Mentira, chantagem e ameaça. É o que a Copel faz em seu comunicado sobre o ACT

Clique na imagem para baixar e distribuir o boletim

Pela rede interna de computadores, a direção da Copel enviou comunicado aos empregados sobre a “proposta indecorosa” que fez para o Acordo Coletivo de Trabalho 2012/13. Lido com atenção, revela-se um conteúdo de mentiras, chantagem e ameaça. Vejamos:

. A comparação feita pela Copel entre abono e aumento real é desprovida de sentido. Simplesmente porque se trata de coisas diferentes. Mais ainda: a pauta de reivindicações que apresentamos à empresa reivindica aumento real de salários e abono salarial. Portanto, quando diz que é “ abono ou aumento real”, a direção da Copel tenta enganar e confundir você, trabalhador. E, como já explicamos, abono salarial não se leva para férias, décimo-terceiro salário ou aposentadoria.

. A Copel, a partir desse ano, quer tributar o imposto de renda do seu abono salarial, coisa que nunca fez. Para isso, baseia-se no “Código Tributário Nacional e em jurisprudência pacificada no Superior Tribunal de Justiça”. Traduzindo o juridiquês, jurisprudência é uma série de decisões repetidas da Justiça, sobre determinado assunto, que passa a balizar a análise de novos processos. Mas a direção da Copel diz que o divisor 200 não é seu direito, trabalhador, mas uma benesse que você vai receber graças à generosidade dos mandatários da empresa e do governo do estado. Mas há uma súmula do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que obriga a adoção do divisor 200. Nova tradução do juridiquês: uma súmula é uma jurisprudência ainda mais consagrada, e que, por isso, passa a incidir automaticamente sobre processos daquele assunto. Fica a pergunta: para a direção da Copel, jurisprudência ou súmula que beneficia o trabalhador deve ser ignorada?

. A Copel mente, mais uma vez, ao dizer que concede aumento real. É só fazer um raciocínio simples. Vale-alimentação serve, por lei, e como o próprio nome diz, para comprar alimentos. Então, a inflação que deve balizar o reajuste do Vale-alimentação é a do grupo alimentação e bebidas, que em Curitiba, subiu 9,87% nos últimos 12 meses (acima, portanto, dos 9,6% reajustados pela empresa). A alimentação em casa subiu 10,25%, e fora do domicilio, 9%. E o Auxílio-creche: mesmo com o reajuste de 8,2%, o benefício ainda está muito abaixo do custo médio da mensalidade de uma creche em Curitiba (R$ 648,68).

. Vamos em frente: promoções e plano de carreira são importantes e devem ser valorizados e aplaudidos. Mas não é isso que está em discussão agora. Um Acordo Coletivo de Trabalho serve para se discutir aumento para todos os empregados da empresa, sem distinção. E é disso que estamos falando aqui. Trazer esses assuntos à tona é confessar que não há nenhuma vantagem para todos os trabalhadores na “proposta indecorosa” da Copel.

. O Acordo Coletivo de Trabalho, voltamos a repetir, é um documento onde se registram conquistas dos empregados que vão além do mínimo que prevê a legislação. Por isso, não aceitamos a inclusão da proposta da empresa sobre a “compensação de horas extraordinárias”. A própria direção admite que ele já vem sendo praticado, e, se incluído no ACT, abre, sim, margem para que se implante um banco de horas. E isso nós não aceitamos, e deixamos claro, na mesa de negociação.

. Os 17 sindicatos que representam 99% dos trabalhadores da Copel já explicaram que não irão discutir nenhuma proposta para o ACT separadamente. Isso foi informado, em caráter oficial, à Copel. Assim, buscamos valorizar a opinião do conjunto dos trabalhadores da empresa, e não de uma ou outra base ou categoria, algo que sempre foi reivindicado pelos colegas. É uma pena que, do alto de sua soberba, a direção da empresa faça pouco caso. As duas entidades que aceitaram a “proposta indecorosa” da empresa não quiseram se unir ao grupo de 17 sindicatos. É uma pena, mas isso não irá alterar nossa disposição para permanecermos unidos até o fim. E pior para os representados por esses sindicatos, pois não farão jus a qualquer melhoria que venhamos a conseguir com nossa mobilização.

. Já dissemos, algumas vezes, que a “proposta indecorosa” da Copel precisa ser melhorada, por reivindicação dos trabalhadores. E também repetimos que estamos abertos a continuar negociando. Mas, ao dizer que “o processo negocial poderá ter interveniência da Justiça do Trabalho, sem garantia de manutenção dos itens apresentados pela Copel”, a direção está fazendo chantagem com você, trabalhador copeliano. Está dizendo: “aceite minha proposta indecorosa agora, senão posso piorá-la um pouco mais”. Você acha que isso mostra algum respeito por você, colega copeliano? De nossa parte, afirmamos, com tranquilidade: isso não vai acontecer. E não vai acontecer, simplesmente, porque, quando a imensa maioria dos trabalhadores se unir aos seus representantes num imenso e sonoro NÃO, a direção da Copel terá que descer de sua soberba e negociar, com humildade e respeito (o mesmo respeito que o trabalhador sempre teve com a empresa) uma proposta melhor. Lembre-se, colega copeliano: recusar a “proposta indecorosa” é seu direito. Dê sua resposta a quem pratica o discurso do medo, da chantagem e da coação. Diga NÃO à “proposta indecorosa” da Copel.

Anúncios
Esse post foi publicado em ACT 2012/13, Notícias do Coletivo. Bookmark o link permanente.

78 respostas para Mentira, chantagem e ameaça. É o que a Copel faz em seu comunicado sobre o ACT

  1. ricardoclima disse:

    Boa tarde a todos,

    Levando em conta a liberdade de expressão e também, considerando o respeito mútuo dos colegas de trabalho que aqui já se manifestaram, gostaria de deixar aqui minha simples opinião.

    Tomando por base informações amplamente divulgadas tanto pela empresa quanto pelos sindicatos, concordo plenamente com nosso colega DOIDO2012. Pelo andar da carroagem acredito que temos muito a perder se mantivermos essa ideologia de votar “NÂO”.

    Eu voto SIM e farei campanha pelo mesmo resultado.

    Digo isto baseado em decisão favorável a empresa julgada pelo ministério do trabalho quando do dicídio em um ano lá atraz.

    A pergunta que não quer se calar é: Será que a proposta da empresa é tão ruim assim? Não é melhor pegar os 5.58% de aumento mais o abono ofertado, do que batalharmos por aumento real e corrermos o risco de perder todas as outras ofertas em troco dos 5.58% que seria determinado pela justiça em caso da empresa cumprir o comunicado e deixar ir para dicídio?

    Espero não ser linchado por ter dado a minha opinião!!!

    Abraço a todos

    • ricardoclima, fique à vontade pra expressar sua opinião. Mas gostaria de uns esclarecimentos sobre ela.
      – Que decisão é essa que você cita, de “um ano lá atraz”? A última vez em que ocorreu dissídio em uma negociação da Copel, ao que me consta, foi em 1997. E nós ganhamos da Copel em todas as instâncias. Só que em 1998, à base de muita coação (e, importante dizer, de uma atuação ruim dos sindicatos à época), a empresa conseguiu empurrar goela abaixo uma proposta em que os empregados abriram mão dos ganhos daquele dissídio.
      – Hoje em dia, após a Emenda Constitucional 45, só se leva a dissídio uma negociação em comum acordo entre empregador e sindicatos (o que é quase nada provável acontecer na situação atual) ou por interveniência do Ministério Público do Ttrabalho, quando vê um impasse durar muito tempo (dissídio de greve).

  2. loucocwb disse:

    Concordo com o colega.

    Não entendo a virulência de alguns comentários publicados… As pessoas falam em “ir à justiça” como se fosse algo normal, positivo. Recorrer a Justiça do Trabalho não é garantia de nada. Pelo contrário. Pode-se ficar apenas com os 5,58% e mais nada. Não vejo aonde está a vantagem nisso. Sem contar o tempo que se perde.

    Foi-nos oferecida uma troca. Particularmente – depois de alguns cálculos – considero-a vantajosa. Motivo que também me fará votar pelo SIM ao acordo.

    Pensei bastante antes de escrever aqui, mas, confiando no senso de compreensão de todos, acho importante que todas as opiniões sejam ouvidas.

    Repito. Não temos NADA a ganhar se esta questão for parar na justiça.

    Abraço.

  3. poisze56 disse:

    Imagino que Mentira, Chantagem e Ameaça está previsto em lei.
    Quem assinou pela mentira deve ir a juízo.
    Quem enviou a mensagem é cumplice? Ou apenas obedeceu?
    Se houver intenção outra que não a de esclarecer ao empregado peço que nossos advs. se pronunciem sobre que a lei que trata isso e punição.
    E gente dinovo, vamos aos fatos chega de desrespeitos aos sindicado, pessoas ou copelianos, relatos e denúncias são mais úteis a um enxergar quem é quem e como agir com respeito, mas exigindo nossos direitos. separar pessoa do profissional.

