizes ADEUS ao nosso emprego.

    Mostrar que os empregados estão pagando pela incompetência de poucas pessoas que só fazem algo em benefício próprio, e pior, acabando com uma empresa sólida e de respeito.

    É justo 11 pessoas, ou melhor, 11 crias do Richa e Lerner acabarem com uma empresa que emprega 8000 pessoas, e que, indiretamente, estão envolvidas mais de 30000 pessoas entre familiares?

    É justo a nós, que estudamos para entrar em um concurso público, sermos culpados de tudo que acontece na empresa, enquanto o Sr Richa enfia aqui dezenas de incompetentes transformando em cabideiro de emprego essa empresa de respeito, e, enquanto estamos nessa ardua luta, o beleza do sr governador na Europa passeando com o Sr Lindolfo?

    O nosso embate inicial foi dado, mostramos aos espartanos que não somos ignorantes, tampouco deixaremos eles enfiarem nossa empresa no buraco. Mas precisamos mostrar para a sociedade o que vem acontecendo, e de forma inteligente.

    Experimentem dizer a qualquer morador do estado que um diretor recebeu ano passado mas de 80.000 de PL por ele enfiar a empresa no buraco, e veja a reação dele.

    Precisamos mudar o foco e nos mobilizarmos. Dona Yara Machadão tentou nos jogar um contra os outros mas não conseguiu. É hora de virarmos o jogo.

    Quando pensarem em desistir, ou mesmo fraquejar, pensem que dona Yara Machadão culpou todos nós, absolutamente todos nós, pelo prejuízo da DIS. A Copel não é governo, não é diretor, tampouco divisão. A Copel somos nós, juntos e unidos, sem distinção em DIS, GER, TRA, e TELE. Prejuízo demos a nós mesmos, por sermos tão calmos e aceitarmos o que vem acontecendo de forma tão pacífica. Temos que sair desse blog e irmos a mobilização da sociedade.

    Abraços e fiquem com Deus.

    • kdmeudinheiro disse:

      Estou contigo meu Amigo Vergonhasempre!!! Precisamos mostrar a população oquê este governo está fazendo com a Copel!!!! Temos nos mobilizar, mesmo de maneira silenciosa e mostrar a verdadeira face de alguns diretores!!!! Ser chamadas de “ESTES INDIVÌDUOS” que deram prejuízo a Copel, referência aos colaboradores da DIS ninguém merece!!!!

    • soucopel1978 disse:

      Politizar o tema é um tiro no nosso pé, logo logo a população fica contra nós!!! Para a maioria da população, copeliano ganha bem.

    • personavenia disse:

      Corre o boato que em Brasilia já se sabe dos altos ganhos da direção. E considerando que deu prejuizo. Alguém sabe notícias a respeito?

    • eletropel disse:

      Sou novo no blog, temos que deixar todos os problemas de lado e nos unirmos o que está acontecendo é um pouco do que nós eletrecistas “unidos” podemos fazer e é isso que a atual diretoria sabe (o poder que temos) e tenta nos colocarmos uns contra os outros

  32. disunida disse:

    Mas a comunidade precisa saber!
    A informacao que todos receberam eh que nao havera mais contratacoes nos proximos tempos, quem sera afetada eh a populacao onde vai perder na qualidade do servico prestado.
    se chegar a esta instancia a populacao vai “apoiar possivel privatizacao”
    apoio o comeco do alerta

  33. E aí contabilistas, advogados, administradores, bibliotecários,…e todos aqueles que estavam contra querendo a todo custo a migalha de 3.100,00…..vocês deveriam ficar com isso só, afinal não estava bom ??????

  34. PARABÉNS ,PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS AOS SINDICATOS E AO MPT PELA INTERVENÇÃO EM FAVOR DOS SERVIDORES COPELIANOS

    E:

    \\\\\\\\\\\\\ /////////////
    \\\\\\\\\\\\\ /////////////
    \\\\\\\\\\\\\ /////////////
    \\\\\\\\\\\\ DIGA NÃO A ////////////
    \\\\\\\\\\\\ ////////////
    PRIVATIZAÇÃO !
    //////////// \\\\\\\\\\\\
    //////////// \\\\\\\\\\\\
    ///////////// \\\\\\\\\\\\\
    ///////////// \\\\\\\\\\\\\
    ///////////// \\\\\\\\\\\\\

    FORA TUCANALHAS, A COPEL É DO PARANÁ E DOS PARANAENSES

  35. pevermelhoo disse:

    Respondendo ao Arapongas31, pelo qual cumprimento os demais membros do sindicato:
    Sempre vim aqui no blog com a intenção de obter informações e sempre que me estressei foi exatamente por não obtê-las!
    Parabenizo ao Sindicato por desta vez apresentar informações concretas, e como disse em post anterior, “enquanto houver prazos – iremos esperar”…
    Sou e sempre fui A FAVOR do sindicato, e espero fielmente que desde já, comecemos a preparar o ACT juntos… o PLR não depende mais de nós, esta nas mãos da justiça, e sabemos que pelo menos a justiça do trabalho é eficiente em seus prazos e justa em seus julgamentos… mesmo diante de todos os recursos que a Copel se utilizar, teremos êxito!
    Iniciemos os preparativos ao ACT (sobre o qual também espero maiores informações).
    Peço desculpas se caso alguém tenha se sentido ofendido por algo que digo… sempre leio todos os posts e cada um tem razão em parte do que diz, a função do sindicato é reunir todas estas “cabeças pensantes” e irmos a luta por melhorias.

