Em reforma de secretariado que mira reeleição, Richa muda comando da Copel

Fernando Ghignone, que comandou o PSDB em Curitiba e foi secretário de Comunicação e dirigente da URBS durante os mandatos do tucano Beto Richa na prefeitura da capital, foi anunciado nesta quarta-feira (23) à noite como novo presidente da Copel.

Ele substitui Lindolfo Zimmer, que foi funcionário de carreira na empresa e ocupou algumas diretorias no período da ditadura militar e no governo de Jaime Lerner (à época noPFL, atual DEM, hoje sem partido).

Ghignone, que é empresário no setor privado, não tem qualquer experiência no setor elétrico. Para assumir a Copel, ele deixa a Sanepar, que presidiu desde o início do governo Richa. Foi durante o mandato de Ghignone que a Polícia Federal desencadeou a “Operação Iguaçu – Água Grande” e classificou a estatal de saneamento como maior poluidora do rio.

A Copel também terá um novo diretor financeiro, Luiz Eduardo Sebastiani, economista formado pela UFPR (Universidade Federal do Paraná) com mestrado em Teoria Econômica pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas, SP) e funcionário de carreira do Ipardes. Ele trabalhou ao lado de Richa, na prefeitura, desde 2005.

A nomeação de Ghignone e Sebastiani faz parte de uma reforma no secretariado costurada por Richa com vistas à candidatura à reeleição em 2014. O governador trouxe o ex-ministro e deputado federal Reinhold Stephanes (PSD) para comandar a articulação política na Casa Civil e o deputado federal Ratinho Junior (PSC) para a Secretaria do Desenvolvimento Urbano, responsável por obras em todos os municípios do estado.

Resta saber qual impacto terá a nomeação de Ghignone perante os acionistas da Copel, justamente num momento que a direção comandada por Zimmer classifica como “cenário desfavorável” para a empresa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias do Coletivo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Em reforma de secretariado que mira reeleição, Richa muda comando da Copel

  1. araponga31 disse:

    Gostaria de saber se os sindicatos farão algo a respeito da nova centralização que está ocorrendo, principalmente dos departamentos de relacionamento com clientes (DRCs) e de receita (DRE).
    A pressão psicológica que os diretores estão cometendo com medidas totalmente abusivas é impressionante. As notícias levadas pelos gerentes para o interior do Estado nessa semana foram acachapantes e separarão os funcionários de sua comunidade, de sua família, enfim, de uma vida construída em suas respectivas cidades.
    Hoje vi mulheres disfarçando o choro quando outras pessoas tocavam no assunto. Muito triste. Pessoas com filhos pequenos. Vi alguns trabalhadores sem motivação nenhuma de trabalhar, pois sabem que não conseguirão manter a vida que levam no interior com o mesmo salário na capital. Será que com 1500 reais conseguirão ter uma vida decente em Curitiba? Terão custos com aluguel, com transporte, com alimentação, enfim, todos sabemos que o custo de vida numa cidade grande é maior.
    Qual a real intenção de realizar essa centralização? Não pode ser só por causa das gratificações dos gerentes. Elas representam menos que os salários dos diretores e assessores que puxam sacos em Curitiba. Não se poderia manter as equipes no interior e a chefia na capital?
    E agora, a diretoria contrata um presidente sem bons antecedentes. A Sanepar possui um serviço terrível, além do que já foi mencionado na reportagem do blog.
    Deixo aqui minha revolta com essa centralização. Sinto muito por aqueles que terão suas vidas modificadas por alguns bundões de Curitiba.

  2. dark0513 disse:

    o ghignone já jogou merda na sanepar e no rio ,agora vai fazer o mesmo aqui. ja sinto cheiro de esgoto no ar.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s