  4. “Vamos em frente: promoções e plano de carreira são importantes e devem ser valorizados e aplaudidos”.

    Lembrando a todos que os funcionários de 4hrs (pelo menos os contratados no edital 01/2011, o mesmo que eu) ainda NÃO tem plano de carreira, um ano depois de sermos contratados não vi nem sombra do plano de carreira, apenas um “está sendo estudado pois o cargo é novo”.

    • araponga31 disse:

      Gabriel, meu filho, vai estudar para sair da Copel. O cargo que você ocupa é de suma importância para a Copel perante o cliente, mas ele só foi criado pela Copel para não tomar multa da Aneel. Cara, me dói no coração falar isso porque eu também já estive em situação semelhante a tua e sei que outros estão, mas vai estudar e procurar algo melhor. Hoje, a história de que se ganha bem na Copel é mito, é lenda. A Copel só valoriza mesmo quem tem alto grau de instrução, ou seja, superior e quanto mais voltado para as engenharias, melhor. Tem colega meu que trabalha há mais de 20 anos na empresa, e hoje ganha 4.000 reais, lembrando que antigamente tinha-se mais vantagens. Daqui a 30 anos você quer estar ganhando 3.000 reais?

  5. Começo a ver esses comentários sobre votar SIM porque:
    – Não leva a nada ir à justiça
    – O abono compensa perdas com inflação
    – Podemos perder os direitos já adquiridos
    – …
    Confesso que fico decepcionado com a visão míope deste tipo de pessoa.
    Alguns questionamentos que faço:
    – Ainda pensam ser justo receber o INPC enquanto gerentes e diretores recebem bem mais?
    – Acreditam realmente que a empresa vai valorizá-los no futuro, promovendo ou dando aumento por “mérito”?
    – Poderiam citar um caso de processo de ACT que tenha resultado em claro prejuízo aos funcionários por ter ido ao judiciário?
    – Poderiam citar um caso de processo de ACT que tenha sido claramente vantajoso aos funcionários por terem aceito na primeira rodada de negociações?
    Como já foi amplamente citado, os bancários, petroleiros, metalúrgicos e tantas outras categorias respeitadas só conseguem o que querem (ou próximo disso) com várias rodadas de negociação, com muita união e eventualmente com uma paralisação.
    Antes de pensar no salário ou nas dívidas, é preciso informar-se. Entender que os juros compostos geram benefícios futuros que nenhum abono poderia compensar. Aprender a não ter pressa numa negociação (Ou algum de vocês já comprou um carro sem negociar? Já aceitaram o preço inicial de um imóvel, sem tentar conseguir alguma situação mais vantajosa?) Porque com o ACT tem que ser diferente? Porque tem que se aceitar logo de cara, com medo de um “suposto” dissídio… As coisas não funcionam bem assim.

    • araponga31 disse:

      Leandro,
      Eu voto SIM e respeito as opiniões alheias.
      Seu comentário foi bom, sem xorôrô.
      Mas cara, você que é bom de matemática, considerando os juros compostos, quanto tempo levará para que o GANHO REAL se iguale ao montante do ABONO?
      No meu caso, levará alguns anos. E em alguns anos, eu aplico o abono e ganho ainda mais. Simples.

    • personavenia disse:

      Continuo a esperar que os diretores de cada Sindicato publique e não enrole desvie o foco sobre seus salários.
      Quanto em % de aumento real tem tido nestes anos o Sindicato “se dá”. Não peço nomes. Mas se divulgam isso da Copel, transparência e tal…
      Continuo no aguardo para então poder participar com outras considerações no blog.
      Enquanto não respondem não confio na seriedade de quem inclusive já saberia o que fazer em caso do NÃO. Vão jogar para os copelianos e os copelianos vão jogar para o sindicato é o que me parece.
      Assumam para ter credibilidade

      • Meu Deus!
        Caramba, parece que você não quer entender!
        Dirigente Sindical ganha salário da Copel!
        Se não acredita, me ligue ou me passe um email. Ramal 3908.
        Te mostro meu contra-cheque da Copel.
        Eu ganho o mesmo aumento que qualquer outro funcionário da Copel ganha. Nada mais, nada menos.
        E, se você sabe de algum Dirigente Sindical que receba salário do sindicato, que aponte quem é. Chega de falsas acusações.
        Entendeu?? Ou quer que desenhe?

      • personavenia disse:

        Colega Grassmann,
        Vamos encerrar o assunto. Uma pergunta simples, valores e respostas em números e ou %% deveroam ser as respostas para algunas casos, apenas isso.
        Não me referi aos da Copel (representantes em si) Isso veio de voce.
        Seria caso de um por exemplo diretor contratado de um sindicato.
        Qual seria o base salarial , aumentos reais previstos, vantagens outras que não no salário base, assim teríamos um valor talvez alto.
        Perguntei pois indaguei-me que estou errado em vociferar algo sem comprovações.
        Que vejo o sindicato fazer. Por isso perguntei para que também pensassem.
        e publicassem as comprovações das atas dos aumentos etc.
        Não precisa me responde a esta, “favor-me-ia fazer assim.”
        Perdão pelo incômodo
        Venia.

      • tais79 disse:

        Venia, é uma questão interessante esta, embora não sirva pra muito mais do que tirar o foco da discussão em si… mas para esclarecimento:
        Os diretores de sindicato não são contratados, são ELEITOS, e continuam recebendo o salário da empresa em que trabalham. Muito poucos tem liberação para o exercicio exclusivo da atividade sindical, mas mesmo estes continuam ganhando o que recebiam de sua empresa de origem.
        Quanto aos funcionários dos sindicatos, que cuidam da parte operacional da entidade, por assim dizer, possuem uma relação de trabalho normal, e tem acordos coletivos celebrados entre os sindicatos em que trabalham e o sindicato que lhes representa, como o ‘Sindicato dos Empregados em Entidades Sindicais Profissionais do PR’. No link abaixo, você pode conferir os acordos coletivos celebrados pelos trabalhadores representados por este sindicato: http://www.sesocepar.org.br/acordos-coletivos

  6. DIGA NÃO AOS PARASITAS!!
    PARALIZAÇÃO JÁ, COPELIANO NÃO ACEITE ESMOLA DESSES CARNICEIROS.
    OLHA O QUE ESSA GENTINHA ESTÁ FAZENDO COM A GENTE, SEUS PLANOS DIABÓLICOS SÃO PARA O ESVAZIAMENTO DA EMPRESA, COM O AUMENTO DA PRECARIZAÇÃO(TERCEIRIZAÇÃO) DOS SERVIÇOS,
    SAIU NA GAZETA E NA REUTERS A MÁ INTENÇÃO DA EMPRESA EM REDUZIR SEU QUADRO DE PESSOAL, SUA FOLHA DE PAGAMENTO EM 2013, A PRECARIZAÇÃO JÁ COMEÇA ESSE ANO COM UM ACT MISERÁVEL, RIDÍCULO, ONDE MENTIRAS ESTÚPIDAS SÃO CONTADAS POR PARASITAS DISFARÇADOS DE ANJOS, DIGA NÃO , VALORIZE-SE COPELIANO. VC É A COPEL, SE ESSA EMPRESA É EXCELENTE É POR QUE VC O FAZ DANDO O MELHOR DE SI, NÃO ACEITE O PIOR, O PÉSSIMO, QUE ESTÁ SENDO OFERTADO POR ESSA GENTE SUJA, VAGABUNDA, DESONESTA E INCOMPETENTE, E SEM VERGONHA NA CARA QUE “TRABALHA” CONTRA A COPEL QUE É VC COPELIANO.

    PARALIZAÇÃO JÁ!! DIGA NÃO

    NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO

    NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO

    NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO

    NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO

    NÃO ACEITAMOS ESSE ACT MISERÁVEL CAMBADA DE PARASITAS!!

  7. Leandro, quais as datas das assembleias do Senge?

    • Rafael,

      O “Senge” não tem assembléia. Como divulgado, as assembléias são para todos os funcionários. Você pode votar na assembléia mais próxima a você. Veja o calendário no blog e escolha a que for mais fácil pra você.