    Abraço a todos

  36. dark0513 disse:

    esses que usam ofensas pessoais aos sindicalistas são os arautos e adeptos da meritocracia(eufemismo criado para substituir o puxa saquismo para com os superiores hierarquicos). São aqules que tem horror à luta sindical, mas não vêem inconveniente em lamber as botas de gerentes , superintendentes, etc, enquanto apunhalam colegas de trabalho para garantir uma migalha denominada estágio.

  37. pacman171 disse:

    Bom dia peaozada!
    Kd a galera do cheque especial?:???????
    todo mundo calado desde sexta… ja tem gente mudando o discurso, é brincadeira hein peidoleteadores!!!!
    Otima semana a todos, aki no oeste com muito frio e lama!

    Abç´s

  38. Enquanto o povo gastar mais que tem ou “penhorar o cheque” antes do depósito vai ser dessa forma! Desespero puro para receber a PLR.

    Parabens sindicato, vocês estão no caminho certo!

  39. Charles Sow disse:

    Economistas acabaram de assinar!!

  40. Parabéns a todos os interessados numa PLR digna, justiça seja feita…
    Os retos o verão, e se alegrarão, e todos os maus se tapará a boca.
    Salmos 107:42
    att. Wanderlei

  41. thezunido disse:

    Que estratégia mais sem graça dos sindicatos minoritários.
    Os economistas assinaram para pegar os trocados e deixar rolar o processo junto com a maioria.
    Se falta de escrúpulos, mesmo sendo direito deles.

    • bau2005 disse:

      São estes que irão primeiramente ao paredão, mesmo lambendo muito serão os primeiros a serem fuzilados pela privatização, já tem muito ex-gerente entrando em depre pois perdeu cargo e agora tem que trabalhar igual aos demais, o problema é que terão q aprender desde o começo pois não sabem como é trabalhar de verdade. e com isso agregando mais passivo trabalhista para a empresa, pois seus salários são altos e estão fazendo a mesmas coisas que atendentes e tec. administrativos que tem salários inferiores, o que acontece na sequencia? Bum ações de equiparação salarial. Aí é fácil falar que funcionário dá preju pois eles estão apenas atrás do direitos que a empresa está facilitando para eles, até parece proposital.
      Rumores da Serra, dizem por lá que alguns diretores chegaram a ter dor de barriga com o resultado desta situação, acreditavam que nem sairia da reunião, ou no mais prejudicial seria como a do ano passado da SANEPAR, se enrolaram, e em especial uma pessoa está perdendo sono e a tranquilidade, está a base de calmantes pois está com o nervo a flor da pele. Só que o fel virá no ACT, esta pessoa prometeu.
      Companheiros teremos que nos unir como jamais nos unimos antes para o próximo ACT e o do ano seguinte. Sindicatos PARABÉNS novamente, estão com a faca e o queijo na mão, agora vamos a assembleias e no mínimo empatar o ACT e fazer valer o paragrafo único que diz do adiantamento do 1% de GANHO REAL. Não deixemos a peteca cair. Um abraço a todos e que Deus nos proteja e nos ilumine.

  42. quepateta disse:

    Quero agradecer ao MPT, pois considerando a fama de uma justiça lenta, em poucos dias hove uma resposta. Entendo que o MPT sensibilizou-se com a Questão com a Copel.
    Agora. o que devemos ter é paciência e tolerância. Pensar , conter os ímpetos.
    Não se trata de uma “guerra” e sim de uma negociação que vai se forjando, sendo esclarecida e vamos então confiar nos trâmites para um resultado melhor para ambos os lados.

    • coletivocopel disse:

      O MPT merece, de fato, todos os elogios. Alertado pelos sindicatos sobre o que vinha ocorrendo, foi rápido em se posicionar em defesa da lei e dos trabalhadores. Mas cabe uma correção: Ministério Público e Justiça são coisas diferentes. O MP é vinculado ao Poder Executivo, e tem como função atuar, na Justiça, como defensor ou promotor público. Um abraço.

