Copel aceita fracionar compensação de horas abonadas

Terminou sem grandes avanços o primeiro dia de negociações da pauta administrativa do Acordo Coletivo de Trabalho 2012/13.

A principal novidade é que a direção da Copel aceitou o parágrafo primeiro do item 27 da pauta definida pelos copelianos – a compensação fracionada das horas abonadas.

A implantação, porém, demandará algum tempo para ajustes no sistema.

A discussão prossegue nesta quinta-feira (4).

Anúncios
Esse post foi publicado em ACT 2012/13, Notícias do Coletivo. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Copel aceita fracionar compensação de horas abonadas

  1. personavenia disse:

    Olha,
    A meta da direção esta coreta, melhorar ou sanear a empresa.
    Mas não deveria ser a vista da perda do poder aquisitivo do empregado.
    Inflação real, x publicada. Custo de vida aumentando e expectativa de melhoria na empresa em pioria.
    Ano passado contratou-se centenas não foi? Não dá pra entender a falha na administração em não criar oportunidades para alguns empregados e chamou de concurso. O boate é que tem gente ociosa em demasia, ou então ocupando-se com algo não prioritário ou necessário. Muita gente em cima de algo de molezura.
    Cerca de uns 1200 e a meta para o PDV.
    A empresa não sabe aproveitar os empregados e está criando um clima em que muitos se demitirão por estarem apertados e irão tentar sustentar suas famílias de alguma outra forma.
    Já foi escrito. Muita gente pendurada na teta da empresa, alguns gerentes, meritocracias sob judice. Muito já se escreveu aqui.
    Mudem formas, regras, condições, regulações internas de forma a que quem trabalhe sinta vontade de ficar e não trabalhar por obrigação.
    – A gerencia há anos que usa de poder para resolver problemas e não conversa e isso é custo.
    Ganho real é piada. Criem formas de disparo para alguma situação. Afinal a empresa não prometeu um disparo de 1% agora? então é possível. A regra por ano está defasada.
    Por favor gente. Pensem em algo melhor.

  2. djcmancha disse:

    Como acabou a reunião? Quais os resultados? Pelo jeito mais uma vez os sindicatos fracassaram…

  3. poisze56 disse:

    Os boatos é que é pra diminuir ou nenhuma PL.
    Ao mesmo tempo a Copel alardeia que investirá 4 BI nos próximos 2 anos.
    bye bye PL.

    Joguei aqui o comunicado do sindenel

    http://sindenel.blogspot.com.br/

    terça-feira, 9 de abril de 2013
    Direção da Copel não atende os pleitos dos trabalhadores eletricitários

    A direção da Copel recebeu os pleitos dos trabalhadores em agosto do ano passado para a negociação do Acordo Coletivo de Trabalho de 2012/2013, no entanto parece que não analisou a importância destes pleitos ao não dar uma resposta coerente ao negar todos as cláusulas administrativos e assistenciais defendidas pelos sindicatos na reunião ocorrida nos dias 3 e 4 de abril.

    Percebe-se que a única forma de conseguirmos avanços justos nas nossas negociações é paralisando nossas atividades para demonstrarmos o valor do trabalho dos eletricitários no Paraná.

    Estarei nos próximos dias percorrendo as regionais da Copel conversando com os copelianos para informá-los do que esta ocorrendo no setor elétrico estadual e nacional.
    Postado por Alexandre Donizete Martins às 09:51

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s