  8. araponga31 disse:

    Entre as várias mensagens subliminares da comunicado enviado hoje, prestei atenção naquela em que a Copel diz que é uma das poucas empresas que ainda pagam o abono pelo ACT. Isso é um recado. A COPEL NÃO É OBRIGADA A PAGAR O ABONO. Se quiser parar de pagar, ela para e pronto, adeus comprinhas de final de ano. A Copel não é mais a mãe de antigamente, agora é capitalismo. O governo não tem nem 50% das ações. Os chineses estão tomando conta.
    Como muitos já disseram, não vejo vantagem de escolhermos a opção não.
    QUEREM PERDER O ABONO EM TROCA 1 OU 2% DE GANHO REAL?
    É só fazer as contas, meu povo. VALE MUITO MAIS PEGARMOS O ABONO DO QUE PEGAR O FAMIGERADO GANHO REAL.
    A Copel não está querendo dar a reposição da inflação? Está.
    Não é isso que a lei determina? É.
    ENTÃO, VÃO QUERER LEVAR ISSO ATÉ A JUSTIÇA PARA PERDER?
    Em outros anos tínhamos muito mais motivos para fazer greve e por que só agora estão querendo? Justo depois do aumento salarial que teve ano passado?
    Eu queria mais explicações dos líderes sindicais. Os caras ficam só denegrindo a forma de agir da Copel, mas não tem embasamento para responder questionamentos como eu e outros fizeram.
    POR FAVOR, EU QUERO EXPLICAÇÕES PLAUSÍVEIS DO PORQUÊ VOTAR NÃO E NÃO SÓ XORÔRÔ.

  9. loucocwb disse:

    É uma questão matemática.

    Aplique o abono. Use-o como aporte no plano previdenciário, compre ouro… Qualquer coisa.

    O cálculo já foi feito. Pegando o salário médio de R$4.000, quanto de ganho real você deveria receber para compensar os R$7.000 e poucos que você receberia de abono?

    Em relação aos dissídios é só pesquisar. Um caso bem recente. Os Correios, por exemplo… Com uma inflação até agosto acumulada em 5,39%, o TST propôs um reajuste de 5,52%.

    Levar a questão às últimas consequências por um AUMENTO REAL de 0,13%? E isso se repete em muitos dissídios.

    A função da justiça é fazer a empresa cumprir a lei. Nenhuma lei está sendo violada. Só temos a perder.

    • E quem disse que é abono “ou” ganho real?
      O abono já foi ofertado, e jpá garantimos com o “sim” dois economistas e secretárias.
      Queremos aumento real. Algoo que possa garantir que tenhamos o poder de compra reestabelecido. Que garanta que não tenhamos que implorar por um abono ano que vem.
      E, se fosse para fazer contas, em 5 anos ganhando 1% ao ano de aumento real se equipara a 1 salário de abono. Na minha opinião, não é desprezível…
      Se não exigirmos aumento real, vai acabar na mesma história de sempre… A cada 10 anos tem que se fazer uma correção na curva salarial.
      Não sei quanto a vocês, mas eu não quero meu salário a níveis baixos, de novo….

  10. ricardoclima disse:

    Meus caros,

    Acredito que este seja o lugar mais adequado para expormos as nossas opiniões e que cada um deva analisar criteriosamente o que foi ofertado pela empresa e que está chegando para nós através dos sindicatos.

    Da mesma forma que quero respeito pelas minhas ideias… também respeito aqueles que possuem opinião diferente da minha.

    Dentre os questionamentos feitos acima por um colega está: Poderiam citar um caso de processo de ACT que tenha resultado em claro prejuízo aos funcionários por ter ido ao judiciário? Em resposta eu vos digo, indo para dicídio concerteza sairemos perdendo. Existe jurisprudência para casos igual o nosso, onde a justiça determinará o reajuste salarial tomando por base o INPC (lembrem o caso dos correios onde os salários foram reajustados pela inflação e ainda tiveram descontados dos seus salários os dias que os mesmos ficaram de braços cruzados). Fica como sugestão, procure o representante do seu sindicado e pergunte sobre o que aconteceu com os funcionários da Copel naquele ano em que as negociações foram parar na Justiça…

    Volto a frizar… Será que a proposta da empresa é tão ruim assim levando em conta os 5.58% de aumento mais o abono ofertado?

    Para aqueles que dizem que o abono não é um ganho real, que não é considerado no calculo da aposentadoria, etc… deixo uma sugestão: pegue o valor oferido pela empresa como abono… e recolha o valor integral para o INSS.

    Ainda… Nos anos anteriores não tinhamos uma sinalização formal da empresa que esta seria a ultima oferta, por isso, os sindicatos conseguiram avançar em uma nova rodada de negociações.

    Abraço

    • Ledo engano…
      Todos os anos a Copel cita que a proposta é a última e sempre dava algum aumento na segunda rodada.
      Em mesa de negociação, foi falado em alto e bom tom que se a proposta fosse recusada, voltariam a negociar.
      Então, se quer aceitar os parcos 5,58% de reposição, ok. Mas tenha bem claro que está comprando o discurso da empresa e cedendo à pressão feita.
      Ainda continuo esperando um caso em que a decisão da justiça tenha claramente prejudicado os trabalhadores. O único caso citado (Correios) não gerou nenhum prejuízo. E, se lembrar, nos anos anteriores, conseguiram aumentos significativos por intervenção da justiça.

  11. Q bom q a tropa da diretoria resolveu participar dos debates no blog! Não sei quantos são exatamente, surgiram inclusive do nada, de repente, e arrisco dizer q parecem ser todos fakes com um discurso e até um jeito de escrever bem afinado, talvez seja até um só. Quem sabe seja um dos que recebem R$ 93 mil por mês, mas isto não é problema.

    Problema é repetir uma ladainha, inverter as conclusões com contas de padeiro, distorcer para enganar, e apregoar medo como se fosse sensatez.

    Veja o que estão fazendo: estão tratando a discussão como se fôssemos perder o abono por querer ganho real.

    Primeiro: não vamos perder o que já está proposto, pois vamos lutar por bem mais que isso e, na pior das hipóteses, se uma das categorias que não participa do Coletivo já assinou o acordo, no mínimo a diretoria terá de tratar as demais categorias com isonomia. Quando ganharmos mais do que os economistas e secretárias recusaram reivindicar, eles não merecerão, mas ganharão também.

    Segundo: quem disse que queremos uma coisa ou outra? Desde o princípio, exigimos o abono E ganho real. Abono é reposição por perdas salariais da ‘outra’ era neoliberal e não cala-boca, como alguns enxergam. Não pode ser tomado como um ganho real indireto, é a reposição de uma perda, e não um favor, ou seja, você já perdeu isso, não está ganhando, cara-pálida. Ganho real é o que tratamos daqui pra frente! E mostrem a realidade de nossa empresa, comissionados: mesmo com tanto XORORÔ, ela lucrou mais e saiu-se melhor do que a maior parte das empresas do setor elétrico no último semestre. E ainda assim, as negociações com outras empresas do setor tiveram ganho real médio de 2%.

    Este discurso do MEDO é uma pegadinha muito rasteira, devem ter se inspirado pela passagem do halloween, mas pela leviandade dos argumentos a favor dessa `proposta indecorosa`, lamento, mas muito poucos estão caindo.

    Não exigimos absurdos, como os 40% de aumento que a diretoria angariou, ou os 200 milhões a mais distribuidos aos acionistas sem choro nem vela. Apenas reivindicamos RESPEITO e COERÊNCIA, e que o discurso se reflita na proposta do ACT.

    • araponga31 disse:

      Eu não sou da diretoria e só tenho este perfil aqui. Aliás, devo ganhar menos do que você. O que eu quero alertar é que a empresa está oferecendo o que é de lei. E ponto. Nós, representados pelos sindicatos, estamos indo contra a lei. Fato!
      Eu só coloquei minha opinião.
      Eu não concordo de os diretores ganharem 93 mil. Mas qual diretor de empresa do tamanho da Copel não ganha isso? Garanto que se você estivesse no lugar deles, não iria se incomodar de receber esse salário. Aceitaria essa proposta indecorosa.
      Você disse que nós não está escolhendo entre o abono e o ganho real.
      A Copel NÃO é obrigada a pagar o abono, meu filho. Aliás, o pagamento do abono está acabando, como eles deixaram velado naquela mensagem de ontem. Dá um print nessa tela e guarda para posterioridade. Depois, voltamos a conversar.
      O abono é reposição das perdas. Ok. Então, as perdas já foram repostas, visto a quantidade de tempo que se paga o abono.
      Na realidade, eu TENHO MEDO SIM. Tenho família para sustentar e quero o abono logo. O meu ideal não é filosófico, eu quero dinheiro no meu bolso.

      • doido2012 disse:

        Concordo com a colega. Mas se tem gente que prefere ganhar apenas em dissidio 6% de aumento real e mais nada. Isso a ser pago lá em Janeiro, Fevereiro..ai parece que quem ganha 93 mil reais é quem vota não e não o contrário. EU VOTO SIM E ESPERO QUE A MAIORIA VOTE SIM SEM MEDO DAS PRESSÕES “MORAIS” DO SINDICATO. Como disse no comentário anterior, assédio é do sindicato que ridiculariza quem quer votar SIM.