      • bau2005 disse:

        Amigos do Coletivo não é só isso que está em jogo, está acontecendo muita coisa por baixo dos panos, basta que seja fiscalizado a fundo que muita mercadoria vem a tona, licitações estranhas, empresas ganhadoras destas mais estranhas ainda, como já disse anteriormente, fiscalize e denuncie o que estão fazendo com a copel.
        Um abraço a todos.

  43. enzosuriel disse:

    Esses sindicatos minoritários são uns covardes… Como não se pode impedir que esses frouxos também ganhem as vantagens caso nosso majoritário ganhe essa labuta, deveria então se aplicar uma multa a esses sindicatozinhos, proporcional ao que ganhemos a mais por direito.
    Ex: ganhamos mais uma remuneração? Então o valor desta deveria ser cobrado (como punição por terem concordado e assinado o acordo) desses por cada sindicalizado.

  44. ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-
    ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-ACT-

    ACT 2013-2014
    proposta para a act 2013-2014 cláusulas economicas: reposição da inflação, MAIS aumento real de 8% , VA de R$ 900,00, que a copel patrocine inteiramente o plano de saúde, coparticipação nas consultas e exames de 10%,manutenção mínima de 50% da remuneração bruta na analise de pgto, opção do empregado em destinar até 12% da renda para o plano previdenciario com participação da copel na mesma percentagem, auxilio-educação de R$ 1000,00 extensivo aos dependentes para o ensino fundamental, médio, técnico e superior com participação de 80% da Copel no valor das mensalidades.
    auxilio creche de R$ 900,00 independente do sexo do empregado
    volta do anuenio;
    volta do PAMA, com cobertura equivalente ao dos dependentes;
    manutenção das conquistas anteriores, entre as quais a manutenção por 5 anos dos empregados e da fundação copel em caso de privatização, federalização ou unificação de subsidiárias.

  45. Pingback: Saiba como acompanhar o andamento da ação civil pública na PLR na internet |

  46. eletricistasdo disse:

    ATENÇÃO PIAZADA NOVA,,,ESTUDEM,,ESTUDEM APROVEITEM O MAXIMO O AUXILIO EDUCAÇÃO….FAÇAM CONCURSO P FORÇAS ARMADAS QUE É UMA MAMATA DO CÃO….MEU AFILHADO É TENENTE DO EXERCITO GANHA 6 CONTO POR MES.E FAZ PORR NENHUMA SÓ SUGA OS MILICO.ELE ADORA ESSES BUNDINHA FILINHO DE PAPAI QUE ENTRA NO EXERCITO….ENTÃO GAROTADA NOVA NÃO FIQUEM SE SIBMETENDO A CERTOS GERENTES AI NÃO…ESQUEÇAM ESSA COPEL .EU ME ARREBENTEI DE TANTO TRABALHAR NESSA COPEL.,E QDO FIQUEI ENCOSTADO POR CAUSA DE CIRURGIA NO OMBRO O FILH DA PUT DO GERENTE FICAVA FALAND PELOS CANTOS,QUE EU ANDAVA ENROLANDO…MEUS COLEGAS QUE ME CONTARAM……EU TO DE BOA MAIS 5 ANOS TO FORA SE PRIVATIZAR,,PRIVATIZOU ELETRICISTA SEMPRE VAI PRECISAR..PODEM FAZER O QUE FOR DE TECNOLOGIA,MAS SEMPRE VAI PRECISAR DAQUELE CABOCLO P FECHAR AQUELA CHAVE NO MEIO DO MATO,SEMPRE VAI PRECISAR DO CARA P TROCAR AQUELE BENDITO ISOLADOR OU ISOLAR UM PARA RAIO..QUEREM PRIVATIZAR.ELETRICISTA SEMPRE VAI EXISTIR..AGORA GERENTE DE AGENCIA….AFF ESSES AI……..

  47. Bell Ferreira disse:

    Alguém pode me informar, como fica a situação dos empregados que foram aposentados em 2011 e 2012, neste contexto??? APL

  48. Pingback: PLR: juíza nega liminar, mas vê irregularidade na proposta da Copel; MPT irá recorrer |

  49. Pingback: Desembargador quer ouvir Copel antes de se decidir sobre pagamento de PLR |

  50. Pingback: Em reunião, Copel apresenta diretores e indica interlocutor de possível negociação |

  51. Eu quero só oque tenho de direito , mas tem que ser todos os meus direitos !!!
    O Ministério Publico é quem vai dizer …

  52. Pingback: PLR: Copel se dispõe a distribuir já valor definido em Assembleia de Acionistas; ação do MPT seguirá na Justiça |

  53. Pingback: PLR: Ministério Público pede a Justiça para que reavalie pedido de liminar |

  54. Pingback: PLR: juiz concede liminar e obriga Copel a pagar R$ 28 milhões até próximo dia 17 |

  55. Pingback: PLR: como a Copel tenta camuflar em bondade uma ordem judicial |

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s