      • Os diretores da Eletrobrás (que você há de convir comigo, é bem maior do que a Copel) ganham R$ 35 mil por mês. O Governador do Estado, que tem o poder de indicar a diretoria da Copel, ganha R$ 26.700,00, mesmo salário recebido pela Presidente da República. Não é ilegal, a Copel é uma S/A, pode fazer isso dentro da lei. Mas foge aos meus conceitos do que é ético admitir que as principais lideranças da empresa outorguem-se um ganho destes no mesmo ano em que dizem para os funcionários que tudo vai mal, tendendo a piorar. Não cabe na lógica de uma empresa que quer ser a melhor da década, e que tem em seu referencial estratégico “valorizar as pessoas e reter talentos”, ampliar de 25% para 35% a participação dos acionistas, para quê? Para eles sentirem-se mais contemplados por investir seu dinheiro na Copel, talvez, mas e a contrapartida? E nós, que investimos grande parte da vida nessa empresa, temos que aceitar pagar um avião pro governador, e temos que aceitar 0% de ganho real e um abono pior do que o do ano passado? Neste ritmo, realmente, ano que vem não teremos o que discutir sobre o abono.
        Ninguém precisa sentir-se obrigado a votar sim ou não, mas mesmo que pareça filosofia demais, cabe o exercício democrático de pensar: temos todos que pagar (inclusive você e sua família, assim como as famílias de mais de 9000 copelianos) pelo caminho aonde a postura adotada pela diretoria indica nos levar?

        O medo até certo ponto é necessário, nos cobra a tomar consciência da situação real das coisas. Mas medo demais torna-se paralisia, e cobra um alto preço.

        Neste processo negocial, nem de longe é melhor confiar na cortina de horrores que a diretoria nos apresenta como justificativa. É o papel dela fazer isso, compreende-se, afinal ela quer o SIM para atender os interesses de quem quer investir para ganhar mais dinheiro da Copel.

        Mas é um ato de respeito por si mesmo, pelos colegas de trabalho e pela empresa a que nos dedicamos, compreender que sem união nada se constrói. Para abusar da filosofia, cito o valor do topo da lista de valores da Copel: “Ética – Resultado de um pacto coletivo que define comportamentos individuais alinhados a um objetivo comum.”

        E pela quantia de dinheiro no bolso que você merece: vote NÃO!

  12. A atual diretoria não merece nos representar!

    Já tomamos um golpe na distribuição da PLR em maio deste ano, em que a atual diretoria manteve a proporcionalidade já aplicada anos anteriores com o pagamento do “Prêmio desempenho”, e nos surrupiaram alguns milhares de reais que receberíamos em uma distribuição linear. (passaram a mão nos nossos traseiros).

    Já que nosso querido presidente afirma que trabalhamos muito bem, recebemos vários premios por boa prestação de nossos serviços e que foi reconhecido pelo referido prêmio citado acima, nada mais justo recebermos “mais uma bondosa recompensa” com um pequeno aumento real salarial, digo pequeno, pois comparado aos 40% do aumento real dos diretores é algo insignificante.

    O que a empresa está nos empurrando goela abaixo, esta longe de atender os valores da empresa que deseja ser a melhor da década, pois ferem o códio de conduta no que tange a:

    Ética, utilizam-se de seus cargos apenas para benefício próprio, não priorizam o crescimento e bem-estar de todo o quadro funcional.
    Respeito as pessoas, utilizam do correio interno e gerentes para assediar moralmente os funcionários que discordam de suas propostas dogmáticas.
    Dedicação: trabalham para a cúpula empresarial, acionistas, governo, e esquecem dos funcionários que trabalham e muito pelo crescimento e reconhecimento da empresa.
    Transparência: Todas as ações e medidas tomadas pela empresa, de sucatear e enxugar o quadro funcional, divulgar records de lucro, nos dão sinais de privatização da empresa, o que nosso atual governo é muito bom nisso.
    Segurança: Mortes de eletricista terceirizados e proprios à serviço da copel, mobiliário e equipamentos inadequados.
    Responsabilidade: Aumento de 40% para diretores e 5.58% aos funcionários, este é o entendimento de crescimento sustentável da nossa diretoria, afinal, é dessa forma que ela pretende melhorar a sua vida e de seus familiares?
    Inovação, talvez neste quesito a empresa se esforçe, constrói usinas e linhas de alta tensão em outros estados, se interessa em comprar empresas falidas, terceiriza seus serviços, maqueia PLR, manda videozinho nos acordos coletivos, compra avião para o governador.

    Nós somos a Copel, e não essa diretoria provisória! Sanguessugas como estes não merecem representar trabalhadores dedicados à empresa, dedicados à sociedade, nosso trabalho é reconhecido nacionalmente e internacionalmente.

    Não é justo, não é ético, não é sustentável, não é cabível que aceitemos que apenas a diretoria seja recompensada financeiramente.

  13. Quem disse que terrorismo não funciona.
    Nem sabia que existia terrorismo no Brasil, mas agora vejo que existe e que o povo tem vedadeiro pavor dele.
    Olha, abono a empresa não é obrigada a dar.
    Nem mesmo aumento de salário.
    A saber, ela não faz questão de nem mesmo dar reposição salarial.
    E não irá mais dar se os empregados não se mobilizarem agora.
    Esse abono é indenização pela perda do seu poder de compra durante ano que passou.
    Não é prêmio nem benesse por parte da empresa.
    É direito seu pois houve esse prejuízo.
    A empresa trata isso como um prêmio mas não é.
    Para ser +/- justo, a reposição deveria ser a inflação observada na gôndola do supermercado. Não esse índice maquiado que visa achatar o rendidmento de todos os trabalhadores.
    Agora ficar com medo de um Notes ou ficar invejando a classe das secretárias ou dos economistas?
    Devemos é ser gratos à eles. Porque eles visam o proincipio da isonomia. Se nossa luta levar a mais vantagens eles recebem também. Da mesma forma, se a Copel resolver nos prejudicar e a justiça nos capar, quero ver eles devolverem o abono (isonomia). A Copel garantiu a todos a isonomia ao dividir a categoria (mesmo que sejam a menor delas – 6 dúzia de secretárias e uma dúzia de economistas).
    Não esmoreçam. As outras categorias só tem conseguido alguma coisa com muita luta.
    Não será diferente de nós na Copel.

  14. doido2012 disse:

    Bom dia pessoal…

    bom..como um colega citou…nao sou da tropa de elite da diretoria, nao ganho 93 mil reais por mes, não tenho “discurso afinado”, porém não acho que a proposta da empresa é ruim e meu voto é SIM. Não acredito que um dissídio vá melhorar as coisas SIGNIFICANTEMENTE..ficarmos nessa briga até JANEIRO, FEVEREIRO, MARÇO..SEI LA QUANDO..pra levar 1% de aumento real e nada mais deve ser brincadeira neh. Gente, não vivemos num mundo PCO, PSTU e todos esses “radicais”. A empresa sinalizou um acordo não tão ruim e se formos lá no fundo eu APOSTO que inúmeros desses “nãos” votaram no atual governador.

    É inacreditável a intolerância do pessoal de achar que como tem gente querendo votar sim ou são alienados, ou tem medo, ou é da diretoria….isso é querer achar que todos que não concordam são “burros” ?..francamente né….

    É muito mais fácil para quem ganha os tais “93 mil reais” não precisar do abono do que eu, que não ganho nem 5% disso. EU PRECISO DO ABONO SIM, como grande maioria. uma pena que a maioria do SIM não se manifesta ou não vai votar no dia. Deve ser porque quando se manifestam, são alçados a condição de puxa-sacos…INFELIZMENTE. Assédio da diretoria apenas? Ou assédio do sindicato que ridiculariza quem quer votar SIM ????

    abraços

    • coletivocopel disse:

      Meu caro, não estamos ridicularizando ninguém disposto a votar sim. Apenas estamos mostrando que a proposta da Copel não é boa. Pare, pense, reflita, releia nossa pauta: queremos abono e aumento real. Não é uma coisa ou outra, como diz a Copel. A direção está tentando te enganar, e você está caindo no conto. É hora de termos coragem de buscar nossos direitos, ou vamos perder sempre.

  15. Lamentável, ver alguns comentando que vão votar SIM, se trocarem por míseros 2 salários de abono, é só paralizar nossas atividades e deixar a COPEL pagar multas diárias para a ANEEL, para ver se a diretoria não recua e nos dá um aumento merecido, mas isso eu já sabia que ia acontecer, já havia dito em comentários anteriores, isso é culpa do nosso sindicato que não joga a favor dos funcionários, essas assembléias já deveriam ter acontecido, mas o nosso sindicato resolveu adiar para dar tempo para a diretoria da Copel ficar nos ameaçando, meu voto é NÃO, mas ate terminarem as assembléias muitas ameças ainda virão, graças ao nosso sindicato, que não joga a nosso favor, pois se jogasse já teria sido votado, não dando margem as ameaças da empresa, nunca ví um sindicato enrrolar tanto para marcar as assmbléias, se tem muitas pessoas já optando pelo SIM isso é tudo culpa do nosso sindicato, que mais parece sindicato dos patrões e não dos funcionários, e por favor senhores SINDICALISTAS, não venham rebater meu comentário dizendo dos tramites legais, sei dos tramites, sei da LEI, vocês enrrolaram tanto que to vendo que até terminarem as assembléias muitas pessoas ainda vão mudar de opinião e vão votar sim, por culpa de vocês, a cada dia que passa fico mais desacreditado em vocês.

  16. gutaguta disse:

    ricardoclima, loucocwb, … as mensagens postados por esses, tem o mesmo numero de ip… que coisa não, e os perfis desses foram criados no mesmo dia, na mesma hora….

    • Guta guta… Acabei de postar meu perfil aberto… Não sou um fake… não faço parte da diretoria… apenas tenho visão crítica para analisar e dar meu parecer sobre um assunto… volto a lembrar que… respeito a opiniões de cada colega de trabalho postadas neste blog, independentemente se é contrário a minha ou não!!!

      Abraço

  17. Gente… Só para não haver dúvidas quanto ao meu perfil ser um fake (ricardoclima) ou ainda que eu faça parte da diretoria da empresa… posto esse recado com meu perfil do Facebook aberto.

    Cadê a democracia? onde fica a liberdade de expressão? Essas duas palavras não existem por aqui?

    Continuo a dizer… Voto SIM e faço campanha pelo mesmo resultado.

    Abraço a todos

  18. Caro Ricardo Capistrano de Lima, respeito sua opinião, mas pense, hoje eles oferecem esse acordo ridiculo, duas remunerações, aceite mesmo e você verá como será no proximo ano, pegue essa merreca e pague suas contas que ao que me parece você realmente está precisando, boa sorte pra você e ano que vem não espere por nada, faça suas economias, pois se aceitarmos esse ano, a dona YARA e seus cupinchas ano que vem não nos dará nada, você sabe o que é ” NADA”? , não deve saber, não sou psicologo, mas pelo seu perfil você é mais um morto de fome, entupido de dívidas que esta fazendo o jogo da diretoria! E que fique claro eu voto NÃO, mas não sou a favor do nosso sindicato, acho que se as coisas estão como estão, parcela de culpa é deles, nunca vi um sindicato dar tanto tempo asssim para uma empresa, só esse nosso sindicatozinho mesmo, as assembleias já deveriam ter acontecido, não entendo o porque de só dia 22 não cabe na minha cabeça e na cabeça de muitos copelianos, que confiaram mais que nunca esse ano nos sindicatos, mas infelizmente assim como eu muitos estão decepcionados, isso fora o fato que até dia 22 vai vir muitos bombardeios via NOTES tentando nos coagir a aceitar esse acordo ridículo, que não nos beneficia em nada, só beneficia a diretoria, pois assim eles podem dar aumentos maiores em seus próprios salários!

  19. Diogo Guerro disse:

    Ao ver comentários favoráveis a proposta apresentada por detentores de cargos políticos, eu pergunto:

    Com quantos bundões se faz uma boiada?

  20. Diogo Guerro vamos perguntar ao Ricardo Capistrano de Lima, que aceita hj essa merreca e ano que vem se for aprovada será pior ainda, pois aí sim a diretoria verá que realmente a maioria dos copelianos são um bando de mortos de fome!
    vamos dizer um NÃO bem grandão pra essa diretoria

  21. copelat disse:

    Durante as discussões do ano passado deixei bem claro minha insatisfação com o discurso dos sindicatos, que de uma hora para outra mudaram de tom, numa demonstração clara que estavam usando sua posição para fazer política partidária. Essa opinião permanece, mas esse ano concordo que a posição da empresa é ruim, não pela proposta em si, mas porque ela não reflete a real situação da empresa, que está num ótimo momento e poderia sim, melhorar a proposta.

  22. É neh hj vi no notes proposta de vale alimentação! Pra variar pela metade para os atendentes 4 Hrs, Ngm fala nada, pra mim esse abono é uma porcaria msm! 1277 reais, tem neguinho ai que ganha 3000 e vai ganhar 2 linhas mil! kkkkkkkkkk, Os atendentes 4 Hrs estão ralados, nenhuma pauto no acordo sobre a gente, sem plano de carreira, Vlw, somos pesos mortos nessa empresa!!! Concurso do BB vem ai, que Deus me ajude nessa batalha!!!!!!!!!! Sou pai de familia e não da essa merreca não!!!!!!!

    • araponga31 disse:

      Amigo, vou te dar o mesmo conselho que dei para o Gabriel Santos: estuda para sair da Copel logo. O teu cargo vai continuar com o salário baixo por bastante tempo. Estou dando esse conselho para o pessoal que trabalha 4h porque quando eu entrei na Copel ninguém me abriu os olhos que não vale a pena ser de nível médio na Copel. Pelo contrário, essas pessoas que hoje reclamam da Copel, são os mesmos que sempre elogiaram a maior empresa do Paraná. Hoje, não tenho tempo para estudar porque cuido dos meus filhos à noite para minha mulher poder dar aula e complementar a renda da família.

  23. Fernando… Me desculpe… Mais… Quem é você para sem sequer me conhecer falar da minha vida?

    Se você não tem a capacidade de defender a sua idéia sem ofender os seus colegas de trabalho, sinto muito… acredito que quem deve repensar um pouco é você!!!

    Não entrei na copel ontem… tenho 12 anos de empresa (contando o tempo em que trabalhei na terceirizada) e infelizmente sempre foi assim. Não me venha com essa conversinha medíocre de que quem é favorável ao SIM é porque esta morrendo de fome… Os tempos são outros meu caro!

    Fica aqui meu registro de repúdio sobre a maneira como são tratadas as pessoas que não pactuam com o voto do NÃO e muito menos com a sinalização de greve.

    Este é meu ultimo comentário sobre o exposto.

    Passar bem.

    • araponga31 disse:

      Tens meu apoio Ricardo. Como um outro colega falou, estamos sendo ridicularizados por manifestarmos nossa opinião de que iremos votar SIM. Eu somente criei um perfil sem meu nome verdadeiro justamente porque sabia que iria ser assim.
      E o tal Fernando Freitas, o revolucionário babaca, eu nem sei quem é, trabalha onde? Não é o que tem seis dígitos no registro. O que fez ou está fazendo pelo sindicato para reclamar? Devia mostrar a cara como você fez, já que é tão bonzão.

    • Antes de mais nada, gostaria de parabenizá-lo, Ricardo.
      Mostrar as caras não é fácil. Expor suas idéias “de cara lavada” é pedir pra levar porrada. Tem que ter coragem.
      Aos demais que continuam distribuindo comentários sob pseudônimos, tenho a dizer que a tarefa é bem mais fácil.
      Ricardo, posso não concordar com você, mas o respeito pela coragem de expor suas idéias.
      Assim o debate fica mais interessante.

    • bau2005 disse:

      Boa noite, Ricardo também não concordo com vc, mas o fato de assumir sua opnião aki é a mesma de quem assume a opnião contrária dentro da empresa. Não acho correto agredir, atacar e desrrespeitar o indivíduo que não tem a mesma opinião que a nossa. Vale lembrar que se baixarmos a guarda agora cada vez menos nos será ofertado, como agora estão nos empurrando um banco de horas bonzinho, e um abono com desconto de ir, mas as coisas serão assim mesmo, creio que em breve a copel virá a venda, porém uma empresa deste tamanho os primeiros a rodar são os altos, e depois vem em cascata, quem já tiver feito seu pé de meia que aproveite os pdvs enquanto existem, quem não tiver procure aproveitar a oportunidade de estudo e buscar novos horizontes. Bom jah que o mundo acabará em 21/12/2012, como dizem os Maias, O negócio é aproveitar cada momento semeando flores pois quem sabe teremos um jardim florido nos ultimos momentos Melhor que um deserto árido e sem vida (amigos).

      O medo assola muitos, porém seus votos serão secretos, se vc não buscar melhorar sua vida ninguém o forá por você, respeito a todos e podem ter certeza que nenhum de nós é tão ruim que não possamos sobreviver lá fora, nossos cordões não estão na placenta da copel, mas, no profissionalismo de cada um, faça o que for, mas faça com convicção de estar fazendo certo e com amor, dessa maneira esteremos traçando nossos caminhos para felicidade e realização profissional. Lembrem se o direito de cada um vai até onde começa o direito do outro. Um grande abraço e respeito a todos.

  24. loucocwb disse:

    Falta clareza em algumas informações deixadas aqui.

    A isonomia é garantida (legalmente falando) por categoria. Se uma secretária receber 10% de reajuste no ACT, todas as outras secretárias deverão receber também. Portanto, não é porque as secretárias e os economistas receberam o abono que os outros 99% dos funcionários DEVEM receber também. A decisão é exclusiva da empresa. Existe jurisprudência sobre isso. É só pesquisar.

    Também gostaria muito de ter um aumento real, mas a posição da empresa parece bem firme no sentido de não voltar a negociar, e ela não perderia nada se a questão fosse parar na justiça. Talvez uma nota de canto em algum jornal e olhe lá. É de conhecimento de todos, por exemplo, que o ACT da Celepar foi a dissídio?

    Falta objetividade na avaliação de algumas pessoas. Dois salários de abono não são pouca coisa e, discordando de alguns colegas, não vejo vantagem em trocá-lo por 0,5% ou 1% de aumento ou, na pior das hipóteses, por nada. E não adianta dizer que não se trata de uma troca porque a questão é exatamente essa. A empresa pagará o que a justiça determinar e nem no mais fantástico dos mundos o abono faria parte desta decisão.

    OBS 1. Esta ideia de tropa da diretoria é lamentável. Peço desculpa por contrariar a imaginação de alguns.

  25. tais79 disse:

    nao vou entrar em discussões filosóficas sobre a representação da cada sindicato, Fernando, nem sei qual deles te representa, ou os motivos que te levaram a estar descrente, nem me interessa a saude financeira do Ricardo…….mas me parece obvio, já que a empresa já deixou claro que não gosta de pagar o abono, mais cedo ou mais tarde ela vai cortar, e se os funcionários (reparem q não falei: os sindicatos, e sim os funcionários) mostrarem medo e subserviência mais uma vez, esse corte não passa do ano que vem, e vão fazer isso com a certeza de que os funcionários nao tem força nem coragem de reclamar!!!

  26. TEM PARASITAS DA DIRETORIA OPINANDO, E INFLUENCIANDO A GALERA AQUI.
    COPELIANO DIGA NÃO A PROPOSTA MISERÁVEL DOS PARASITAS DE PLANTÃO.
    NÃO E PARALIZAÇÃO SE NECESSÁRIO

  27. Diogo Guerro disse:

    A oportunidade de não se comportar feito gado foi dada aos copelianos, aguardarei ansiosamente para ver os resultados das assembleias.
    Afinal, o que está em jogo vai muito além do dinheiro.

  28. COPELIANOS, SE ESSES QUE ESTÃO OPINANDO NÃO SÃO OS PARASITAS DA DIRETORIA, SÃO OS VASSALOS, CAPACHO DOS PARASITAS.
    É GENTE QUE SE DEPRECIA, E SE SUJEITA A ESSES BANDIDOS,
    PELO AMOR DE DEUS, TENHAM UM MÍNIMO DE AUTOESTIMA SE É COPELIANO MESMO.

    SE FOR COMISSIONADO, JUNTE-SE AOS PARASITAS, VC DEPENDE DESSA CORJA.

    COPELIANO, VC É A COPEL. DIGA NÃO AOS MISERÁVEIS PARASITAS.

  29. bau2005 disse:

    Não acho correto agredir, atacar e desrrespeitar o indivíduo que não tem a mesma opinião que a nossa. Vale lembrar que se baixarmos a guarda agora cada vez menos nos será ofertado, como agora estão nos empurrando um banco de horas bonzinho, e um abono com desconto de ir, mas as coisas serão assim mesmo, creio que em breve a copel virá a venda, porém uma empresa deste tamanho os primeiros a rodar são os altos, e depois vem em cascata, quem já tiver feito seu pé de meia que aproveite os pdvs enquanto existem, quem não tiver procure aproveitar a oportunidade de estudo e buscar novos horizontes. Bom jah que o mundo acabará em 21/12/2012, como dizem os Maias, O negócio é aproveitar cada momento semeando flores pois quem sabe teremos um jardim florido nos ultimos momentos Melhor que um deserto árido e sem vida (amigos).

    O medo assola muitos, porém seus votos serão secretos, se vc não buscar melhorar sua vida ninguém o forá por você, respeito a todos e podem ter certeza que nenhum de nós é tão ruim que não possamos sobreviver lá fora, nossos cordões não estão na placenta da copel, mas, no profissionalismo de cada um, faça o que for, mas faça com convicção de estar fazendo certo e com amor, dessa maneira esteremos traçando nossos caminhos para felicidade e realização profissional. Lembrem se o direito de cada um vai até onde começa o do próximo.

  30. poisze56 disse:

    Gente
    A empresa quer algo perto de 10 % aposentados em 2013, daí, os mais antigos tem maiores ganhos. No futuro isso não acontecerá, pois tudo elo social todo mundo igual.
    Então, considerando uma média de 2000,00 reais para uns seria 900 empregados na melhor vida.
    Será que daria para dar alguns %aumento reais com que não vão gastar? A e a expectativa da Velha copel e mandar os velhos embora pois ela quer rejuvenescer, logo mais uns 900 na sequencia, Há uns 35% do quadro que já tinha que estar comprando pijama e pantufa. Acho difícil contratar novos. Daí mais pressão. Estou só na imaginação.

    • quepateta disse:

      PoisZé56
      A Rádio peão diz que a empresa quer enxugar, mas mesmo que contrate é pelo salário inicial, logo menor. Ao er o que escreveu, ocorreu-me que há outros modos de administrar a empresa de forma a ser mais rentável sem tirar dos empregados e pelo contrario, melhorando as condições de vida. Quem falar sim, não percebeu ainda sobre a situação da inflação real. Eu voto não.

  31. Caro Ricardo Capistrano de Lima, na maior humildade venho aqui lhe pedir desculpas, realmente axagerei em meu comentário, só quis dizer que se aceitarmos esse acordo que estão nos enfiando goela abaixo, ano que vem não teremos nada, aí sim a diretoria saberá que basta nos oferecer pouco ou nada e lançar ameaças via NOTES, que aceitaremos, tenho uma história na Copel, confia em mim, se der NÃO, eles vão recuar sim, a ameça de greve já repercutiu até na china com um acionista que comprou ações da copel, eles não querem investir enquanto a situação aqui não estiver resolvida, então tenho certeza, que se der NÃO nas urnas eles vão recuar, pois se paralizarmos nossas atividades só as multas que a Copel pagará para a ANEEL é exorbitante então eles não deixaram ir a dissídio, tenho certeza que eles mandarão um acordo melhor na segunda rodada de negociação, não tiro sua razão de dizer SIM, se sua opinião é essa hoje, temos que atribuir parte dessa culpa aos nosso sindicatos que ja deveriam ter votado e paralizado as atividades, não dando margem as ameaças da empresa, os nossos sindicatos são os unicos que avisam a empresa com um mês de antecedencia, dando tempo para empresa se armar, nos ameçar e tentar coagir os funcionários! Mais uma vez me desculpe!
    Agora quanto a você araponga31 se tem algum BABACA aqui é você! Como muitos estão dizendo você deve ser um dos infiltrados da diretoria tentando confundir a cabeça das pessoas a votar SIM, realmente não tenho 6 digitos no meu registro, graças a Deus tenho uma história dentro dessa que é a maior empresa do povo Paranaense, e que agora está nas mãos podres do PSDB, quem deveria mostrar as caras aqui é você araponga31, deve ser um pau mandado da diretoria, ainda bem que essa gestão de corruptos que estão na diretoria da empresa só fica mais dois anos, afinal a rejeição do DUCCI tambem significa rejeição ao Richa que na atual gestão deu asas a cobras, já passei por muitos governos dentro da Copel mas esse é o pior ano, graças a Deus isso já passa se não tentarem vender a Copel antes de terminar a gestão Richa! Mais uma coisa araponga31, se dirija a mim com respeito, ou quando eu te chamar pra conversar, pau mandado da Yara.

  32. Então, ontem eu ia escrever isso quando a coneção caiu.
    Realmente o sindicato demora muito para isso abrindo portas para chantagens e terrorismo, como esses que estamos recebendo agora.
    A coisa deveria ser resolvida com rapidez e zem muitas chances de terrorismo por parte das ferramentas de trabalho da empresa (Notes) e sem pressão por parte dos gerentes que estarão fazendo para aceitação da proposta. Seja ela direta atraves de terrorismo ou aquela pressão modesta onde alguns gerentes tentam nos envolver psicologicamente demosntrando o quão boa e irrecusável seria essa proposta.
    Uma pena.

    • Gruschka,

      Eu também gostaria que muitas coisas acontececem mais rapidamente.
      Acho que, enquanto todos estávamos no calor da manifestação, seria um bom momento para a votação.
      No entanto, percebo que essa demora não intencional tem seu lado bom. Dá tempo para a empresa se manifestar. E é aí que ela acaba metendo os pés pelas mãos.
      Perceba que a empresa está se enrolando cada vez mais. Está mostrando sua cara.
      Pressão. Ameaça. Intimidação. E agora, mentira!
      Perceba que quem está entrando em contradição é a própria empresa. Primeiro libera um documento (abril/2012) onde demonstra os aumentos da Diretoria. Este ano foram 26% para cada diretor. Depois publica no Notes que não passouo de 10%. Tá, e cadê a prova disso? Se a própria empresa publica um documento que mostra os 26%, depois desmente sem provas, vai acreditar em quem?
      Faz isso da mesma forma que coloca que o cenário é ruim em Notes e reuniões com sindicatos, mas publica ao “mercado” que não será afetada.
      Não bastassem os argumentos contraditórios, ainda acusa os Sindicatos de calúnia, irresponsabilidade e de faltar com a verdade. Oras… Quem está caluniando aqui? As afirmações dos sindicatos são baseadas em documentos disponíveis a qualquer um. São publicações que a CVM obriga a Copel a realizar. Portanto, são verdadeiras. (Se não forem, os Diretores da empresa estão sujeitos a penalidades legais, inclusive cadeia!) Se são verdadeiras, não somos nós que estamos mentindo! Se alguém está mentindo, é a empresa. Ou na publicação dos documentos, ou para os funcionários.
      Se olharmos com calma todas as publicações da empresa, perceberemos claramente que há um discurso para os funcionários e outro para os acionistas.
      Enfim… Tenham paciência. Até o final do processo de votação e até fecharmos o ACT, muitas máscaras cairão!

  33. Caro leandrograssmann, o que não nos cabe na cabeça é essa demora, a cabeça das pessoas estão mudando meu amigo, pessoas que votavam NÃO hoje mudaram seus votos devido a pressão por parte de nossa diretoria, tudo por conta da demora dos sindicatos, as coisas já deveriam ter acontecido, assembléias e greve se realmente fosse necessário, mas por conta dessa demora, o sindicato está dando tempo para a empresa se armar e tentar coagir os funcionários, me desculpe a sinceridade, mas acho nosso sindicato muito fraquinho, e não me venham dizer em tramites legais, que demora tempo, que é em todo Paraná, não me venha com conversa pra boi dormir, pois os bancários que é em nivel nacional, param no limite da lei meu amigo, se nosso sindicato fosse realmente organizado não, teriam se organizado antes prevendo o que realmente poderia acontecer, agora se hoje estamos sofrendo pressão por parte da empresa é culpa de nossos sindicatos, juro por Deus se der sim nas assembléias dou un jeito de tirar esse sindicato daí, esse acordo já virou palhaçada e parte da culpa é dos sindicatos, não temos que esperar até dia 22/11 para paralizar nossas atividades, se der não, temos que enviar comunicado a Copel, esperar o prazo legal e entrar em greve, antes que venham mais pressões por parte de nossos gestores, e não tente me convencer que o sindicato está tentando fazer o que é melhor para nós!
    Abraços!

    • Fernando,

      Você já repetiu esse seu “discurso” inúmeras vezes. Você pode ter certeza de que já entendemos.
      Todos os sindicatos estão trabalhando. Você pode não acreditar ou talvez não queira entender, mas estão trabalhando.
      É fato que os bancários, petroleiros e outras categorias tem agido aparentemente num prazo menor. Talvez pela maior experiência em paralisações e pela maior coesão da sua categoria.
      Infelizmente, pagamos hoje pela desunião histórica dos funcionários da Copel. Os sindicatos foram enfraquecidos por essa desunião. E hoje existem dificuldades operacionais e táticas que não se mudam da noite para o dia. Isso é fato, quer você concorde ou não.
      Se o planejamento e a execução desta campanha não são excelentes, certamente são os que podem ser feitos com os recursos físicos e humanos que os sindicatos dispõem.
      Certamente sairemos mais fortalecidos desta campanha.
      De qualquer forma, se você tem boas idéias para que as coisas aconteçam de forma mais rápida, ou “melhor” na sua visão, sinta-se à vontade para procurar o seu sindicato e oferecer ajuda. Toda ajuda, seja de dirigente sindical ou de qualquer funcionário é bem-vinda!
      Agora, se prefere não ajudar, também não atrapalhe.
      Jogar pedra quando se está de fora é fácil, né?
      Sugiro que gaste essa energia toda em prol da categoria ao invés de só ficar criticando o que já foi feito. Lembre-se que essas críticas atingem a você também.

  34. doido2012 disse:

    Pessoal…diz a lenda que hoje um dos diretores da COPEL em Curitiba saiu falando pro povo votar a favor do ACT porque senão corremos um sério risco de não ganhar nada…QUE VERGONHA..QUE VERGONHA !!…AGORA A PERGUNTA QUE O SINDICATO DEVERIA RESPONDER PARA AJUDAR A MOBILIZAR O PESSOAL PARA VOTAR NÃO:

    “é verdade que já que dois sindicatos votaram e receberam o abono e os beneficios, mesmo vontando não e indo pra dissídio nós ja não podemos perder mais o que foi oferecido em virtude da isonomia???? ou mesmo assim podemos perder e apenas uma categoria ganhar o que já foi proposto??? poderiam nos esclarecer??”

  35. Caro doido2012 não entendo muito nesse caso sou um mero expectador, mas até onde sei a copel não pode tirar o que já foi oferecido ou até mesmo pago a outras categorias, por isso temos que ir as urnas e dizer um NÃO bem grandão pra essa diretoria, tenho certeza que se dissermos NÃO a copel virá com uma proposta melhor, já vivenciei vários acordos coletivos na Copel e tenho certeza que quando se der indicativo de greve a proposta será melhorada, pois para a empresa não é vantagem ficar pagando multas diárias para a ANEEL, então humildemente te peço como estou fazendo com todos os funcionários que conheço, faça campanha pelo NÃO, tenho certeza que teremos um acordo justo e um valor que realmente merecemos!
    Abraços

  36. Na boa!!! PAra mim tanto faz como tanto fez!!!! Não vi ninguem cobrando com vontade nada em beneficio dos atendentes 4Hrs, com acordo, sem acordo, nosso salario vai aumenta uma micharia, nosso vale continuara pela metade e a ferias idem, e sem plano de carreira! Obrigado copel, Obrigado sindicatos!!!!!!!!!!! Minha esposa e meus filhos agradecem

    • Jader, essa informação não procede. Existem diversas cláusulas que tratam dos funcionários com 4 e 6 horas diárias.
      Está na pauta. Ocorre que a Copel não quer discutir essas questões. Estão irredutíveis.
      Entre outras reivindicações, essas também não foram atendidas.

  37. A real é uma só, na hora de reclamar aparecem 100 na hora de participar das reuniões de pautas e de votar aparece somente meia dúzia de gato pingado. Nós somos a copel como um todo, e toda ação tem uma reação. Se você não buscar o melhor para você ninguém o fará, são decisões que influenciam sua vida, não se pode deixar que outro decida por você.
    Cada um de nós temos nossas opniões, certa ou errada somos os únicos responsáveis pelas consequências destas, portanto antes de votar, reflita analise o que vc almeja para sua vida, decida pelo que vc achar o certo no momento, mas pelo amor de nossas vidas, vamos participar das reuniões e votação.não adianta 20% dos copelianos decidindo sobre os100%. Faça sua parte vá a reuniões e vote.Um grande abraço a todos.

  38. Opa li a pauta sim! vale alimentação com o valor 750,00 reais para todas as classes! e algo relacionado sobre o plano de carreira! Mas nada especifico, unica coisa especifica foi o adicional de penosidade ( não entendi ) para os atendentes 4 Hrs e pessoal de plantão! Quanto ao ultimo comentario, eu pensei, refleti e tudo mais! Ja tomei minha decisão! Vou é procurar outro emprego, vou engolir uns 15 livros para passar no concurso do BB, pq pelo geito da coisa! Esse cargo de atendente 4 Hrs vai fica só para mulecada de passagem na copel ateh se formarem!

  39. thomas disse:

    Concordo plenamente com o Jader… esse cargo 4hrs é abusivo e me sinto totalmente desmotivado… entrando em depressão vendo as contas aumentarem… ta muito complicado continuar assim…

  40. UMA PERGUNTA AO PESSOAL DO TURNO DE 4HS. VCS NÃO RECEBEM UM SALARIO MINIMO? COMO O REAJUSTE DO SALARIO MINIMO TEM SIDO SEMPRE MAIOR QUE A INFLAÇÃO, CHEGARÁ UM MOMENTO EM QUE ESTAREMOS EM IGUALDADE, COMEÇANDO POR LEITURISTAS, ELETRICISTAS, ADMINISTRATIVOS , TÉCNICOS E POR FIM OS GRADUADOS, POIS OS ACTS NÃO DÃO MUITO ACIMA DA INFLAÇÃO. MAS PARA QUEM TRABALHA INTERNAMENTE, É MELHOR FAZER OUTRO CONCURSO PROS BANCOS E SIMILARES

  41. araponga31 disse:

    Com todo respeito aos colegas que trabalham 4h por dia: vocês realmente querem sustentar família com o salário desse cargo? Eu entendo as reivindicações de vocês, mas deveriam se informar sobre o emprego antes do ingresso.

    • atendente4h disse:

      Araponga31 nos atendentes 4hrs estamos indiguinados sim, mas quando a gente fez o concurso a gente sabia que ganhariamos um salario de 549,00 bruto e a metade de um vale alimentaçao, mas estava claramante no edital PLANO DE CARREIRA, com 6 meses de empresa a gente ja subia um nivel, mas ate agora com mais de 1 ano e 2 meses… nao temos si quer alguma informaçao, nossos gerentes dizem que ainda nao esta pronto….
      Hoje estou indignado nao pelo aumento real mais sim pelo plano de carreira, estamos esquecido pela Copel e principalmente pelo SINDICATO que nao nos da apoio necessario….Minhas Ferias quando estava sendo marcado com meu gerente em junho, logu saiu uma notificaçao dizendo que os atendentes 4h teria apenas 16dias de ferias, agora me digam uma coisa eu trabalho o ano inteiro nao a metade do ano…….

  42. Segurança e atenção às atividades acima de tudo (tempo e cobrança) ,quando houver estes itens, questionem fomalmente por notes aos superiores se é para fazer na correria deixando o PPS de lado, e aguarde resposta via notes, nimguém pode cobrar atividade sem segurança, sabemos que muitos babas os fazem, até quando acontecer um acidente ai a arvore de causas joga a responsa nas costas do babaca que está passando por cima dos procedimentos de segurança ou seja os eletricistas. Prestem atenção no que fazem como fazem, qualquer intervenção a um sistema eletrico de potência SEP, deve ser realizado em dupla como NR10 diz, um fazendo e o outro cuidando de quem está fazendo, e não um fazendo uma atividade e o outro fazendo outra, a coisa é seria teve acidente que os parceiros estão sendo punidos por não cuidarem dos colega, (ligação enquando um faz o pingador o outro está encabeçando o ramal na rede, está errado salvo se houver o terceiro elemento cuidando da atividade dos dois). Não somos remunerados para realizar atividade inseguras, e sim atividades de risco com toda a segurança, caso contrario exite o direito de recusa com fundamentos concretos, para buscar a forma mais sergura de realizar a atividade recusada.
    Por fim antes de toda atividade realizar a APR com seriedade e assinatura dos individuos envolvidos na atividade antes da sua realização. A empresa se preserva de assumir tais responsabilidade dando treinamentos na coxas e que nós assinamos(fomos treinados e preparados) e assumimos os riscos. Em temporais a correria é grande, e lá estamos nós buscando manter os clientes no conforto de seus lares com luz e satisfeitos, dando premios de reconhecimento à copel para que ela nos valorize desta forma.

    Votando sim ou não analize se este é o valor que você merece. O seu maior bem é sua vida e sua família, na copel somos apenas um numero, facil de ser substituido, agora em casa a nossa falta é grande, passamos muito tempo com a empresa e com nossa família? O que vale mais para você? Não somos insubstituiveis para a empresa, e a empresa é insubstituivel em nossas vidas? Será que não temos o direito de querer melhorar nossa condição de vida? Minha vida só será melhor se eu buscar melhora, do contrario o comodismo e o conformismos nos engole neutralizando nossas forças e nossos pensamentos. será que vale a pena esperar que outros decidam o que é o melhor para nós. Vamos levantar a cabeça e participar das votações, e responder se queremos mais ou se acietamos o que nos oferecem. Um abraço a todos e bom fim de semana.

  43. CAro Colega araponga31, creio eu que 95% do pessoal de 4Hrs leu atentamente todas a atribuições, beneficios e possibilidades deste cargo! E o fizemos pelos paragrafos que diziam na grande possibilidade de a copel nos colocarem para trabalhar em um cargo de 8Hrs como leituristas e tudo levava a crer, pois passamos por testes fisicos, fora um plano de carreira adequado!!! O problema é que nada disse se concretizou e creio eu que nada ira acontecer! Pq para quem trabalha o dia todo tudo é mais facil! ganham bem mais! e para gente tudo pela metade! Quem me dera se eu trabalhesse 8 Hrs, não estaria desesperado!!!!!

    • atendente4h disse:

      Isso mesmo Jader, Cade nosso Plano de Carreira? vcs axam que uma micharia de 3% de aumento real vai mudar meu salario de 638? eu quero o meu plano de carreira que com 1 ano e 2 meses de empresa nao recebemos nehuma circular nos informanos sobre issu

  44. araponga31 disse:

    Jader,
    quem trabalha 8h por dia não ganha bem mais, ganha o dobro dos que trabalham 4h, o que não significa muito. Eu faço parte dos que trabalham 8h e ganham pouco. O que eu mais fico puto com a minha situação, é que quando podia, não fiz nada para sair da Copel, agora, casado e com filhos, fica difícil tomar decisões drásticas, porque não depende só de mim.

  45. OS FUNCIONÁRIOS DO CARGO DE 4 HORAS NÃO PODEM SER REMANEJADOS PARA A FUNÇÃO DE LEITURISTA, POR QUE ESTA FUNÇÃO ( LEITURISTA) É DA CARREIRA OPERACIONAL, SÓ PODERÃO VIR A OCUPAR OUTRO CARGO NA ÁREA ADMINISTRATIVA, COMO TELEATENDENTE (6 HS), AUXILIAR E ASSISTENTE ADMINISTRATIVO (8 HS) ENTRE OUTRAS NO AMBITO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA. SE ATÉ EM DOIS ANOS DE HOMOLOGADO ESSE CONCURSO NÃO ACONTECER NENHUM TIPO DE PROGRESSÃO SALARIAL OU MESMO PROGRESSÃO NA CARREIRA PARA OS CARGOS DE 6 OU 8 HORAS DEVE SER COBRADO NA JUSTIÇA O QUE FOI PUBLICADO EM EDITAL. VALE ALIMENTAÇÃO PELA METADE É COMPREENSIVEL, MAS FÉRIAS PELA METADE É INADMISSÍVEL, PROCUREM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO. O MAIS REVOLTANTE É QUE MENORES APRENDIZES TEM O SALARIO E BENEFICIOS PROXIMO AO DE VCS QUE SÃO CONCURSADOS. PENSO QUE OS MENORES TAMBEM DEVERIAM FAZER CONCURSO PARA INGRESSO NA EMPRESA, MAS ENTRAM PELA JANELA, FUI ALUNO APRENDIZ NA REDE FERROVIÁRIA FEDERAL CONCURSADO, NÃO FUI JANELEIRO COMO ESSA PIAZADA QUE ENTRA NA COPEL E MUITOS NÃO DÃO NENHUM VALOR,

    • atendente4h disse:

      OK ALBERTO, ACREDITO QUE EU E OS OUTROS ATENDENTES ESTAMOS CIENTES DO NOSSO SALARIO E DO NOSSO VALE ALIMENTAÇAO,
      MAS EM QUESTAO A ESSAS FERIAS DE 16 DIAS E ESSE PLANO DE CARREIRA QUE NAO SAI, A COPEL VAI ACABAR INDO PRO PAU…

  46. gutaguta disse:

    Teve diretor em reuniao dizendo que ele “ganha os 93 mil” pq o cargo dele é de muita responsabilidade, pois qualquer assinatura errada ele pode comprometer o patrimonio pessoal…
    Ora!!!! se ele canete-a errado no maximo, perde bens materiais…. se um eletricista comete um erro, perde a vida!!! isso não justifica o salario de um diretor ser tão alto!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e muito menos o baixo salario do eletricista…
    Ah… mais uma, essa é pro pessoal da transmissão e geração…
    “a copel vai fazer concurso, mas não vai contratar!, vai mandar para colider, ou sao paulo quem ela quiser, do modo que ela quiser, pois se quiser ir vai, se nao… será tomada medidas administrativas”!!!! taí mais uma vez o tom de ameça… afff eles estão soltando os cachorros em nós copelianos….

  47. caras, vcs das 4 horas levarão sorte se a diretoria não remunerar tudo pela metade, meio abono, meio auxilio educação, meio vale-creche, meio adicional de hora extra, meio sobreaviso e meio tudo que tiver. mas não reclamem tanto, um carteiro trabalha 44 horas semanais, trabalha(trabalha, camela mesmo, é chuva, frio, sol) mais de 8 horas por dia e recebe só 900,00 reais, trabalho semelhante ao do nosso leiturista que recebe 1100,00. o jeito é vcs procurarem outro concurso. concordo que os salários na copel estão bem defasados se comparados aos dos bancários (bb e cef), mas se comparado aos dos correios (que ralam mesmo, não trabalham num escritório ou agencia com ventilador ou ar condicionado) vcs não tem do que reclamar. duvido que vcs pensariam em fazer concurso para a ECT(correios)

  48. Pingback: Resposta dos sindicatos dos trabalhadores da Copel a nota oficial da empresa sobre a paralisação |

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s